Clonar WhatsApp, descubra se você foi vítima dessa artimanha e aprenda a se proteger

O aplicativo de conversas WhatsApp virou uma febre entre os brasileiros. Seja no grupo da família ou no do trabalho, milhões de dados são enviados todos os dias, inclusive bancários. Dessa forma, não demorou muito tempo para que a plataforma se tornasse alvo de fraldes e golpes. Uma artimanha popular entre estelionatários, e parceiros(as) curiosos(as), é a de clonar whatsapp, onde uma pessoa ganha acesso à todas as mensagens em tempo real, sem a necessidade do chip. Felizmente, existe algumas maneiras de descobrir se você está sendo vítima dessa prática.

Mesmo que você não tenha sido vítima da clonagem do aplicativo, é importante que algumas medidas de segurança sejam tomadas. Não perca tempo e confira nossas dicas para aumentar a segurança de seus dados, e descobrir se você foi vitima do dolo.

Clonar WhasApp é mais fácil do que você imagina

1. Aumentar a segurança com uma senha extra

A verificação em duas etapas aumenta drasticamente a segurança de seus dados. Com ela, uma senha é solicita sempre que o aplicativo é instalado em um dispositivo e também aleatoriamente. Para ativa-la, toque no ícone de três pontos da tela de conversas e acesse as configurações do aplicativo.

Na tela, toque na opção “Conta” e depois em “Verificação em duas etapas”. Em seguida será solicitado que você crie um códio pessoal de seis dígitos. Você também pode adicionar um e-mail para recuperação de acesso, caso você eventualmente se esqueça do código.

2. Encerrar a sessão no WhatsApp Web

Você sabia que, através de um espelhamento, é possível estender o aplicativo em uma tela de computador? Na verdade, essa função já existe a bastante tempo, mas não é muito conhecida. Pessoas mal intencionadas podem suar essa função para ter um acesso à suas conversas. Para descobrir se sua privacidade foi violada através desse recurso, faça o seguinte:

Na tela inicial de conversas, toque no ícone de três pontinhos e procure pela opção “WhatsApp Web”.

Aqui é possível verificar se uma sessão foi iniciada no site e em que data. Se a tela que surgiu em seu dispositivo for igual a demostra em “1” na imagem abaixo, não se preocupe. Mas se a tela “2”, então sua conta foi, ou está sendo, espelhada em algum computador. Para encerrar a sessão toque em “Sair de todos os computadores”.

3. Reinstalar o WhatsApp

Em último caso, você pode reinstalar o aplicativo em seu celular. Ao fazer a instalação do mensageiro, o código da verificação de duas etapas será solicitado, além do SMS de verificação. Esse procedimento pode derrubar a clonagem de sua conta em outros aparelhos.

Para fazer a reinstalação do aplicativo,vá até o gerenciador de aplicações do seu Android e procure pelo aplicativo. Ao entrar na tela de gerenciamento do mensageiro, toque em “Desinstalar”. Aguarde a desinstalação e depois acesso a Play Store para fazer o download do aplicativo novamente.

Se mesmo depois de realizar todos os procedimento citado acima,  ainda existir suspeitas de que sua privacidade está comprometida, e suas informações expostas, recomendamos que você procure uma delegacia para que uma investigação seja iniciada. Trocar de número também é um alternativa, se você estiver disposto à isso.

 

Fontes: G1 | Techtudo
Imagens: Reprodução