Ciência & Tecnologia

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple

A Apple lançou seu primeiro iPhone há 12 anos e tornou-se uma das maiores e mais modernas empresas do mundo; relembre sua história a seguir.

iPhones não são apenas smartphones, eles também são símbolos de status. Sejam celebridades ou pessoas comuns, os iPhones são uma verdadeira febre entre todos.

Primeiramente, para quem não lembra a história do iPhone, a Apple lançou seu primeiro exemplar há 12 anos em 2007. Desde então, os estes amados aparelhos se tornaram populares não apenas no Brasil, mas também em todo o mundo.

Enfim, com efeito, desde a sua invenção, o iPhone passou por várias atualizações em sua tecnologia, conforme você verá abaixo.

Precursores do iPhone

Fonte: Pinterest

Antes do iPhone, os smartphones costumavam ser volumosos, pesados e com funções limitadas. Desse modo, o iPhone foi uma grande virada de jogo. Embora sua tecnologia fosse de última geração na época, já que mais de 200 patentes entraram em sua fabricação original, não há como apontar uma única pessoa como o inventor do iPhone.

Continua após a publicidade

Ainda assim, alguns nomes – incluindo os designers da Apple John Casey e Jonathan Ive – destacam-se por serem fundamentais para dar vida à visão de Steve Jobs para um smartphone com tela sensível ao toque.

História do iPhone

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple
Fonte: Pinterest

Enquanto a Apple produzia o Newton MessagePad, um dispositivo de assistente digital pessoal, de 1993 a 1998, o primeiro conceito de um verdadeiro dispositivo do tipo iPhone surgiu em 2000, quando o designer da Apple, John Casey, enviou algumas artes conceituais por e-mail interno para algo que ele chamou de Telipod – uma combinação de telefone e iPod.

No entanto, o Telipod nunca entrou em produção, mas o co-fundador e CEO da Apple, Steve Jobs acreditava que os telefones celulares com função de tela sensível ao toque e acesso à Internet eram o futuro da informação acessível. Assim, Jobs montou uma equipe de engenheiros para cuidar do projeto.

Primeiro smartphone da Apple

O primeiro smartphone da Apple, o ROKR E1, foi lançado em 7 de setembro de 2005. Aliás, ele foi o primeiro telefone móvel a usar o iTunes, o software de compartilhamento de música que a Apple estreou em 2001.

Continua após a publicidade

Todavia, o ROKR foi uma colaboração da Apple e da Motorola, e A Apple não gostou das contribuições da Motorola. Dentro de um ano, a Apple interrompeu o suporte para o ROKR. Em 9 de janeiro de 2007, Steve Jobs anunciou o novo iPhone na Convenção Macworld. Sua inserção no mercado ocorreu em 29 de junho de 2007.

O que tornou o celular da Apple tão especial?

Fonte: Pinterest

O primeiro smartphone sem teclado dedicado para discagem, o iPhone era inteiramente um dispositivo touchscreen que inovou tecnologicamente com seus controles multitoque. Além de poder usar a tela para selecionar e usar aplicativos, os usuários também podem rolar e aplicar zoom com um toque de dedo.

Ademais, o iPhone também introduziu o acelerômetro, um sensor de movimento que permitia ao usuário virar o telefone de lado e fazer com que a tela girasse automaticamente para se adequar. Embora não tenha sido o primeiro dispositivo a ter aplicativos ou complementos de software, foi o primeiro smartphone a gerenciar o mercado de aplicativos com sucesso.

Tecnologia Siri

A Apple lançou o iPhone 4S com a adição de um assistente pessoal chamado Siri, um assistente controlado por voz, baseado em inteligência artificial, que não só podia realizar inúmeras tarefas para o usuário, como também aprender e se adaptar para melhor servir aquele usuário.

Continua após a publicidade

Assim, com a adição do Siri, o iPhone não era mais um mero telefone ou reprodutor de música – ele literalmente colocava um mundo inteiro de informações na ponta dos dedos do usuário.

Ondas do futuro

Desde sua estreia, a Apple continuou a melhorar e atualizar o iPhone. O iPhone 10 (também conhecido como iPhone X), lançado em novembro de 2017, é o primeiro iPhone a usar a tecnologia de tela de diodo orgânico emissor de luz (OLED), carregamento sem fio e tecnologia de reconhecimento facial para desbloquear o telefone.

Em 2018, a Apple lançou três versões do iPhone X: iPhone Xs, iPhone X Max (uma versão maior do Xs) e o iPhone Xr de baixo custo, todos com tecnologia de câmera aprimorada que permite o que a Apple chama de “Smart HDR” (alta faixa dinâmica) fotografia.

No futuro, espera-se que a Apple continue com telas OLED para seus dispositivos de 2019, e há alguns rumores de que a empresa planeja aposentar em breve seus monitores LCD (tela de cristal líquido) anteriores.

