Mundo Animal

Gansos – Origem, características, reprodução, habitat e raças

Os gansos são parentes próximos dos patos e dos cisnes. Mesmo sendo criados para consumo, essa ave pode ser domesticada e proteger a casa.

Atualizado em 23/09/2020

Os gansos fazem parte da família de aves aquáticas Anatidae. Portanto, eles são parentes próximos dos cisnes, patos e marrecos.

Ao todo existem 40 variedades de gansos espalhados pelo mundo. Eles podem ter suas penas nas cores pretas, brancas e até mesmo cinzas.

Essas aves também nadam super bem, mas preferem permanecer em terra firme. Além disso, elas gostam de viver em bandos, então é normal encontrar vários por aí.

A origem dos gansos é muito antiga. É possível perceber isso ao observar os desenhos de pirâmides egípcias que datam de 4.000 a 3.000 a.C.

E também na Odisseia de Homero, de 950 a.C, em que o autor conta que a esposa de Ulisses criava 20 gansos em sua casa. Aliás, durante a guerra dos Gauleses, em 390 a.C, essas aves eram usadas como alarme dos guardas romanos.

Características dos gansos

Gansos - Origem, características, reprodução, habitat e raças
Fonte: R7

Essas aves aquáticas são animais de cabeça pequena, pescoço longo, cauda curta e corpo mais robusto. Seu bico é volumoso, contudo fica estreito na ponta. Além disso chegam a ter entre 64 cm e 1,14 m de comprimento. E se criados em cativeiro, os gansos pode chegar até aos 50 anos de idade.

Os gansos possuem características semelhantes aos patos e aos cisnes, como as membranas interdigitais nas patas que facilitam na hora de nadar. Essas aves também possuem uma glândula que produz óleo e protege as penas quando entram na água. Essa glândula fica próxima da cauda.

Além disso, suas penugens, que são as penas internas, fazem com que os gansos estejam sempre aquecidos. Por outro lado, diferentemente das outras aves aquáticas, o ganso se movimenta melhor na terra. Isso ocorre por causa de suas pernas que ficam um pouco mais pra frente no corpo do que as outras.

Alimentação e reprodução

Gansos - Origem, características, reprodução, habitat e raças
Fonte: Curiosidades

Assim como outras aves, os gansos são herbívoros e possuem algumas tendências omnívoras. Ou seja, eles geralmente se alimentam de frutas, capim, legumes, grãos e ervas. Mas também podem comper caracóis, minhocas e insetos. Além disso, os gansos, principais os de cativeiro, precisam de ração para consumirem todos os nutrientes.

A maioria das espécies dessa ave se reproduzem a partir do oitavo ou nono mês de vida. Aliás, esse evento acontece entre julho e dezembro. Enfim, no primeiro acasalamento as gansas constumam produzir uma média de 20 ovos. Em seguida eles eclodem após 28 até 32 dias.

Uma curiosidade fofa é que os gansos, quando acasalam, ficam com seus parceiros até o fim da vida. Ou seja, eles são monogâmicos e fiéis. Além disso, o macho e a fêmea são bem parecidos, para diferenciá-los, é preciso perceber que o macho é um pouco mais agressivo e robusto que a fêmea.

Habitat e a convivência com humanos

Gansos - Origem, características, reprodução, habitat e raças
Fonte: Agazeta

O mais comum é encontrar gansos próximos à água. Contudo, esses animais são migratórios. Ou seja, eles mudam de lugar durante o verão e o inverno. Eles passam o verão em regiões mais frias do hemisfério normal para montar seus ninhos. Depois, migram para o sul quando chega o inverno.

Os gansos são criados pelos homens há milhares de anos, seja para consumo ou até mesmo para proteção. Isso porque esse animal faz muito barulho quando alguém se aproxima da área. Por outro lado, alguns países também praticam a caça ao ganso. Contudo, no Brasil essa prática é proibida.

Diferentes raças

Ganso chinês

Gansos - Origem, características, reprodução, habitat e raças
Fonte: Mariosalviato

Essa raça se assemelha mais com um cisne. Isso porque seu pescoço é mais longo e curvado. Além disso, ele possui plumas mais bonitas e um porte mais elegante que o dos demais. O ganso chinês é bastante resistente e isso faz com que ele seja o mais adaptável ao clima brasileiro.

Por fim, essas aves são ótimas como guardas por indicar qualquer movimento estranho na casa. Elas também podem chegar pesar 5kg e botam aproximadamente 20 ovos na primeira reprodução.

Ganso canadense

Fonte: Wikipedia

Essa raça é mais encontrada nas Américas. Aliás, quando o inverno chega eles migram em bandos para locais mais quentes. No outono também deixam a América do Norte para irem até ilhas do oceano pacífico.

Ganso africano

Fonte: Flickr

O ganso africano possui a parte de cima do bico negra, enquanto a parte de baixo tem uma protuberância semelhante a um chifre. Além disso seu pescoço é acizentado, comprido e com uma raia mais escura na parte de trás. Por fim, essa raça é ótima para reprodução, podendo botar até 40 ovos por ano.

Ganso bravo

Fonte: Ebird

Apesar do nome, essa raça foi a primeira a ser domesticada. Aliás, quase todos os gansos domésticos são descendentes dela. Entretanto, estes são incapazes de voar. Enfim, as subespécies do ganso bravo podem ser encontradas na China, Índia e do norte europeu até a Ásia Central.

Toulouse

Fonte: Avebrusque

Na França essa ave é criada para o consumo de carne. Inclusive, o famoso prato Pathe-de-Foi-Gras leva o seu fígado como ingrediente. Essa é a raça mais pesada entre todos os gansos. Ou seja, o Toulouse pode chegar a pesar 15 kg. Enquanto isso, as fêmeas conseguem produzir entre 20 e 40 ovos por ano.

Sebastopol

Fonte: Wikidata

A plumagem dessa raça é branca e frisada, tornando-o bem ornamental. Além disso, o Sebastopol é produtor de ovos e carnes. Portanto a fêmea consegue botar até 60 ovos por ano. Contudo, é necessário a ajuda de uma chocadeira elétrica para chocar todos os ovos. Por fim os machos dessa raça pode chegar até os 12 kg.

Embden (Bremem)

Fonte: Olhares

Por fim temos a raça Embden. Ela é alemã, seus olhos são azuis e a plumagem toda branca. Aliás, por causa da sua beleza, as penas da Embden são usadas para confeccionar travesseiros. Enquanto os machos crescem rapidamente e logo vão para o abate, as fêmeas são reprodutoras, colocando entre 20 e 30 ovos por mês.

Enfim, gostou da matéria? Em seguida leia: Tucanos – Origem, hábitos, espécies e curiosidades sobre a ave

Imagens: Curiosidades, R7, Agazeta, Pinterest, Wikipedia, Olhares, Ebird, Flickr, Wikidata, Mariosalviato e Avebrusque

Fontes: Cpt, Britannica, Ocontestado, Biomania e Ninha