Para onde vai a gordura quando a gente emagrece?

Quem já tentou perder peso sabe que a fórmula correta de entrar em forma adotando uma alimentação saudável e fazendo exercícios físicos para queimar calorias e, assim, gordura. Mas, será que você sabe dizer para onde vai a gordura quando a gente emagrece? Será que ela derrete? É eliminada na urina e no cocô, por exemplo?

De acordo com um estudo australiano, desenvolvido pela escola de biotecnologia e ciência biomolecular da Universidade de New South Wales, o processo de perda de peso e da eliminação da gordura é muito mais complexo que a gente pensa.

Para onde vai a gordura quando a gente emagrece?

Ao investigarem o funcionamento do organismo em busca de entender para onde vai a gordura quando a gente emagrece, os cientistas descobriram que a maior parte do que perdemos de nosso peso é eliminada pelo ar! Dá para acreditar nisso?

Os pesquisadores descobriram que grande parte da gordura que queimamos sai do corpo como dióxido de carbono (CO2), durante a respiração. Isso acontece porque, na falta da glicose, a gordura acumulada no organismo é usada como fonte de energia e acaba sendo dividida em moléculas de oxigênio, hidrogênio e carbono.

Oxigênio, CO2 e água

E o que acontece quando o oxigênio é queimado? Basicamente, ele se transforma em em energia e libera dois subprodutos: o dióxido de carbono e água.

Essas, aliás, são as respostas exatas para a pegunta “para onde vai a gordura quando a gente emagrece”.

Parte do que antes era o tecido adiposo sai em nossa respiração, como já dissemos, e a outra parte é eliminada por meio de nossos fluídos, como a urina, as fezes, o suor e até mesmo as lágrimas.

Então, respirar emagrece?

Mas, claro, isso não significa que se a gente respirar mais rápido vai emagrecer mais ou com maior velocidade. Na verdade, a respiração sozinha não bataria para queimar gorduras o suficiente para serem percebidas na balança.

Segundo o estudo, para que isso acontecesse você precisaria de uma “forcinha” de MUITO oxigênio extra. Para perder 10 quilos de gordura, por exemplo, seria preciso inalar 29 quilos de oxigênio. Desse processo metabólico resultaria 28 quilos de CO2 e 11 quilos de água. Entendeu?

Não existe fórmula mágica

Como dissemos no início desse post, para emagrecer a fórmula é consumir menos calorias do que você gasta durante o dia, mantendo uma alimentação saudável e balanceada e fazendo exercícios físicos regulares.

Se você esperava uma solução mágica para os pneuzinhos, a gente sente muito. A notícia boa é que agora você sabe que só de respirar já está ajudando a eliminar a gordura do seu corpo, assim como quando está se exercitando ou fazendo xixi. Legal, né?

Agora, falando em emagrecer, se você está com problemas nisso, pode ser que essa outra matéria ajude a entender porque está sobrando uns quilinhos aí: 9 explicações científicas para você estar engordando.

Fontes: Globo Esporte, Diário de Biologia, Vix Saúde e Dietas