Annabelle: conheça a verdadeira história da boneca do mal

Se você é uma pessoa medrosa é melhor parar por aqui. O texto que você está prestes a ler fala sobre a história real por trás da boneca Annabelle, que ficou famosa no cinema por ser possuída pelo demônio.

A história da boneca do mal começou a se popularizar em 2013, depois do filme Invocação do Mal, que mostra um dos maiores mistérios explorados pelo casal Ed e Lorraine Warren, demonologistas que ganhavam a vida resolvendo casos sobrenaturais.

Mas, antes de voltarmos à história de Annabelle, você precisa entender quem são as pessoas que acabamos de citar.

Ed e Lorraine Warren

Para quem não sabe, os Warren são pessoas reais que residiam em Monroe, em Connecticut, mas viaja dos os Estados Unidos resolvendo fenômenos sobrenaturais e possessões demoníacas.

O dom, na verdade, era de Lorraine, que tinha visões e sensibilidade para o assunto desde criança, mas que só deixou seu sexto sentido aflorar depois de adulta. Depois de casada com Ed, eles passaram a resolver casos misteriosos como o de Amityville, que também virou filme; dentre outros, como o de Annabelle.

Ao longo da carreira do casal, eles foram armazenando os objetos amaldiçoados dos casos que resolviam em casa e acabaram criando o Museu do Ocultismo dos Warren.

Embora Ed tenha falecido em 2006, o local ainda é aberto ao público e conta com uma coleção de respeito, resultante dos 10 mil casos que resolveram ao longo da carreira.

O espírito de Annabelle

A boneca Annabelle de verdade, como não poderia ser diferente, também está no Musou dos Warren. Segundo a história que contaram sobre ela, a boneca era um artigo de colecionador que Donna, uma estudante de enfermagem, ganhou da mãe assim que se mudou de casa para ir para a faculdade.

A garota e sua colega de quarto começaram a perceber que quando elas voltavam para casa, a boneca estava sempre em uma posição diferente da deixada ou, simplesmente, em um outro cômodo qualquer.

Preocupadas com o que poderia estar acontecendo, as colegas pediram ajuda de um médium. O homem disse que a boneca estava sendo possuída pelo espírito de uma menina chamada Annabelle, que morreu naquele apartamento há muito tempo e que estava feliz pela presença das jovens. Isso foi o suficiente para que elas deixassem o suposto espírito inofensivo viver com elas por meio da boneca.

Acontecimentos medonhos

Mas, não demorou muito tempo para que as coisas na casa começassem a ficar realmente estranhas. Cerca vez, um amigo das garotas que sempre visitava o apartamento, estava dormindo no sofá e algo ruim realmente aconteceu.

Ele, que não acreditava em nada sobrenatural e vivia fazendo piada da história, achou que estivesse tendo uma espécie de pesadelo, mas estava sendo estrangulado por Annabelle. Quando ele acordou tirou a boneca de seu pescoço e, recobrando o fôlego, percebeu que seu peito estava todo arranhado.

Assustadas, as donas do apartamento buscaram a ajuda de um padre chamado Hegan. O padre logo entendeu que alguma coisa muito mais séria estava acontecendo ali e chamou seu superior, Padre Cooke, experiente em exorcismos, para ajudá-lo.

Exorcismo de Annabelle

Nem mesmo o padre especialistas em obras malignas conseguiu lidar com a força de Annabelle. Foi então que Ed e Lorraine foram chamados e logo de cara viram que que não era um espírito humano que estava ali, mas um demônio que manipulava a boneca para tentar possuir uma alma humana, provavelmente a de Donna.

Padre Cooke, então, fez o exorcismo no apartamento e na boneca e o casal levou Annabelle embora, para guardá-la junto com as demais relíquias. Acontece que durante o caminho de volta, o casal de especialistas percebeu que o caso era muito mais pesado que eles poderiam imaginar.

Durante o trajeto, várias vezes eles passaram perto de sofrer um acidente sério, até que Ed resolveu parar o carro, jogar água benta na boneca e fazer nela o sinal da cruz. O ritual acalmou Annabelle, mas de volta à casa do casal, ela ainda manteve suas atividades demoníacas por algum tempo.

Lorraine conta que por várias vezes eles flagraram a boneca levitando ou, simplesmente, em outros lugares da casa. Foi preciso, então, fazer uma espécie de urna de madeira e vidro, onde a boneca permanece trancada até hoje.

Melhor não testar…

Dizem ainda que um casal de incrédulos visitou o Museu do Ocultismo há alguns anos e pediram para ver Annabelle. O rapaz resolveu fazer graça da história e bateu o dedo no vidro da urna, mandando a boneca provar que tudo aquilo era real.

O resultado desse desafio foi um acidente de moto que tirou a vida do rapaz. A namorada dele sobreviveu, mas precisou passar um tempo em um hospital psiquiátrico para se livrar do trauma do acidente. Depois ela contou que não se lembrava de nada, apenas de rir sobre a história da boneca e de acordar no hospital.

Embora a boneca original já esteja quieta há muitos anos, ainda assim um padre visita o museu dos Warren duas vezes por semana por causa de Annabelle.

E então, sentiu aquele arrepiozinho na espinha? Claro que não se sabe o quanto de verdade, de imaginação ou de charlatanismo existe nessa história, mas é no mínimo interessante entender de onde vem toda essa coisa de Annabelle, não acha?

Agora, falando em assuntos assustadores, talvez você ainda tenha fôlego para ler essa outra matéria: 15 sinais mais comuns de possessão demoníaca.

Fonte: Plugcitários