Curiosidades

10 filmes mais tristes da história do cinema

Para relembrar as produções que mais arrancaram lágrimas dos espectadores, reunimos os filmes mais tristes da história do cinema.

Por Gabriel Pietro

-

Os filmes possuem a capacidade de provocar sentimentos diversos em quem os assiste, como alegria, raiva, incômodo e, principalmente, tristeza. Afinal, todos já se emocionaram ao menos uma vez na vida assistindo a alguma história dramática.

Para relembrar os filmes que mais arrancaram lágrimas dos espectadores, reunimos em uma lista as produções cinematográficas mais tristes da história do cinema.

Para a seleção foi realizado um levantamento de rankings de filmes já publicados em outros sites, nacionais e internacionais. Os filmes escolhidos são em sua maioria bastante conhecidos, e lotaram salas de cinema em todo o mundo, como é o caso de Marley & Eu (David Frankel, 2008), “À Espera de um Milagre” (Frank Darabont,1999) e “Meu Primeiro Amor” (Howard Zieff, 1991).

Além deles, grandes clássicos que marcaram o trajeto da sétima arte também ocupam o seu merecido lugar na lista, como “O Campeão” (Franco Zeffirelli, 1979) e “O Garoto” (Charlie Chaplin, 1921).

Confira alguns dos filmes mais tristes da história do cinema:

À Espera de Um Milagre (Frank Darabont, 1999)

Os 10 filmes mais tristes da história do cinema
Filmes mais tristes da história do cinema.

“À Espera de Um Milagre” é um filme ambientado em 1935, no corredor da morte de uma prisão nos Estados Unidos. No local, se encontra John Coffey, um homem negro condenado à pena de morte pelo assassinato de duas garotas brancas.

Enquanto John aguarda o cumprimento da sentença, o chefe de guarda da prisão, Paul Edgecomb, descobre que o prisioneiro possui poderes de cura e que ele pode não ser o culpado pelos crimes dos quais é acusado.

Amor (Michael Haneke, 2012)

Os 10 filmes mais tristes da história do cinema
Filmes mais tristes da história do cinema.

“Amor” é um filme francês que estreou no Festival de Cannes de 2012, conquistando a Palma de Ouro. No mesmo ano, a produção também foi premiada com o Oscar de melhor filme estrangeiro.

A narrativa é centrada em um casal de idosos, Anne e Georges. Os dois vivem momentos difíceis quando Anne se submete a uma operação e tem metade do corpo paralisado.

Amor Sem Fim (Franco Zeffirelli, 1981)

Os 10 filmes mais tristes da história do cinema
Filmes mais tristes da história do cinema.

O filme conta a história do jovem casal David Axelrod, de 17 anos, e Jade, de 15, que enfrentam a resistência do pai da garota em aceitar o relacionamento. O garoto cria um plano para tentar ganhar a confiança dos pais de Jade, no entanto, a situação sai completamente do controle.

A Vida é Bela (Roberto Benigni, 1997)

Os 10 filmes mais tristes da história do cinema
Filmes mais tristes da história do cinema.

Durante a Segunda Guerra Mundial na Itália, Guido, um homem judeu, e seu filho, Giosué, são levados para um campo de concentração nazista.

O pai usa a imaginação para fazer com que o filho acredite que tudo não passa de uma brincadeira, e que haverá uma premiação ao final. Assim, ele evita que o menino perceba o terror que os cerca.

Hotel Ruanda (Terry George, 2004)

Os 10 filmes mais tristes da história do cinema
Filmes mais tristes da história do cinema.

O filme “Hotel Ruanda” é baseado nos conflitos étnicos que levaram a maioria extremista hutu a perseguir a minoria tutsi e os hutus moderados, em 1994, em Kigali, capital da Ruanda. O episódio ficou conhecido como Genocídio de Ruanda, pois resultou na morte de ao menos 500 mil pessoas — Algumas fontes falam em um milhão de mortos.

Em meio ao massacre, Paul Rusesabagina, o gerente do hotel Milles Collines, abrigou no estabelecimento mais de 1200 pessoas, impedindo que elas fossem assassinadas.

Marley & Eu (David Frankel, 2008)

Os 10 filmes mais tristes da história do cinema
Filmes mais tristes da história do cinema.

Depois de se casarem, John e Jennifer Grogan decidem começar uma nova vida na Flórida. Indeciso sobre sua capacidade de ser pai, John aceita um conselho de seu colega e compra um cachorro para a esposa: Marley, um labrador de 5 kg.

Com o passar do tempo, o filhote se transforma em um indomável cachorro de 45 kg, que deixa a rotina do casal caótica.

Meu Primeiro Amor (Howard Zieff, 1991)

Os 10 filmes mais tristes da história do cinema
Filmes mais tristes da história do cinema.

“Meu Primeiro Amor” conta a história de Vada Sultenfuss, uma garota de 11 anos, cuja mãe morreu após o nascimento, e é criada por seu pai, Harry Sultenfuss, que não lhe dá muita atenção.

Durante o verão, a garota se torna muito amiga de Thomas J. Sennett, um garoto que é alérgico a tudo. A dupla pré-adolescente vive uma série de aventuras, mas as coisas acabam saindo do controle.

O Garoto (Charlie Chaplin, 1921)

Os 10 filmes mais tristes da história do cinema
Filmes mais tristes da história do cinema.

A comédia dramática “O Garoto”, conta a história de uma mãe que, sem condições de criar o filho recém-nascido, decide o abandonar em uma limusine. No entanto, o carro é roubado por dois criminosos, que ao perceberem a presença da criança, a abandonam em uma ruela.

Um homem encontra o menino e tenta se livrar dele, mas é sempre impedido por diversos fatores. Com o passar do tempo, o garoto e o homem se tornam uma dupla perfeita, até que agentes de um orfanato tentam separá-los.

O Campeão (Franco Zeffirelli, 1979)

Os 10 filmes mais tristes da história do cinema
Filmes mais tristes da história do cinema.

“O Campeão” é considerado um dos filmes mais tristes da história do cinema. A trama é centrada no ex-campeão de boxe Billy Flynn, que luta contra dificuldades financeiras para criar sozinho o filho, T.J.

A situação fica ainda mais difícil quando a mãe da criança tenta se reaproximar, e pede a sua custódia. Para não perder a guarda de T.J., Billy não vê nenhuma maneira de ganhar dinheiro e ficar com o filho, a não ser voltar ao ringue.

O Menino do Pijama Listrado (Mark Herman, 2008)

Os 10 filmes mais tristes da história do cinema
Filmes mais tristes da história do cinema.

“O Menino do Pijama Listrado” é ambientado na Alemanha, na Segunda Guerra Mundial. O filme narra a história de Bruno, um menino de 8 anos, que se muda com a família de Berlim, depois que o pai assume um alto cargo em um campo de concentração nazista.

Sem amigos por perto, Bruno conhece outro menino de sua idade, que usa um pijama listrado e vive do outro lado de uma cerca elétrica. Os dois garotos se tornam próximos, sem imaginarem os riscos que correm.

Leia também10 filmes que você precisa ver antes de morrer

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: The Top Ten

Próxima página »

Escolhidas para você