Por que os gatos trazem animais mortos para casa?

Se você tem um bichano em casa, provavelmente, já foi “vítima” de um presente desastroso dele, como um ratinho, uma lagartixa ou qualquer outro bicho morto, não é mesmo?

Mas, não se preocupe, existem um bom motivo quando os gatos trazem amimais mortos para casa e o esconde em seu quarto ou o deposita em seus pés, sabia? E a melhor notícia: seu gato não é o único que faz isso!

De acordo com especialistas, a primeira coisa que você precisa saber é que os bichanos não fazem isso de maldade e segunda é que esse é um comportamento natural dos gatinhos.

Dados dos Estados Unidos, por exemplo, mostram que os gatos domésticos matam bilhões de animais pequenos todos os anos no país, dentre eles, de 1,4 a 3,7 bilhões de passarinhos; e outros 6,9 a 20,7 bilhões de mamíferos.

Por que os gatos trazem animais mortos para casa

Quando os gatos trazem animais mortos para casa, na verdade, eles estão seguindo o instinto natural da espécie.

Embora eles estejam na companhia do homem há 10 mil anos, especialistas afirmam que esse tempo ainda não é o suficiente para que os gatos domesticados abandonem os instintos mais latentes de seus ancestrais selvagens, como a caça e “as entranhas preparadas para diferir carne crua”.

Mas, mesmo que muitos gatinhos domésticos dispensem a parte de comer suas presas, a verdade é que eles matam pequenos animais para transmitir o conhecimento que têm com relação a sobrevivência.

Instinto protetor

Aliás, esse é um comportamento muito mais comum nas fêmeas, mesmo nas que não têm filhotes, porque elas eram as responsáveis por ensinar as crias a encontrar comida. Daí, na falta de um filhinho, os gatos trazem animais mortos para casa na tentativa de ensinar você a caçar,

Para ele, você não é exatamente um “dono”, mas um semelhante que não parece ser muito bom nesse ofício. Ou você já chegou em casa com uma presa recém-abatida?

Quem entende do assunto afirma que quando seu gato faz isso ele está, na verdade, agindo como uma espécie de provedor, de professor e está cuidando de você da forma que ele sabe.  Interessante, não?

Agora, falando nos gatinhos fofinhos de nossas vidas, não deixe de conferir também: Agressividade dos gatos pode estar ligada à cor do pelo, indica estudo.

Fonte: Mega Curioso, Vix