Ciência & Tecnologia

Como baixar a pressão alta [de forma rápida e eficiente]

E quando a pressão sobe muito, tem como baixar? Saiba o que fazer para baixar a pressão alta, rapidamente, em caso de hipertensão ou não.

Atualizado em 26/09/2019

Você sabe o que fazer para baixar a pressão alta? Aliás, você sabe se é possível fazer alguma coisa, fora tomar remédios, para controlá-la?

Se você acompanha o Segredos do Mundo, já deve conhecer os sintomas mais comuns da pressão arterial alta. Basicamente, dores de cabeça, palpitação na artéria e enrijecimento da nuca são alguns dos sintomas clássicos.

Contudo, não é incomum que essa elevação da pressão seja assintomática. Uu seja, sem sintomas, o que é mil vezes mais perigoso.

Mas, e quando ela está lá nas alturas (acima do recomendado, como você já viu nessa outro post aqui), o que fazer para baixar a pressão alta? Será que é possível fazer isso de forma rápida?

Como baixar a pressão alta?

Segundo especialistas no assunto, embora o indicado seja cuidar da saúde para manter a pressão arterial estável, é possível sim baixar a pressão alta de forma emergencial.

A recomendação, no caso de pessoas que já sejam diagnosticadas com hipertensão (pressão alta), são para que a pessoa tome o remédio indicado pelo cardiologista e, caso isso não funcione para baixar a pressão altar em até 1 hora, que a pessoa vá até um pronto-socorro para ser examinado por um médico.

Rascunho automático

No entanto, se a pessoa não for hipertensa, o ideal é que procure relaxar um pouco. Caso a pressão continue subindo ou não abaixe em 1 hora, aí então é bom não perder mais tempo e procurar atendimento médico emergencial.

Se quadros como esse forem frequentes, é preciso consultar um cardiologista para que sejam feitos exames. Caso a pressão alta crônica seja diagnosticada, o tratamento é feito com reeducação alimentar, exercícios físicos e remédios específicos para o problema.

Por que a pressão aumenta?

Basicamente, a pressão arterial aumenta quando o sangue encontra barreiras para circular pelas artérias e veias. Na maioria dos casos, dentre outros motivos que você já conferiu nesse outro post, isso acontece devido ao acúmulo de gordura no interior do sistema circulatório.

No entanto, a pressão arterial pode subir também devido a situações específicas, especialmente se envolvem muito estresse. Alguns exemplos disso são quando recebemos uma má notícia, quando estamos muito emocionados, depois de refeições muito pesadas e até mesmo durante o esforço físico intenso.

Rascunho automático

A diferença nesses casos é que não costuma ser preciso interferir no organismo, com medicamentos, por exemplo; para baixar a pressão alta.

Existem ainda as pessoas que sofrem com picos de pressão alta frequentemente, por predisposição. Nesse caso, é preciso estar sempre atento ao movimento da pressão e procurar tratamento.

Dá para controlar a pressão alta?

Pessoas hipertensas precisam medir a pressão com regularidade para perceber como anda o quadro de alterações. Mas, além do remédio indicado pelo especialista, é preciso uma mudança de estilo de vida.

Melhorar o físico, reduzir o sal na alimentação, praticar exercícios físicos, para de fumar, evitar estresse são apenas algumas das medidas indicadas para quem precisa baixar a pressão alta ou mantê-la sob controle.

Rascunho automático

E, falando nisso, essa matéria pode ser também muito útil para quem precisa fazer esse controle e para quem quer prevenir o problema: 7 alimentos que aumentam a pressão arterial e você não sabia.

Fontes: Tua Saúde, Fatos Desconhecidos

Imagens: Estilo e Bem-estar, Fakt24, Jornal Centro Cívico

Por <a href='https://segredosdomundo.r7.com/author/renata/' rel='dofollow' class='dim-on-hover'>Thamyris Fernandes</a>
Por Thamyris Fernandes
Jornalista pela PUC Goiás. Já flertou com assessoria de imprensa, passou um tempo em jornais impressos e encontrou na internet seu habitat natural. Basicamente, uma taurina curiosa. Gosta de vinho, café, livros, um bom papo e aconchego. Ama o que faz e faz o que ama por aqui. Instagram: @thamyriscf