Saúde

Astigmatismo tem cura? Sintomas, causas e tratamentos para a visão

O astigmatismo é uma doença ocular comum marcada por visão turva que geralmente se apresenta no início da vida.

O astigmatismo é uma fonte de incômodo e preocupação para muita gente. Mas o que é essa doença oftalmológica e ela tem cura? Em primeiro lugar vejamos do que se trata essa condição.

O astigmatismo é um distúrbio ocular que afeta a curvatura do olho. Isso significa que o formato dos olhos ou da lente do olho é irregular e isso impede que a luz seja focalizada na retina de maneira adequada. Portanto, essa condição se caracteriza principalmente pela visão turva.

O astigmatismo não tem cura e ocorre com a maioria das pessoas, contudo em graus diferentes. Pode acontecer de forma moderada, o que não é motivo de preocupação, mas também pode ter um efeito negativo na visão, quando causa sensação de que está tudo embaçado.

Ademais, o astigmatismo é uma doença ocular muito comum e geralmente ocorre junto com outras doenças oculares comuns, como miopia e hipermetropia. Juntos, esses distúrbios oculares são chamados de erros de refração.

Continua após a publicidade

Continue lendo abaixo para obter informações detalhadas sobre as causas, sintomas, tipos e tratamento do astigmatismo.

O que causa o astigmatismo?

É difícil rastrear a causa exata do astigmatismo. Ele pode ocorrer por causa da genética, fazendo com que alguns bebês nasçam com esse erro de refração.

Além disso, outras pessoas desenvolvem o problema mais tarde na vida, espontaneamente ou após uma lesão no olho. Outros fatores de risco para desenvolver astigmatismo incluem:

Continua após a publicidade
  • Uma lesão direta no globo ocular
  • Cicatriz ou afinamento da córnea
  • Cirurgia ocular anterior
  • Ter um ou mais parentes com astigmatismo e outras doenças oculares
  • Grande miopia ou hipermetropia

Quais os sinais e sintomas de astigmatismo?

Astigmatismo tem cura? Sintomas, causas e tratamentos para a visão

Além de causar visão turva, sintomas adicionais de astigmatismo podem incluir:

  • Tensão / fadiga ocular
  • Estrabismo
  • Dores de cabeça
  • Várias imagens, como um farol que se aproxima

Tipos de astigmatismo

Existem vários tipos de astigmatismo, cujas definições podem ser um pouco complexas, todavia os tipos mais comuns desse distúrbio são:

Continua após a publicidade

Astigmatismo regular: A forma mais comum de astigmatismo, ocorre quando os meridianos principais são perpendiculares uns aos outros. Essencialmente, isso significa que o meridiano vertical da córnea é muito íngreme e o meridiano horizontal é muito plano.

Astigmatismo irregular: ocorre quando os meridianos principais não são perpendiculares, o que significa que a curvatura anormal da córnea não é uniforme. Essencialmente, isso significa que o meridiano horizontal da córnea é mais íngreme e o meridiano vertical é mais plano.

Astigmatismo lenticular: Ao contrário do astigmatismo regular e irregular, o astigmatismo lenticular não ocorre por uma córnea de formato anormal. Em vez disso, ele acontece por uma lente de formato anormal dentro do olho. Aliás, esta é uma forma muito menos comum de astigmatismo.

Como é feito o diagnóstico?

Continua após a publicidade

Tradicionalmente, um diagnóstico de astigmatismo se confirma por meio de um teste chamado retinoscopia, que envolve um oftalmologista direcionando uma luz para o olho através de uma série de lentes.

Em suma, o médico está procurando o caminho dos raios de luz à medida que eles atravessam o olho até a retina. Se os raios de luz atingirem a córnea e passarem pelo olho em um ângulo, o médico poderá ver o astigmatismo.

Protocolos de diagnóstico mais recentes envolvendo refração automatizada substituíram essa abordagem tradicional em vários consultórios. Entretanto, ambos são ferramentas de diagnóstico eficazes.

Quais os tratamentos para esse distúrbio?

Astigmatismo tem cura? Sintomas, causas e tratamentos para a visão

Continua após a publicidade

O astigmatismo não tem cura, mas é possível melhorar a visão com o uso de lentes corretivas (óculos ou lentes de contato) ou cirurgia refrativa.

Os óculos são o principal meio para corrigir a visão turva causada pelo astigmatismo. As lentes cilíndricas são geralmente prescritas com uma única lente para fornecer clareza de objetos em todas as distâncias. Outras opções incluem:

Lentes de contato

Embora as lentes de contato também sejam prescritas por oftalmologistas e oculistas, é importante conhecer os prós e os contras do uso de lentes de contato para curar o astigmatismo.

Limpeza e manutenção regulares são necessárias para lentes de contato. Ademais, a delicadeza das lentes significa que o manuseio incorreto também pode levar a outros distúrbios oculares. No entanto, ainda é recomendado como a melhor forma de melhorar a visão e corrigir o astigmatismo.

Continua após a publicidade

Astigmatismo e cirurgia Lasik/Laser

A ceratectomia fotorrefrativa (PRK) é uma das técnicas de cirurgia a laser usadas para tratar o distúrbio. Assim, a camada protetora ou tecido da córnea é removido e outro laser altera a forma da córnea. No entanto, esse tratamento a laser é conhecido por ser doloroso.

Por fim, a ceratectomia a laser in situ (LASIK) é um desenvolvimento recente no campo da tecnologia de tratamento ocular. Tem sido amplamente favorecido porque causa menos dor quando comparado a outras cirurgias corretivas a laser.

Em suma, trata-se de usar um laser para fazer um corte fino na córnea e, em seguida, moldar a córnea com a ajuda de um excimer laser. Outras medidas incluem ortoqueratologia e LASEK (ceratomileusis epitelial a laser)

Agora que você sabe que astigmatismo não tem cura, leia também: O que a cor dos olhos diz sobre a sua saúde?

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você