Popularização do sushi tem aumentado casos de infecção por parasitas

Você gosta de sushi e sashimi? Então a notícia não é nada boa para você. Embora a comida japonesa venha se popularizando e ganhando fãs por ser pouco calórica, a verdade é que ela pode não ser tão saudável assim e pode até colocar saúde em risco.

De acordo com um estudo publicado pelo Britishi Medical Journal, a popularização do sushi e de outros quitutes japoneses à base de peixes crus tem aumentado o número de registros de infecções parasitárias ao redor do mundo. Casos, como o que já ilustramos nessa outra matéria aqui (clique) acontecem o tempo todo e tem se tornado corriqueiro os hospitais atenderem pessoas com dores abdominais, febre e vômito persistente por semanas depois de ingerirem esse tipo de alimento.

A doença do sushi

O tipo de infestação mais comum é o da Anisakiasis, um tipo de verme que se instala no estômago ou ao longo do sistema digestivo das pessoas e que causa a anisaquíase. Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), a única forma de tratamento para a doença é a remoção dos parasitas por endoscopia ou cirurgia.

O próprio governo japonês já emitiu um alerta à população, falando sobre o número crescente de casos de infecção por Anisakis. Em 2016, foram registrados 126 infecções no país; frente aos 79 registrados no ano de 2013.

E agora?

Mas, claro, se você gosta de sushi e de outras comidinhas japonesas e malcozidas, não é preciso parar de comê-las para se manter saudável. Segundo o governo japonês, existem cuidados a serem tomados que podem evitar o problema das infecções parasitárias, como manter o peixe congelado a temperaturas abaixo de -20ºC por pelo menos um dia. Antes de ser servido, o peixe também deve ser aquecido por, no mínimo, um minuto em temperatura superior a 60ºC.

Esse procedimento, como garantem as autoridades japonesas, elimina as larvas do parasita e faz com que o consumo de comida crua seja mais seguro.

A Agência de Padrões Alimentares dos Estados Unidos (FSA) também faz recomendações similares referentes ao preparo de peixes crus e sushis. Segundo a agência, peixes e frutos do mar precisam ser congelados por quatro dias a uma temperatura mínima de -15ºC antes de serem consumidos crus ou levemente cozidos.

E aí, ficou com medo? Conheça alguém que tenha sofrido com esse tipo de problema devido ao consumo de comida japonesa? Não deixe de nos contar nos comentários.

E, falando em sushi e nas iguarias da cozinha oriental, essa outra matéria também pode ser muito útil para sua saúde: O salmão que você come pode estar envenenando você!

Fonte: Superinteressante, Exame