Quanto vai custar o iPhone 8 e o iPhone 8 Plus no Brasil?

Se você é fã dos smartphones da Apple, pode se preparar para quebrar o cofrinho. A empresa finalmente anunciou por quanto serão vendidos os iPhone 8 e iPhone 8 Plus no mercado brasileiro e, como era de se esperar, os valores não são nada camaradas.

A expectativa é de que o iPhone 8 de 64 GB seja comercializado por R$ 3.999,00 e que o de 256 GB, por R$ 4.799,00. O iPhone 8 Plus, claro, será mais salgado: o valor da versão de 64 GB será R$ 4.599,00 e a de 256 GB, será R$ 5.399,00.

Pré-venda do iPhone 8

Com relação a pré-venda, a Apple já anunciou que não participará.

Quem quiser garantir a primeira leva do iPhone 8 e do iPhone 8 Plus precisa ficar ligado nos revendedores autorizados da empresa (como Lojas Americanas, Fast Shop, Submarino, ShopTime, Fnac, entre outros), que já devem disponibilizar as novas versões do smartphone a partir do dia 3 de novembro.

iPhone 8 no Brasil x iPhone 8 nos EUA

Agora, se você está querendo mesmo trocar seu celular pelo iPhone 8, nem tente compara o preço do aparelho aqui e nos Estados Unidos.

Na Apple americana, por exemplo, tirando impostos e taxas locais, o 8 sai por US$ 699,00, algo em torno de R$ 2.410,00; enquanto o 8 Plus pode ser comprado por US$ 799,00, aproximadamente R$ 2.755. Sentiu o drama?

iPhone X

Para quem está de olho mesmo é no iPhone X a espera pode ser bem maior. A Apple ainda não tem nem previsão de quando o modelo chegará ao Brasil. Também não foi divulgado oficialmente o preço dele no Brasil.

No estrangeiro, no entanto, a pré-venda do iPhone X começou nessa sexta-feira (27). Consumidores dos Estados Unidos, do Reino Unido, da China e do Japão, por exemplo, já começaram a comprar o modelo de quase mil dólares.

A notícia ruim para os mais afoitos é a data de entrega. Ao que tudo indica, quem comprou o celular na pré-venda só deve ter acesso a eles em 5 ou 6 semanas, ou seja, apenas em dezembro.

As lojas físicas nesses países, por outro lado, já comercializarão o iPhone X a partir do dia 3 de novembro.

E aí, você pretende trocar seu celular por esses novos “queridinhos” da Apple? Se a resposta for negativa (por causa do valor absurdo), essa matéria pode soar como música para seus ouvidos (e bolso também): 6 smartphones muito mais poderosos e baratos que o novo iPhone.

Fonte: Uol