10 coisas que são melhores no Brasil que nos Estados Unidos

Todo mundo sabe que os costume das pessoas varia muito de país para país. Isso, obviamente, não é uma coisa ruim, apenas indicam uma divergência de culturas. Tanto que é comum alguns costumes do Brasil deixarem os americanos admirados e, da mesma forma, é comum também que hábitos do pessoal dos Estados Unidos nos causem estranhamento.

Como já dissemos, isso não significa que um lugar seja melhor que o outro, embora não seja exatamente assim que os brasileiros costumam ver a vida lá fora. E, para provar que temos uma visão romantizada sobre o dia-a-dia nos Estados Unidos, separamos um vídeo, no mínimo, curioso.

Segundo o jornalista e YouTuber novaiorquinho Seth Kungel, existem muita coisa na vida que se leva nos Estados Unidos que não chega aos pés da qualidade que temos aqui, no Brasil. Dá para acreditar?

E, como o youtuber mesmo lembra, não são apenas as diferenças de comportamento, como a simpatia do brasileiro, que pesam tanto nessa comparação; mas a funcionalidade do cotidiano. Por exemplo, você sabia que essa facilidade em usar o cartão de crédito ou de débito para pagar até mesmo as contas mais baratinhas só tem aqui, no Brasil? Interessante, não?

Mas essas não são as únicas vantagens que temos aqui, no Brasil, com relação aos gringos. Na lista abaixo listamos todas os itens que o americano enumera no vídeo para que você passe a ter mais consciência de que viver por aqui não é tão ruim quanto parece.

Confira 10 coisas que são melhores no Brasil que nos Estados Unidos:

1. Suco natural

1

Embora nos Estados Unidos se produza muitas frutas, a maioria dos sucos encontrados são em caixinha ou concentrados. Quando se encontra um suco natural, feito na hora o preço é exorbitante. No Brasil, por outro lado, suco natural é comum em restaurantes, padarias, lanchonetes e o melhor de tudo: é barato.

2. Cartão de crédito em todo lugar

2

Já reparou que é difícil encontrar algum estabelecimento que não passe cartão de crédito e/ou de débito por aqui? Até mesmo alguns ambulantes, nas praias ou nas ruas, já contam com a tecnologia das maquininhas de cartões.

Nos Estados Unidos, por outro lado, não existe essa facilidade toda. Até porque os cartões por lá não têm senhas e, por isso, são bem menos seguros de usar. Se alguém roubar seu cartão, por exemplo, não há nenhum barreira que impeça o cartão de ser usado.

3. Transferências online

3

Sabe aquela comodidade de fazer um DOC pelo celular, sem levantar do sofá? Isso não existe nos Estados Unidos. Algumas contas, como o aluguel, ainda são pagas em cheques por lá, ou diretamente no banco. E, embora algumas agências bancárias permitam fazer transferências via internet, o procedimento é muito mais trabalhoso e demora mais tempo para que a transferência seja concluída.

4. Feriadões

4

Ao longo do ano, o Brasil conta com vários feriados e, claro, os chamados feriadões, que são feriados que acabam sendo emendados, especialmente se são próximos do final de semana. Nos Estados Unidos, caro leitor, os feriados são raridade e sair emendando dias de folga é impensável.

5. Férias de 30 dias

5

Outra coisa impossível de acontecer nos Estados Unidos são as férias brasileiras de 30 dias. A não ser que você esteja no colégio e tenha férias de verão, em qualquer outro tipo de ocupação as férias duram bem menos.

6. Licença maternidade remunerada

6

Outra coisa que é bem melhor no Brasil que nos Estados Unidos é a licença maternidade. As mães brasileiras têm direito a pelo menos 120 dias remunerados de afastamento do trabalho para cuidar do recém-nascido.

Nos Estados Unidos essa situação é algo que não existe. A lei exige a licença maternidade às empresas com mais de 50 pessoas. Mesmo assim, a mãe só tem direito a 96 dias de afastamento não remunerado.

7. Campanha eleitoral

7

Embora política seja sempre polícia em qualquer parte do mundo, o que é melhor no Brasil em relação aos Estados Unidos é a campanha eleitoral. Por aqui, como você sabe, o período de campanha acontece durante 3 meses e as propagandas eleitorais na TV são limitadas.

Já, nos Estados Unidos, onde o voto nem é obrigatório, a realidade é outra. A campanha política acontece por até um ano e meio e as propagandas na TV não passam por nenhum tipo de limitação.

8. Carros pequenos e mais eficiente

8

Enquanto aqui no Brasil os carros, na grande maioria, são menores, mais eficientes e menos dispendiosos no dia-a-dia, nos Estados Unidos os carros são enormes. Isso gera mais custos de manutenção, especialmente para abastecer; embora o preço dos carros em si sejam bem mais acessíveis.

9. Restaurantes por quilo

9

Embora aqui esse tipo de estabelecimento receba também um nome em inglês, “selfie selvice” (sirva você mesmo, em tradução livre), nos Estados Unidos esse esquema não existe! Outra coisa que deixa os americanos chocados é o fato de, por aqui, existirem restaurantes (também por quilo) nas estradas.

10. Ducha higiênica no banheiro

10

Embora o papel higiênico pare no lixo, o que não é algo exatamente higiênico (especialmente se você nunca esvazia a lixeirinha), as duchas higiênicas dos sanitários não existem nos Estados Unidos. Aliás, segundo o Amigo Gringo, não tem nem mesmo uma palavra em inglês para definir esse tipo de equipamento. Dá para acreditar?

No vídeo abaixo, você confere todos esses pontos positivo do Brasil, em relação aos Estados Unidos. Confira:

 

E então, o que mais você acrescentaria à lista?

Agora, para você não sair pensando que tudo por aqui são flores, não deixe de ler também: 8 costumes do Brasil que são ofensivos em outros países.

Fonte: Catraca Livre, YouTube