Isso é o que acontece quando morremos

Todo mundo sabe que a única certeza da vida é a morte, mas, ironicamente, ninguém sabe o que acontece quando morremos, não é mesmo?

Embora não dê para afirmar cientificamente se existe a tal vida após a morte, os cientistas já sabem há algum tempo como a morte acontece em nosso corpo.

O que acontece quando morremos?

Basicamente, morrer consiste em basicamente, duas etapas. A primeira delas é chamada pelos estudiosos como morte clínica. Essa etapa dura de 4 a 6 minutos depois que a pessoa para de respirar e seu coração de bombear sangue.

Nesse momento, o que acontece depois da morte declarada não é muito drástico, já que o cérebro ainda conta com oxigênio o suficiente para evitar graves lesões.

O mais bizarro de tudo é olhos, rins e alguns outros órgãos continuam vivos durante a morte clínica.

Morte biológica

A segunda parte do que acontece quando morremos é conhecida cientificamente como morte biológica. Nessa fase, as células do corpo começam a degenerar e o cérebro, bem como os demais órgãos, se desligam completamente.

Relatos médicos dizem que, às vezes, é possível reverter a morte biológica por indução de hipotermia.

O processo famoso, aliás, parece ser mais eficiente em pessoas que morrem de parada cardíaca e consiste em resfriar o corpo em uma temperatura muita fria, que retarda a destruição das células.

Experiências de quase-morte

Mas, depois dessas etapas, o que acontece quando morremos ainda é um completo mistério para os cientistas. As únicas especulações com as quais os pesquisadores contam são de pacientes que viveram experiências de quase-morte, também chamadas de EQMs.

Embora o nome seja autoexplicativo, as EQMs consistem nas lembranças de pessoas que são declaradas clinicamente mortas, perto da morte ou em uma situação de morte provável e se conseguem se lembrar do que viram em seus devaneios.

Mais de 8 milhões de relatos já foram catalogados pelo Centro de Pesquisa de Experiências Fora do Corpo, de Los Angeles, nos Estados Unidos.

O que as pessoas viram?

Na maioria dos casos, as pessoas contam sentir como se estivessem flutuando fora do corpo, movendo-se rapidamente em um túnel em direção a uma luz ou vendo seus entes queridos falecidos.

Há ainda relatos que falam sobre pessoas que observaram médicos e enfermeiras trabalhando, como se estivessem tendo uma visão a partir do teto da sala.

Infelizmente, ainda não se sabe o quanto disso é real ou inventado pelo cérebro em estado de alerta. Cientistas, no entanto, continuam estudando as EQMs para explicar os processos biológicos e neurológicos que podem estar por trás desses eventos.

E então, você já ouviu falar em pessoas que se lembram de experiências de quase-morte? O que elas falam sobre o assunto? Não deixe de nos contar nos comentários!

Agora, aproveitando o assunto sombrio, você pode querer conferir ainda: O que as pessoas sentem na hora da morte?

Fontes: Mistérios do Mundo, Live Science, Jornal Ciência