Homem mais gordo do mundo faz cirurgia e emagrece quase 300 kg

Se a obesidade não é uma condição favorável à saúde, imagina o que dizer sobre alguém que chegou ao ponto de ser considerado o homem mais gordo do mundo? Parece exagero, mas o britânico Paul Mason, de 54 anos, já pesou incríveis 445 kg.

Embora ele nunca tenha sido magro, Paul conta que começou a engordar mesmo na década de 80, quando perdeu o pai. Nessa mesma época, sua mãe também ficou com a saúde bastante debilitada, o que fez com que o futuro homem mais gordo do mundo se deprimisse ainda mais e passasse a ver na comida um conforto.

Como ele se tornou o homem mais gordo do mundo

Os hábitos alimentares desregrados e a condição emocional de Paul o fizeram avançar rápido nos estágios de obesidade, tanto que ele precisou largar o emprego de carteiro devido aos problemas de locomoção com os quais já sofria.

A partir daí a vida do britânico saiu dos eixos. Cada vez mais e mais gordo, Paul passou a viver em uma cama.

Para você ter ideia do que tanto peso representa na vida de uma pessoa, Paul precisou fazer uma cirurgia de hérnia em 2002. Para conseguir retirá-lo do quarto e levá-lo ao hospital foi preciso derrubar uma parede de sua casa e removê-lo da cama com uma empilhadeira.

Cirurgia do estômago

Em 2010, finalmente, Paul Mason resolveu mudar de vida. Nesse ano, ele ganhou uma cirurgia bariátrica, também conhecida como redução de estômago. Esse foi o primeiro passo para a transformação do então homem mais gordo do mundo.

Depois disso, Paul Mason surpreendeu seus médicos. Ele entrou de cabeça em um estilo de vida mais saudável e, em 5 anos, conseguiu emagrecer quase 300 kg! Dá para acreditar?

Retirada do excesso de pele

Mas, infelizmente, os transtornos da obesidade na vida do britânico ainda não estavam resolvidos. Como perdeu muito peso, Mason passou a sofrer com flacidez e excesso de pele por todo o corpo. Suas formas, aliás, ficaram deformadas pelas bolsas de pele que se penduravam.

Em 2015, entretanto, o ex-homem mais gordo do mundo passou por outra operação, dessa vez para corrigir o excesso de pele. Ao todo, foi retirado 25 kg de pele de uma só vez, especialmente da região das pernas.

Conforme os médicos de Paul, outras cirurgias de remoção ainda serão necessárias com o tempo, à medida que ele for perdendo um pouco mais dos 125 kg que lhe restaram. A próxima, aliás, deve ser feita nos braços.

Entretanto, para o homem que há alguns anos era considerado o mais obeso do mundo, a mudança já é significativa em sua vida. Como contou em entrevista ao Daily Mail, agora ele tem a sensação de que suas pernas pesam como folhas de papel ao levantá-las. Antes, era como se ele estivesse erguendo um tronco de árvore.

Noivado

A mudança na vida de Paul não foi só com relação à saúde ou à estética. Agora ele está noivo de Rebecca Mountain (de apenas 50 kg).

Os dois se conheceram na internet e estão juntos desde 2013. Rebecca, aliás, esteve ao lado de Paul durante grande parte de seu emagrecimento e foi ela quem estava perto “quando ele conseguiu, pela primeira vez, dar um curto passeio a pé pelo Central Park, após a retirada de pele”, como detalhou o Daily Mail.

Uma transformação e tanto, não acha? E, falando em mudanças físicas e hábitos saudáveis, não deixe de conferir ainda: Veja a transformação física de pessoas que pararam de beber.

Fonte: Mega Curioso, Em Resumo, Daily Mail, BBC