5 sinais de que você vive em uma casa mal assombrada e não sabe

Casa mal assombrada, fantasmas e toda a ordem de assunto sobrenaturais ainda são temas que nos deixam com bastante medo, mas muito curiosos também. Tanto que filmes de terror, imagens que juram ter flagrados fantasmas e coisas do tipo costumam fazer o maior sucesso por aí.

Mas, e quando a possibilidade é de que eventos paranormais estejam acontecendo ao nosso redor, bem debaixo de nosso teto, mas sermos mais precisos? Nesses momentos, a gente sabe, a vontade é de sair correndo e nunca mais voltar, mas a verdade é que existem outras maneiras menos infantis de agir.

Isso porque, conforme o médium americano Maureen Hancock, é possível que a comunicação com espíritos e suas manifestações aconteçam com qualquer um de nós, dependendo da sensitividade de cada um. Em entrevista à revista americana Cosmopolitan, o especialista contou que é possível identificar alguns sinais de que vivemos ou não em uma casa mal assombrada e, claro, o que fazer se a presença de espíritos incomodam você.

Na lista abaixo, como você vai ver, o médium explica alguns ocorrido do dia-a-dia que costumamos ignorar, mas que podem perfeitamente se tratar de uma manifestação espiritual, desde cheiros que sentimos sem explicação até problemas corriqueiros com o encanamento, por exemplo. Tenso, né?

Confira 5 sinais de que você vive em uma casa mal assombrada:

1. Cheiros que não pertencem ao momento

2

Se você não fuma, mas vive sentindo cheiro de cigarro dentro de casa, ou se do nada sentiu o cheiro do perfume que aquele ente amado costuma usar, esse pode ser um sinal de que você está em uma casa mal assombrada. Conforme especialistas em espíritos, essa é uma forma muito comum de comunicação com o “outro mundo” e pode vir na forma de um odor bem familiar ou não.

2. Temperatura muito oscilante

5

Se você é cismado com aquele quarto que vive gelado, pode ser que ele não seja o problema. Na verdade, a oscilação de temperatura é que deve ser vista com mais atenção e, muitas vezes, serve como um sinal de uma casa mal assombrada. Por exemplo, o ambiente que você está, simplesmente fica congelante e você tem aquele frio na espinha, pode ser que um espírito (e nem sempre espírito é mau, ok?) esteja próximo a você.

Da mesma forma, a energia do ambiente pode indicar a você se existe ou não algo errado. Um cômodo que você considera muito denso, por exemplo, ou que deixa você tensa só de entrar pela porta pode estar recebendo a presença de um espírito.

3. Problemas frequentes com eletricidade e encanamentos

3

Agora, se sua casa mal assombrada “pertencer” a um espírito que não manteve qualquer relação fraterna com você, pode ser que ele se manifeste de uma maneira mais agressiva. Nesses casos, é comum que a casa viva, inexplicavelmente, com problemas elétricos e nos encanamentos, por exemplo.

Conforme o vidente, isso pode vir a ocorrer porque o espírito tinha alguma ligação com a casa onde agora você vive e sente que você é um invasor.

4. Números infinitos frequentes

1

Sabe quando você olha para o relógio e são 00h00, por exemplo? Ás vezes é somente uma coincidência, mas se esse tipo de horário, com números infinitos, por frequente em sua vida quando você sente vontade de olhar o relógio, fique atento que este pode ser um sinal.

Especialistas explicam que horários iguais no relógio, especialmente 11h11, podem ser uma comunicação espiritual, já que estes números representam o infinito. Mas, a boa notícia é que são os entes queridos que costumam buscar essa forma sutil de manifestação.

5. Despertar repentino às 3h da manhã

4

Não é à toa que os filmes de terror contam suas piores histórias em meio à madrugada, sabia? Especialmente por volta de 3h da manhã. Isso porque esse horário é conhecido como “hora morta” e, supostamente, seria o momento em que nossa atividade paranormal fica mais aflorada e os espíritos podem se comunicar.

Então, se é comum a você despertar sem motivos aparentes nesse horários ou se acorde de pesadelos nesses momentos, é possível que se trate de algum tipo de comunicação espiritual.

E agora, o que fazer?

Se você identificou os sinais de que você vive em uma casa mal assombrada, não se desespere. É possível conviver com isso e se livrar do “problema” de formas simples e sem muito alerde, sabia? Descubra o que fazer:

1. Peça para que ele se vá

8

Se você acredita piamente que existe um espírito ao seu redor, peça para que ele já embora de sua casa. A comunicação, ao contrário do que a gente pensa, também pode fluir de nós para eles e, muitas vezes, um pedido sincero pode resolver seu problema.

2. Benza a casa

9

Se você for uma pessoa ligada a religião, peça um líder espiritual, como um padre ou um pastos, por exemplo; ou qualquer pessoa que transmita paz de espírito à você para orar na casa. Tranquilidade e boas energias ajudam a afastar os maus espíritos e a ajudar os espíritos amigos a encontrarem seu caminho.

3. Espalhe sálvia pelos cômodos

7

Uma boa opção também é espalhar folhas de sálvia, ou o chá da planta, pela casa. Parece coisa de filme de terror, mas especialistas garantem que isso funciona, já que a planta ajuda a limpar o ambiente de energias negativas ou de manifestações que não são bem-vindas.

E, se você não vive em uma casa mal assombrada, morre de vontade de conhecer uma, mas não tem coragem suficiente, essa matéria vai resolver seu “problema”: 7 lugares mal assombrados para visitar com Google Street View.

Fonte: M de Mulher, Cosmopolitan USA