Continua após a publicidade

Todos os modelos da história do iPhone

iPhone (2007)

Fonte: Pinterest

A Apple lançou o primeiro iPhone da história em 29 de junho de 2007.  Contudo, ele suportava apenas a rede iPhone EDGE (2G). Neste dispositivo, EDGE foi usado em tecnologia avançada de GPRS para chamadas de voz 2G, bem como uma de acessar dados.

Além disso, a primeira variante do iPhone foi lançada com tela sensível ao toque. Naquela época, gostava muito do aparelho multimídia. Esta foi a era em que empresas de smartphones como BlackBerry, Nokia, HTC dominaram.

iPhone 3G (2008)

Fonte: Pinterest

Pela primeira vez em 2008, as redes 3G foram lançadas comercialmente em vários países. Em tal situação, a Apple lançou o iPhone 3G com conectividade rápida à Internet em 11 de julho de 2008.

Desta vez, a Apple vendeu seu iPhone em 42 países do mundo. Este iPhone 3G era popular para Internet rápida e também para videochamadas. O primeiro iPhone foi suspenso em 15 de julho de 2008 somente após o lançamento deste smartphone.

Continua após a publicidade

iPhone 3GS (2009)

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple
Fonte: Pinterest

Desta vez, a Apple lançou o iPhone 3GS, uma versão de atualização de seu iPhone 3G. Foi vendido em 36 países ao redor do mundo. Com o iPhone 3GS, o mercado do iPhone da Apple atingiu 76 países. Ademais, seu modelo anterior, iPhone 3G, foi suspenso em 7 de junho de 2010 assim que foi lançado.

iPhone 4 (2010)

Fonte: Pinterest

A Apple lançou o iPhone 4 em 24 de junho de 2010. Com este novo iPhone 4, a empresa introduziu o recurso FaceTime pela primeira vez. Em 10 de fevereiro de 2011, a empresa fez parceria com os provedores de serviços de telecomunicações americanos Verizon para iPhone e quebrou o acordo de longa data com a AT&T.

iPhone 4S (2011)

Fonte: Pinterest

Para revolucionar a história do iPhone, em 14 de outubro de 2011, a Apple lançou o modelo 4S. Aliás, a Siri com Inteligência Artificial foi vista pela primeira vez no iPhone 4S. Com este novo modelo, a empresa expandiu seu mercado na China.

iPhone 5 (2012)

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple
Fonte: Pinterest

Em 21 de setembro de 2012, o iPhone 5 foi lançado. Após o lançamento deste modelo, a empresa interrompeu a produção do iPhone 3GS em 12 de setembro de 2012. A Apple lançou este modelo pela primeira vez com conectividade de rede 4G LTE.

Continua após a publicidade

iPhone 5C, 5S (2013)

Fonte: Pinterest

Em 20 de setembro de 2013, a Apple lançou os próximos dois modelos do iPhone 5. Com efeito, a empresa suspendeu a produção o iPhone 4 a partir de 10 de setembro de 2013, após o lançamento de ambos os modelos.

Além disso, o iPhone 5C, 5S surgiu pela primeira vez com cinco novas opções de cores. Esses modelos foram lançados com câmera em câmera lenta e Touch ID (sensor de impressão digital).

iPhone 6, 6 Plus (2014)

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple
Fonte: Pinterest

Ambos os dispositivos foram lançados em 19 de setembro de 2014. Durante esse tempo, a empresa lançou seu dispositivo com ainda mais recursos atualizados.

Ambos os dispositivos possuem suporte a NFC e Apple Play. Por outro lado, a empresa interrompeu a produção do iPhone 4S em 9 de setembro de 2014, antes de ambos os modelos chegarem ao mercado.

Continua após a publicidade

iPhone 6S, 6S Plus (2015)

Fonte: Pinterest

Esses dois dispositivos foram lançados em 25 de setembro de 2015. A Apple lançou este aparelho como um modelo mais moderno do iPhone 6 e 6 Plus, lançado em 2014. Em 9 de setembro de 2015, o iPhone 5 foi suspenso.

iPhone SE (2016)

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple
Fonte: Pinterest

A Apple lançou este dispositivo em 31 de março de 2016. Antes do lançamento deste modelo, o iPhone 5S e 5C foram descontinuados em 21 de março de 2016.

iPhone 7, 7 Plus (2016)

Fonte: Pinterest

Ambos os dispositivos foram lançados pela primeira vez sem entrada para fone de ouvido em 16 de setembro de 2016.

iPhone 8, 8 Plus (2017)

Fonte: Pinterest

A Apple lançou ambos os dispositivos pela primeira vez com o recurso de carregamento sem fio. Esses aparelho possuem mais recursos atualizados e design elegante do que todos os dispositivos lançados até agora. Ambos os dispositivos chegaram as lojas em 22 de março de 2017.

