Como fica a pele tatuada por dentro, aumentada 400 vezes no microscópio

Não importa se você tem uma tattoo bem pequena, em uma região que não tome sol, ou se você tem um grande desenho que cubra as costas ou feche os braços. A verdade é que a pele tatuada, independente do tamanho do desenho, tem suas camadas internas alteradas para sempre.

Se isso é bom ou ruim, a verdade é que a Ciência ainda não se pronunciou. Embora algumas pessoas possam sofrer reações alérgicas às tintas usadas na criação do desenho, outras pessoas têm a pele tatuada e nunca apresentam qualquer tipo de alteração física ou na saúde por causa disso. Então, o assunto é algo polêmico mas a decisão de fazer ou não uma tattoo é bastante pessoal.

Agora, voltando ao assunto inicial, a imagem de uma pele tatuada, vista pelas lentes de um microscópio é, no mínimo, interessantes (se não impactante). Como você vai ver mais adiante na matéria, embora as pessoas se esqueçam que passaram por um processo de coloração profundo na pele, o interior do corpo tem uma “memória” muito melhor e absorve para sempre a tintura do desenho.

Decifrando a pele tatuada

Na foto abaixo você tem uma pequena amostra disso. A imagem mostra um pedaço de pele tatuada aumentada 400 vezes em comparação ao tamanho original.

E, só para esclarecer, ninguém está andando por aí sem pele depois dessa matéria. O tecido analisado está exposto no museu Mütter Museum, na Filadélfia, em uma sessão chamada Death Under Glass (algo como Morte abaixo da lente, em português).

4

Marianne Hamel, examinadora forense responsável pela análise, explica que a ponta direita do tecido mostra a queratina, a camada mais superficial da pele humana. À esquerda, é possível observar a epiderme. Na parte mais rosa da pele tatuada está a derme, a camada mais profunda e, então, marcado de vermelho, o pigmento da tatuagem.

Por que as tatuagens não saem?

Conforme a especialista, esta última parte é o grande motivo para as tatuagens serem permanentes: o pigmento é depositado e passa a “viver” na camada mais profunda de nossa pele. E, por mais que parte da substância da tinta seja consumida por nosso corpo, o que sobre não sai, nem mesmo se você se ferir superficialmente.

1

E é por isso também que a remoção de tatuagens é exige tantas sessões para ter sucesso, como você já conferiu nessa outra matéria. Uma tatuagem só é apagada se os raios do laser conseguirem romper os fibroblastos, que são as células encrustadas pelo pigmento; cuja resistência depende muito também da cor aplicada na pele.

2

E, se você está pensando em fazer uma tattoo, melhor dar uma conferida nesta outra matéria primeiro: Onde mais dói para tatuar? Veja o guia da tatuagem.

Fonte: Revista Galileu