Mundo Animal

Gatos tricolores: todas as características e curiosidades sobre o tipo

Os gatos tricolores são espécies de animais que apresentam a pelagem com três tonalidades diferentes, mas podem ser de raças diversas.

Em primeiro lugar, os gatos tricolores são espécies de felinos que possuem três cores de pelagem. Contudo, as tonalidades mais comuns variam entre o branco, preto e o amarelo. Apesar disso, existem espécies mais raras que podem apresentar outras cores, que inclusive mudam ao longo da vida.

Porém, não há uma raça específica que envolva o fenômeno dos gatos tricolores. Desse modo, desde os felinos sem raça definida até os com pedigree apresentam essa característica. Como exemplo, pode-se citar gatos persas que nascem com essa aparência a partir do cruzamento de animais com diferentes pelagens.

Além disso, os especialistas preveem que a maioria dos gatos tricolores são fêmeas. Basicamente, os machos representam um pouco menos do que 1% do total contabilizado. Sendo assim, uma pesquisa da Universidade do Missouri nos Estados Unidos concluiu uma proporção de que 1 em cada 3000 gatos tricolores são machos.

Gatos tricolores, o que são? Características, espécies e curiosidades

Continua após a publicidade

Características dos gatos tricolores

No geral, os gatos tricolores são anomalias cromossômicas. Em outras palavras, surgem a partir de alterações genéticas cuja origem varia. Sobretudo, na rprodução, a gata passa para o filhote um cromossomo X e o gato pode passar tanto o X ou o Y para gerar uma fêmea ou macho.

Entretanto, para se ter um gato tricolor precisa-se de um cromossomo da cor branca e outro da cor amarela. Desse modo, quando os machos têm o cromossomo X branco e outro Y ele acaba sendo XXY, ao invés do XY normal. Como consequência, surge uma espécie estéril, ou seja, incapaz de reproduzir.

Além disso, compreende-se ainda que gatos tricolores e machos possuem a Síndrome de Klinefelter. Basicamente, essa síndrome acomete principalmente organismos do sexo masculino que possuem cromatina sexual. Ademais, afeta normalmente o cariótipo 47 na formação XXY, sendo uma das condições intersexuais mais comuns.

Mais ainda, além de serem estéreis, essas espécies costumam ter testículos menores e nem mesmo produzem espermatozoides. No entanto, tendem a ter problemas de saúde diversos como deformidade genital, dano cerebral ou falha dos órgãos. Além disso, a expectativa de vida desses gatos tricolores é menor que a dos demais, exigindo mais atenção e cuidados especiais.

Continua após a publicidade

Em resumo, enquanto um gato normal e uma fêmea tricolor vivem em média 15 anos, os gatos tricolores e machos vivem somente 7 anos. Portanto, precisa-se de acompanhamento médico frequente, porque ainda apresentam a imunidade debilitada. Porém, são igualmente dóceis e excelentes companhias.

Curiosamente, alguns afirmam que os gatos tricolores são cheios d e atitude, além de serem independentes e teimosos. Em contrapartida, tendem a ser carentes e se assustam facilmente com sons. Por fim, as fêmeas tendem a ser protetoras e brincalhonas, em especial com filhotes.

Tipo e Espécies

1) Calicó ou espanhola

Gatos tricolores, o que são? Características, espécies e curiosidades

No geral, determina-se os tipos de gatos tricolores por meio da proporção da cor branca em relação às demais. Além disso, leva-se em conta o tipo de padrão que as cores formam. Desse modo, os gatos calicós são aqueles que têm a cor branca predominante na barriga, patas, peito e queixo. Ademais, o restante do pelo tem manchas laranjas e pretas, com o tom mais acinzentado.

Continua após a publicidade

2) Carey ou tartaruga

Gatos tricolores, o que são? Características, espécies e curiosidades

Logo em seguida, tem-se os carey, com padrões de pelagem assimétricos. Ou seja, as manchas tricolores são diversas ao longo do corpo. Apesar disso, a cor preta predomina e o branco quase não aparece, mas a outra tonalidade do trio tendem a ser mais clara também.

3) Tigrada

Exemplar tigrado

Por fim, as espécies tigradas são aqueles gatos tricolores todos malhados, com distribuição igual ao longo do corpo. Apesar disso, são bastante raros e belos.

Continua após a publicidade

Cuidados e curiosidades sobre os gatos tricolores

Comumente, o principal cuidado com os gatos tricolores envolve uma alimentação cheia de nutrientes e balanceada. Além disso, a prática de exercícios físicos diários é fundamental. Porém, deve-se ainda levar o felino ao veterinário, para garantir que está tudo bem. Sobretudo, no caso dos machos tricolores, essa visita e cuidado deve ser em dobro, por conta da fragilidade do animal.

Apesar disso, existem fatos curiosos sobre esses animais, como o fato de serem populares por trazer fortuna aos lares. Em resumo, na Antiguidade considerava-se a visita de gatos tricolores como um bom sinal de que a riqueza viria para aquela residência. Ademais, era comum deixar alimentos na porta para receber esses animais.

Curiosamente, essa tradição deu o nome popular de “gato do dinheiro” para essa espécie em países como os Estados Unidos. Por outro lado, o Japão possui o símbolo do Maneki Nejo, um gato tricolor que acena e protege os negócios na porta de diferentes estabelecimentos. Além disso, é ainda um símbolo de sorte.

Mais ainda, é comum visualizar representações desses gatos tricolores em obras de arte com reis e imperadores. No geral, ficam escondidos nas sombras ou deitados sobre os pés dos representantes políticos. Desse modo, simbolizam a grande fortuna e riqueza daquele governante.

Continua após a publicidade

Contudo, no período em que os felinos estiveram associados à bruxaria durante a Idade Média, estimava-se que os gatos tricolores eram formas animais de demônios. Portanto, chegaram a quase desaparecer em decorrência da ação da Igreja Católica, indo contra o período em que eram venerados pela população.

E aí, aprendeu sobre os gatos tricolores? Então leia sobre Sangue doce, o que é? Qual a explicação da Ciência.

Próxima página »

Escolhidas para você