Tatuagens envelhecem? Veja o antes e o depois das tatuagens

Sabe aquela história de que tatuagens são para sempre? Bem, na prática não é bem assim. Ao contrário do que as pessoas pensam, o pigmento usado para gravar os desenhos na pele acabam se desgastando com o tempo e, às vezes, eles chegam a sumir!

Claro que isso depende muito de quem fez a tatuagem, da qualidade do pigmento utilizado no desenho, das cores escolhidas, dos cuidados durante a cicatrização e depois dela e até mesmo da pele de cada pessoa. Mas, sim, a verdade é que tatuagens envelhecem e o resultado pode não ser lá muito interessante.

Quando isso acontece, não tem jeito: ou você convive com aquele desenho ou frase borrados ou passa pela dor de novo, recuperando todo o desenho novamente.

O mais interessante de tudo é que, em muitos casos, as tatuagens perdem a cor, o brilho e a beleza em meses ou até dias (logo depois da cicatrização). Como não dá para prever com que velocidade isso pode acontecer, o conselho que temos a você, caro leitor, é que pense bem antes de fazer uma tatuagem e que escolha um profissional e materiais de qualidade na hora de gravar a pele. Certinho?

Veja o impressionante antes e o depois de algumas tatuagens:

1. Intervalo de apenas 4 anos

2. Intervalo de 15 anos

3. Apenas 6 meses depois

4. Intervalo de 10 anos

5. Após cicatrização

6. Intervalo de 17 anos

7. Depois de 10 anos

8. Depois de alguns meses

9. Duas semanas depois

10. Intervalo de 13 anos

11. Intervalo de 8 anos

12. Intervalo de 3 anos

13. Após cicatrização

14. Apenas 2 anos depois

15. Seis semanas depois

16. Intervalo de 6 anos

17. Intervalo de 1,5 ano

18. Um mês depois

19. Depois de 4 anos

20. Intervalo não informado

21. Intervalo não informado

22. Apenas 4 anos depois

23. Uma semana mais tarde

24. Intervalo de 15 anos

25. Intervalo não informado

E, agora que você viu as possíveis reações da tinta da tatuagem na pele, ao longo do tempo, não deixe de conferir ainda: Tinta de tatuagem pode causar câncer, diz estudo.

Fonte: Mega Curioso, Bored Panda