Por que mosquitos picam mais algumas pessoas que outras?

Antes eles só incomodavam, mas hoje em dia os mosquitos são os verdadeiros vilões da humanidade e estão entre os animais mais mortais do planeta devido às doenças que podem transmitir, com a temida Zika, e assim por diante. Mas, afinal, por que será que algumas pessoas costumam ser mais picadas por mosquitos que outras?

Se você também costuma estar entre os preferidos do cardápio dos mosquitos, acredite, não é uma implicância com sua pessoa. Conforme a Ciência, o que acontece é que, para esses insetos, algumas pessoas cheiram melhor que outras e, por isso, são mais apetitosas (você, por exemplo).

Um estudo desenvolvido por cientistas da Grã-Bretanha e nos Estados Unidos apontaram que a preferência dos mosquitos por alguns indivíduos está ligado aos genes que controlam o odor corporal. Como você já deve ter notado ao longo da vida, cada pessoa tem um cheiro próprio e nem todos são “apetitosos” para esses insetos irritantes.

4

É por isso que, no verão, quando as pessoas suam mais e seus odores ficam mais evidentes, é que os mosquitos costumam atacar com maior ferocidade. Mas, a má notícia é que ainda não é possível precisar quais dos genes do odor são responsáveis por essa “atração fatal”.

Odores x mosquitos

Para chegar a esta pista, os pesquisadores recrutaram grupos de gêmeos idênticos e não idênticos para testar a atração dos mosquitos. O que ficou claro é que gêmeos idênticos, que compartilham grande parte do material genético, atraem a mesma quantidade de picadas. Por outro lado, isso não acontece com gêmeos não idênticos, cujo compartilhamento de genes é menor.

1

Mas os genes do odor corporal não são os únicos que podem fazer com que algumas pessoas traiam mais mosquitos que outras. O dióxido de carbono de nossa respiração também são atrativos para esses insetos e fica muito mais abundante em pessoas que estão se exercitando, por exemplo.

Prenda a respiração!

Conforme os responsáveis pelo estudo, embora já se tenha uma boa ideia sobre o assunto, outras análises, mais específicas ainda serão realizadas. Eles afirmam que só depois disso será possível avaliar o quão relevante essas descobertas sobre a preferência dos mosquitos são fora do laboratório e se ainda existem outros fatores relevantes nesse processo de seleção por parte dos insetos.

2

Interessante, não? Agora que você sabe que parece mais gostoso para os pernilongos que outras pessoas, vale a pena se proteger e conhecer até mesmo algumas repelentes naturais, especialmente contra o temido Aedes aegyptAfinal, além de coçar pra caramba, essas picadas podem deixar você doente!

Fontes: Bem estar, Superinteressante, Diply