História

Hiroshima e Nagasaki – 5 fatos curiosos sobre o ataque do USA ao Japão

Hiroshima e Nagasaki sofreram um dos piores ataques de guerra da história humana: a bomba atômica. Relembre os fatos históricos do bombardeio

Em 2 de setembro de 1945, o mundo viu chegar a Segunda Guerra Mundial. Certamente, o conflito foi marcado por vários acontecimentos traumáticos, como o ataque dos EUA a Hiroshima e Nagasaki, no Japão.

O ataque, que ocorreu já no finalzinho da guerra, foi feito com bombas atômicas. Até aquele momento, o mundo ainda não havia presenciado o tamanho do poder dessas armas.

Até porque a bomba nuclear é um dispositivo explosivo que deriva sua força destrutiva das reações nucleares. Ou seja, provém tanto de fissão ou de uma combinação de fissão e fusão. Ambas as reações, aliás, acabam liberam grandes quantidades de energia a partir de quantidades relativamente pequenas de matéria.

5 coisas que você precisa saber sobre Hiroshima e Nagasaki

Continua após a publicidade

O Império do Japão, onde estão Hiroshima e Nagasaki, com certeza, não esperava por um ataque daquela magnitude. Isso, inclusive, não só marcou para sempre os locais, como também dizimou várias vidas.

Você ainda se lembra da proporção dos estragos e da violência do bombardeio de Hiroshima e Nagasaki, das aulas de História? O Segredos do Mundo veio te lembrar de algumas informações pertinentes sobre o caso.

Continua após a publicidade

Confira 5 coisas que você precisa saber sobre Hiroshima e Nagasaki

1 – Hiroshima e Nagasaki

5 coisas que você precisa saber sobre Hiroshima e Nagasaki

O presidente dos EUA, Harry Truman, em agosto de 1945 deu a ordem para bombardear Hiroshima e Nagasaki. Mas não era um bombardeio comum, e sim, com bombas nucleares.

Continua após a publicidade

Já no fim da Segunda Guerra Mundial, esse ataque nas duas localidades do Império Japônes deixou 140 mil mortos em Hiroshima e 74 mil mortos em Nagasaki, forçando a rendição japonesa.

2 – Efeito das bombas

5 coisas que você precisa saber sobre Hiroshima e Nagasaki

Cerca de 92% dos edifícios das cidades na época foram destruídas pela explosão, sendo que ao todo haviam 76 mil deles. Uma região de 13 quilômetros quadrados foi transformada em ruínas.

A maioria dos atingidos foram imediatamente mortos pela radiação inicial. Quem chegou ao local até cem horas depois da explosão também foi seriamente afetado pela exposição.

Continua após a publicidade

3 – Motivo do ataque

5 coisas que você precisa saber sobre Hiroshima e Nagasaki

Em dezembro de 1941, O Japão, aliado da Alemanha Nazista, atacou a base americana de Pearl Habor. Foi esse acontecimento que motivou os americanos a entrarem de vez nessa Guerra.

Em agosto de 1945, a Alemanha Nazista já havia se rendido, e o EUA aproveitou seus testes nucleares no Projeto Manhattan e os aplicou com fins bélicos.

4 – Consequências internacionais

5 coisas que você precisa saber sobre Hiroshima e Nagasaki

Continua após a publicidade

Apesar de ser feita com o objetivo de levar a rendição do Japão, os dois bombardeios foram duramente condenados pela morte de dezenas de milhares de civis.

O avanço das bombas atômicas acabou levando ao tratado de não proliferação de armas nucleares, em 1968. Apesar de tudo isso, não houve punição aos EUA e nem processo no caso.

5 – Como os EUA trata do assunto hoje

5 coisas que você precisa saber sobre Hiroshima e Nagasaki

Os Estados Unidos lamentam a morte dos milhares de civis, porém, reconhece oficialmente que havia necessidade de realizar o ato para desestabilizar o Japão.

Continua após a publicidade

O ex-presidente Jimmy Carter foi a Hiroshima em 1984 para falar contra a proliferação nuclear. O secretário de Estado John Kerry visitou em 2016 o memorial.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Fotos surreais mostram armas da 2º Guerra Mundial brotando em árvores na Rússia

Fonte: O Globo

Imagem: Conteúdo MS IPC Digital

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você