8 costumes do Brasil que são ofensivos em outros países

Todo mundo sabe que em países diferentes os costumes também costumam ser diferentes. Mas, quando estamos em algum lugar que não seja nosso país de origem, fica difícil adivinhar o que pode ou não ser feito. Isso porque, mesmo alguns dos mais inocentes costumes do Brasil podem ser entendidos como uma grosseria fora daqui.

Parece exagerado, não é? Mas você, com certeza, cometeria alguma gafe em lugares cuja cultura não têm nada a ver com a nossa, como no Oriente Médio e nos países asiáticos, por exemplo. Até mesmo um aperto de mãos mais apertado pode ser entendido como uma ofensa, sabia?

E a lista de costumes do Brasil que chocam o restante do mundo também não para por aí. Nosso jeitinho incomoda, especialmente, quanto ao horário que costumamos chegar em nossos compromissos. E o que dizer sobre aquela mania de acrescentar molhos, como ketchup, em tudo que vamos comer?

Isso e muito mais pode ser um desastre se feito em terras estrangeiras. Agora, melhor mesmo é conferir nossa lista até o final, porque muito do que você faz em casa e acha normal pode gerar até mesmo multa em outros lugares do mundo. Quer ver?

Confira 8 costumes do Brasil que são ofensivos em outros países:

1. Chegar atrasado

Late!

Se meia hora de atraso é um dos costumes do Brasil totalmente toleráveis, até mesmo no trabalho, fora daqui a coisa não é bem assim. E não são apenas os britânicos que são conhecidos pela pontualidade ferrenha.

Na Alemanha, por exemplo, deixar alguém esperando é uma das coisas mais rudes que você pode fazer. O ideal é chegar até mesmo alguns minutinhos antes.

2. Dar gorjeta

5

Nos países asiáticos, como Japão e Coreia do Sul, dar gorjeta para a pessoa que está servindo você pode ser entendido como uma ofensa. Embora esse seja um costume do Brasil considerado agradável, no caso dos japoneses, por exemplo, eles recusam o dinheiro e podem até mesmo devolver a você se deixar alguns trocadinhos sobre a mesa, como de costume.

Mas essa não é a única esquisitice que os asiáticos costumam ter no dia-a-dia. Como você já viu nessa outra matéria, muitos outros hábitos desses povos podem ser intrigantes.

3. Fazer “joia”

7

Embora seja um gesto inocente aqui no Brasil, em muitos países do Oriente Médio, esse sinal é algo ofensivo e equivale a mostrar o dedo médio por aqui. Melhor mesmo é não sair por aí fazendo gestos nesses lugares de culturas muitos diferentes da nossa. Sorria, apenas.

4. Mascar chiclete em público

6

Outro dos costumes do Brasil que podem deixar você encrencado lá fora é o hábito de sair por aí mascando chiclete. Em Cingapura, por exemplo, além de ser falta de educação fazer isso, você ainda fica sujeito a pagar uma multa equivalente de 1 mil reais, caso você o cuspa na rua. Aliás, nesse país, a importação de goma de mascar é proibida há um tempão, como você já viu aqui.

5. Comer em qualquer lugar

3

Sabe quando você sai atrasado e leva alguma coisinha para ir comendo? Fora do Brasil isso pode ser visto com maus olhos. Comer na rua, no ônibus e em outros lugares públicos, que não sirvam comida, é considerado um comportamento rude em Ruanda. Até mesmo tomar um sorvete pode ser reprovado.

6. Acrescentar temperos e molhos à comida

1

Um dos costumes do Brasil que quase todo mundo faz é colocar um pouco a mais de tempero na comida, seja um molho de pimenta ou um ketchup. Na Espanha e no Japão, por exemplo, se você fizer isso pode causar desconfortos. Na Itália, aliás, colocar ketchup na pizza é quase uma ofensa!

Então, a dica é: se o tempero ou molho não estiver sobre a mesa, melhor não pedir!

E, falando em costumes chocantes, você PRECISA ler também: 5 costumes brasileiros que os americanos não entendem.

Fonte: Exame, Brasil Post