Curiosidades

Esquimós – Quem são, de onde vieram e como vivem

Moradores das regiões mais frias do planeta, os esquimós possuem tradições próprias e são famosos pelo seu beijo peculiar e casas de gelo

Por P.H Mota

Os esquimós são povos nômades encontrados em locais frios, com até -45 ºC. Eles vivem em regiões da costa continental do norte do Canadá, costa leste da Groenlândia, litoral continental do Alasca e Sibéria. Além disso, estão nas ilhas do Mar de Bering e do norte do Canadá.

Também chamados de inuit, na verdade pertencem a nenhuma nação e, inclusive, não se consideram uma unidade. Atualmente, estima-se que há cerca de 80 a 150 mil esquimós no mundo.

Em sua maioria, são de cultura familiar, patriarcal, pacífica, solidária, poligâmica e sem classes sociais. Seu idioma é o inuíte, formado apenas por substantivos e verbos.

O termo esquimó, no entanto, é pejorativo. Isso porque significa comedor de carne crua.

História dos esquimós

Esquimós - quem são, de onde vieram e como vivem
Mirror

Até que um corpo mumificado de um pré-esquimó teve o DNA analisado, não se sabia a origem desse povo. Conforme Ernest S. Burch, entre 15 e 20 mil anos atrás, uma capa de gelo cobriu o Canadá. Foi essa glaciação, grupos asiáticos que chegavam na América foram separados por um caminho entre o estreito de Bering e o Alasca.

Assim, os esquimós tiveram contato com nativos da América do Norte, bem como com vikings na Groenlândia. Mais tarde, a partir do século XVI, também se relacionaram com colonizadores europeus e russos. No século XIX, a relação se estendeu a comerciantes de peles e caçadores de baleia europeus.

Atualmente, existem dois grupos principais entre os esquimós: inuits e yupiks. Ainda que os grupos compartilhem linguagem, possuem diferenças culturais. Além disso, há diferenças genéticas entre os dois. Além deles, há outros subgrupos, como naukans e alutiiqs.

Alimentação

Esquimós - quem são, de onde vieram e como vivem
Forks over Knives

Nas comunidades esquimós, mulheres são responsáveis por cozinhar e costurar. Por outro lado, os homens cuidam da caça e pesca. Praticamente tudo dos animais caçados é aproveitado, como carne, gordura, pele, ossos e intestinos.

Por causa da escassez de calor para cozinhar, a carne costuma ser consumida defumada. Entre os principais animais consumidos estão salmão, aves, focas, caribus e raposas, bem como urso polar e baleia. Apesar da dieta carnívora, entretanto, não apresentam problemas cardiovasculares e tem alta expectativa de vida.

No inverno, é comum que os alimentos fiquem mais escassos. Nessa época, os homens saem em expedições que podem durar vários dias. A fim de se proteger, eles constroem casas temporárias, chamadas de iglus.

Cultura

Esquimós - quem são, de onde vieram e como vivem
Beyond Context

Os iglus estão entre os costumes mais populares dos esquimós. A palavra significa casa na língua nativa. Grandes blocos de neve são colocados de forma espiral e fixados com gelo derretido. Geralmente, iglus podem abrigar até 20 pessoas, a uma temperatura média de 15 ºC.

Outro hábito famoso é o beijo de esquimó, que consiste na esfregação de narizes entre o casal. Isso porque em temperaturas baixas, o beijo na boca pode congelar a saliva e selar as bocas. Além disso, a vida amorosa do povo não envolve cerimônia de casamento e os homens podem ter quantas esposas quiserem.

No aspecto religioso, não fazem orações ou cultos. Apesar disso, acreditam em espíritos superiores capazes de controlar a natureza. As crianças também são consideradas sagradas, já que são vistas como reencarnação dos antepassados.

Fontes: InfoEscola, Aventuras na História, Toda Matéria

Imagem de destaque: Mapping Ignorance

Próxima página »

Escolhidas para você