Apneia do sono: 8 sintomas comuns que vão muito além do ronco

Pelo nome muita gente pode até não saber do que se trata, mas a apneia do sono é uma doença crônica que provoca paradas respiratórias temporárias várias vezes durante o sono.

Isso acontece porque causa de um colapso das vias aéreas, que acaba impedindo que o ar chegue aos pulmões da forma que deveria.

Só para você ter noção do quanto a doença é comum, dados de 2013, de um estudo realizado nos Estados Unidos, mostram que a apneia do sono afeta mais de 3 em cada 10 homens e quase 1 em cada 5 mulheres.

Será que você sofre com o problema?

O que realmente acontece?

Conforme os médicos, o que acontece é que a apneia do sono interrompe completamente o fluxo de ar tanto pelo nariz quanto pela boca.

E essa interrupção pode durar aproximadamente 10 segundos, em caso de um adulto. Com isso, não é raro que o ronco seja um dos sintomas mais clássicos dessa doença do sono.

Roncos e mais roncos

O problema é que a doença pode demorar a ser percebida.

Os próprios pacientes demoram a descobrir ou acreditar que têm o problema, já que os roncos e a parada respiratória acontecem durante o sono e só as pessoas que estão no mesmo quarto (e dependendo da altura do ronco, na mesma casa), costumam perceber que alguma coisa está errada.

Mas, claro, a apneia do sono é um problema muito mais complexo que o simples incômodo do ronco.

Abaixo, como você vai ver, listamos alguns outros sintomas da doença que pouca gente conhece, mas que podem ajudar a diagnosticá-la mais rapidamente, evitando assim uma série de problemas futuros.

Conheça alguns sintomas de apneia do sono:

  • Sonolência durante o dia
  • Acordar com sensação de sufocamento
  • Dores no peito ao despertar
  • Boca seca no período da manhã
  • Dor de garganta
  • Dificuldade de concentração
  • Dor de cabeça
  • Irritabilidade

Qual o tratamento de apneia do sono?

Se você acha que sofre com o problema, a primeira coisa que você precisa se lembrar é que não existe tratamento sem diagnóstico.

E para ter certeza que você tem apneia do sono é preciso ir ao médicos especialista e fazer exames típicos para identificar a doença, como a polissonografia, que monitora o sono eletronicamente.

Se a apneia for detectada, os paciente precisa melhorar alguns hábitos, como passar a ter uma vida mais ativa, aprender a se alimentar de forma equilibrada para controlar o peso, evitar o consumo de cigarros, de bebidas alcoólicas e assim por diante.

Outras medidas, como o uso de aparelhos para melhorar o sono e até mesmo alguns remédios também são comuns, também são comuns no tratamento de apneia do sono.

No entanto, eles só podem ser recomendados pelo médicos, que vai saber adaptar os métodos de controle e de tratamento às necessidades do paciente.

E então, você acha que sofre de apneia? Alguém já reclamou de seus roncos ou já percebeu alguns dos sintomas que listamos? Não deixe de nos contar nos comentários!

Agora, falando em doenças que atrapalham o sono, não deixe de conferir também: Insônia nunca mais! Esse truque faz dormir em segundos.

Fonte: Vix