Ciência & Tecnologia

Dimensões: quantas a física conhece e o que é a Teoria das Cordas?

Existem muitos estudos, pesquisas e teorias sobre as dimensões. Mas, afinal, o que são as tais dimensões? E quantas existem?

Certamente você conhece três dimensões: comprimento, largura e profundidade. Além disso, quando se pensa um pouco fora da caixa também seria possível adicionar a dimensão do tempo.

Provavelmente, algumas pessoas viajam na maionese quando toca-se nesse assunto. Vem em suas mentes universos paralelos e até mesmo realidades alternativas. Mas também não se trata disso.

Basicamente as dimensões são as facetas do que nós percebemos a ser realidade. Existem muitos debates sobre dimensões na física. Um dos que mais chamam a atenção se chama Teoria das Cordas.

Teoria das Cordas

Dimensões - quantas dimensões existem e o que é cada uma

Inicialmente o comprimento, largura e profundidade definem todos os objetos que encontramos no universo. Existe uma linha horizontal em uma dimensão porque ela tem apenas comprimento. Um quadrado é bidimensional porque tem comprimento e largura. Adicione profundidade e obtemos um cubo, ou uma forma tridimensional.

Tais coordenadas são usadas para identificar a localização de um objeto no espaço. Mas o espaço não é o único plano em que existe. Nós também existimos no tempo, onde é a quarta dimensão. Uma vez que conhecemos a altitude, a longitude, a latitude e a posição no tempo, temos as ferramentas necessárias para traçar sua existência no universo tal como o conhecemos.

Acontece que a Teoria das Cordas acredita que o universo possua mais do que o dobro de dimensões que isso: 10 delas. Também chamada de Teoria das Supercordas, ela une a relatividade geral (que se aplica aos objetos muito grandes) e mecânica quântica (que se aplica aos muito pequenos). Quer conhecer as 10 dimensões do universo? O Segredos do Mundo te conta.

Confira as 10 dimensões do universo segundo a Teoria das Cordas

1 – Primeira dimensão

Primeiramente, essa dimensão lhe confere comprimento (o eixo x). Um objeto unidimensional. Ou seja, uma linha reta, que só existe em termos de comprimento e não tem outras qualidades perceptíveis.

2 – Segunda dimensão

Dimensões - quantas dimensões existem e o que é cada uma

Além disso, adicione a isso uma segunda dimensão, o eixo y (ou altura). Consequentemente, você terá um objeto que se torna uma forma bi-dimensional. O exemplo perfeito seria o quadrado.

3 – Terceira dimensão

A terceira dimensão envolve a profundidade (eixo z). Ela dá sentido ao objeto e uma área de secção transversal. O exemplo disto é um cubo, que existe em três dimensões e tem um comprimento, largura, profundidade e, consequentemente, do volume.

4 – Quarta dimensão

Dimensões - quantas dimensões existem e o que é cada uma

Finalmente, a quarta dimensão é o tempo. Ele governa as propriedades de toda a matéria conhecida em qualquer ponto. Junto com os outras três dimensões, conhecendo uma posição de objetos no tempo é essencial para traçar a sua posição no universo.

5 – Quinta dimensão

Aqui as coisas começam a ficar um pouco complicadas. Isso por que é aqui que a noção de mundos diferentes entra em jogo. Na quinta dimensão, veríamos um mundo um pouco diferente do nosso. Haveria similaridade e diferenças entre os dois.

6 – Sexta dimensão

Dimensões - quantas dimensões existem e o que é cada uma

Na sexta dimensão temos um plano de mundos possíveis. Todos eles começam com as mesmas condições iniciais, ou seja, o Big Bang. Em teoria, consequentemente, ao dominar a quinta e sexta dimensão, você poderia então viajar no tempo ou ir para diferentes futuros.

7 – Sétima dimensão

Na sétima dimensão, você tem acesso aos mundos possíveis que começam com diferentes condições iniciais. Em contraste com a quinta e sexta, onde as condições iniciais eram as mesmas, aqui, tudo é diferente, desde o início dos tempos.

8 – Oitava dimensão

Dimensões - quantas dimensões existem e o que é cada uma

Além disso, também temos a oitava dimensão. Nela temos um plano de vários universos possíveis. Cada uma delas começa com diferentes condições iniciais e ramificam-se infinitamente.

9 – Nona dimensão

Na nona dimensão, podemos comparar todas as histórias possíveis universo, começando com todas as diferentes leis da física bem como possíveis condições iniciais.

10 – Décima dimensão

Dimensões - quantas dimensões existem e o que é cada uma

Finalmente, na décima e último dimensão, chegamos ao ponto em que todo o possível e imaginável é coberto. Além disso, não conseguimos imaginar muitas possibilidades, o que forma a limitação natural do que podemos conceber em termos de dimensões.

Por fim, podemos perceber apenas quatro dimensões do espaço devido a dois mecanismos. Primeiramente, as dimensões extras são compactadas em uma escala muito pequena. Ou então o nosso mundo pode viver em uma subvariedade tridimensional que corresponde a uma membrana, na qual todas as partículas conhecidas, além de gravidade seriam restritas.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: 20 fatos sobre os buracos negros, sugadores de matéria interestelar

Fonte: Ovni Hoje Mistérios do Universo

Imagens: GGN Pinterest UniScientia

Próxima página »

Escolhidas para você