Veja o que restou do que foi a luxuosa mansão Playboy

Antes de mais nada, precisamos avisar que a mansão da qual vamos falar não se trata, exatamente, da mansão igualmente luxuosa de Hugh Hefter, dono da revista Playboy. A tal mansão Playboy que você vai conhecer pertenceu ao magnata Billy Hull, o dono de um famoso clube de strippers dos Estados Unidos.

Localizada em Chattanooga, no Tennessee, a casa conta com 1700 metros quadrados e, pasmem, apenas três quartos. A grande atração da mansão Playboy, sem dúvidas, é a piscina em formato de coelho, cujas “orelhas” eram túneis de água que conduziam até os quartos. Dá para imaginar isto?

E é exatamente pela obsessão do dono pela logo da Revista Playboy que a casa ficou conhecida como a mansão Playboy. Isso, claro, além do luxo particularmente parecido com a casa de Hugh Hefter e das “coelhinhas”, como você vai ver nas fotos logo abaixo.

11

Só para você ter ideia, a piscina era coberta com um teto alto, lustre requintado e tinha, nos arredores, um bar. Hoje em dia, no entanto, toda a riqueza da mansão Playboy está devastada e destruída pela ação do tempo e dos vândalos da região.

Agora, se você está se perguntando porque alguém abandonaria uma casa tão luxuosa como a mansão Playboy, fique sabendo que a história que se passou abaixo deste teto não é nada glamourosa. A casa, que foi construída em 1972, foi abandonada em 1973, quando Billy Hull foi preso por 20 anos, por mandar matar o amante da esposa.

No ensaio abaixo, feito pelo fotógrafo Naaman Fletcher, você vai ver o que o abandono de 43 anos fez com uma das mansões mais luxuosas dos Estados Unidos há alguns anos.

Veja o que restou do que foi uma luxuosa mansão Playboy:

1 2 3 4 5 6 7 8

Mas não foi apenas a mansão Playboy que envelheceu. Veja também como ficaram as coelhinhas da Playboy 60 anos depois.

Fonte: Mirror, Tudo InteressanteBol, PTJornal