Fim do mundo será no próximo sábado, segundo teórico norte americano

Você acredita no fim dos tempos? O teórico conspiracionista David Meade acredita, e para ele no próximo sábado, dia 23 de setembro, o Planeta X, também conhecido como Nibiru, colidirá com o planeta Terra, destruindo toda a vida e sinalizando o fim do mundo.

Planeta X

Os teóricos da conspiração acreditam há muito tempo na existência do planeta “Nibiru”, ou “Planeta X”, que supostamente está oculto nas bordas do nosso Sistema Solar, e que ele eliminará toda a humanidade quando colidir com a Terra.

Nibiru foi proposto pela primeira vez em 1995 por Nancy Lieder, que criou o site conspiracionista Zetatalk, onde ela descreve como seu implante cerebral permite a comunicação com seres alienígenas. Segundo Lieder, o planeta colidiria com a Terra em 2003 e eliminaria a humanidade, o que, obviamente, não aconteceu.

Nibiru e o fim do mundo

Anteriormente o teórico David Meade acreditava que o planeta Nibiru estava ligado à suposta profecia maia, onde o  mundo terminaria em 21 de dezembro de 2012 (uma profecia que nunca existiu). Mas agora David acredita que ele descobriu a data real desta vez: 23 de setembro de 2017.

David disse ao Daily Star  que o eclipse que ocorrerá neste mês é a ignição do próximo apocalipse. Ele baseia isso no Livro de Isaías do Antigo Testamento da Bíblia:

“Veja, o dia do Senhor está chegando – um dia cruel e com ira – para tornar a terra desolada e destruir os pecadores dentro dela”, e “O sol nascente se escurecerá e a lua não dará luz”.

O planeta Nibiru existe?

Há várias evidências que indicam a existência de outro planeta em nosso Sistema Solar, nomeado recentemente de Planeta Nine, mas ele não faz as coisas que os teóricos da conspiração de Nibiru descrevem, como afetar o clima da Terra, e ele também não está em rota de colisão com o planeta.

“Nibiru e outras histórias sobre planetas escondidos são mitos. Não existe uma base factual para essas afirmações”, disse a NASA em uma explicação feita em 2012. “Se Nibiru ou o Planeta X fossem reais e estivessem em rota de colisão com a Terra, os astrônomos estariam cientes durante pelo menos a última década, e agora já seria visível a olho nu “.

“Obviamente, isso não existe”.

 

 

Fontes: G1, IFLScience, Express
Imagens: Reprodução