Continua após a publicidade

iPhone X (2017)

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple
Fonte: Pinterest

A Apple lançou seu aparelho com o recurso Nokia pela primeira vez. Desta vez, os designers removeram o botão home do dispositivo. Depois disso, recursos como painel de exibição OLED e ID facial foram introduzidos. Este dispositivo chegou às lojas em 3 de novembro de 2017.

iPhone XS, XS Max, XR (2018)

Fonte: Pinterest

Desta vez, a empresa lançou três novos aparelhos. Todos os três dispositivos chegaram às lojas em 12 de setembro de 2018. Sobretudo, o iPhone 6, 6S, 6S +, SE e X foram suspensos assim que esses três dispositivos chegaram às lojas.

iPhone 11 (2019)

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple
Fonte: Pinterest

O iPhone 11 é o mais barato da linha anual da Apple, mas ainda tem recursos novos o suficiente para concorrer ao iPhone mais popular de 2019. O dispositivo possui uma tela Retina Líquida de 6,1 polegadas e vem em seis cores nítidas.

A adição mais interessante pode ser a segunda câmera na parte de trás do 11, ambas de 12 MP e oferecendo lentes grande e ultra grande.

Continua após a publicidade

iPhone 11 Pro (2019)

Fonte: Pinterest

Para os clientes da Apple que procuram um telefone menor com display top de linha, o iPhone 11 Pro é para você. A tela Super Retina XDR de 5,8 polegadas é a mais nítida e clara da história do iPhone e Apple até hoje.

Este telefone possui não duas, mas três lentes de câmera HDR de 12 MP, oferecendo lentes grande, ultra grande e telefoto. As opções de cores são mais discretas do que no iPhone 11, mas sempre há a opção de adicionar uma capa chamativa!

iPhone 11 Pro Max (2019)

Fonte: Pinterest

O maior e mais caro telefone da Apple em 2019 é o iPhone 11 Pro Max. A tela é a Super Retina XDR da Apple, como acontece com o 11 Pro, mas com 6,5 polegadas. O Pro Max possui a mesma configuração de câmera de três lentes que o 11 Pro, bem como as mesmas opções de cores, fazendo com que o tamanho seja quase a única diferença entre os dispositivos.

iPhone SE (segunda geração) (2020)

Fonte: Pinterest

O 2020 iPhone SE é o segundo de seu tipo na história do IPhone e é o favorito daqueles que preferem aparelhos menores. A Apple pega algumas dicas do passado com este iPhone retro. O ecrã Retina HD de 4,7 polegadas e o botão Home com Touch ID remontam ao iPhone SE original e com um preço igualmente baixo.

Continua após a publicidade

O SE de segunda geração oferece muitos dos recursos dos iPhones mais caros da Apple, incluindo um chip A13 Bionic, sistema de câmera avançado com modo Retrato e Controle de Profundidade, vídeo de alta definição, capacidade de carregamento sem fio e bateria de longa duração.

iPhone 12 mini (2020)

Fonte: Pinterest

O iPhone 12 mini é uma adição surpreendentemente pequena, mas ainda assim muito poderosa para a família do iPhone. Aliás, este smartphone fino e incrivelmente leve mede apenas 5,4 polegadas e inclui o novo e poderoso chip A14 Bionic para um aumento considerável no desempenho em relação aos modelos anteriores.

Além disso, ele também possui a mais recente tela Super Retina XDR OLED da Apple e uma série de atualizações de câmera, mas ainda vem com um arranjo de lente dupla. As únicas diferenças notáveis ​​entre o iPhone 12 mini e o iPhone 12 são que o mini é menor e tem uma vida útil da bateria estimada em 2 horas a menos do que o iPhone 12 maior.

iPhone 12 (2020)

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple
Fonte: Pinterest

O iPhone 12 de 6,1 polegadas tem exatamente os mesmos recursos, especificações da câmera e capacidades de processamento que o 12 mini, exceto que ele tem uma reprodução de vídeo de 17 horas em comparação com o iPhone 12 mini de 15 horas.

Continua após a publicidade

Este modelo de médio porte também inclui a câmera de lente dupla, que é boa o suficiente para usuários comuns. No entanto, a Apple incluiu algumas atualizações impressionantes para seus telefones iPhone 12 Pro e Pro Max de última geração para aqueles que escolheram seus iPhones para suas capacidades de câmera,

iPhone 12 Pro (2020)

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple
Fonte: Pinterest

O iPhone 12 Pro apresenta algumas atualizações de câmera e cores muito sofisticadas em comparação com o 12 e o 12 mini, mas vem no mesmo tamanho de tela de 6,1 polegadas do iPhone 12 e inclui todos os recursos básicos presentes nos modelos econômicos.

Os novos recursos da câmera introduzidos em 2020 incluem um arranjo de lentes triplas como vimos nos modelos do iPhone 11 Pro, mas com digitalização LiDAR, modo noturno aprimorado e alcance de zoom e funções de lente aprimorados.

Ambos os modelos do iPhone 12 Pro incluem a abertura mais rápida já usada em um iPhone. Ademais, a Apple adicionou fotos RAW para capacidade de edição profissional superior e incluiu Dolby Vision de até 60 quadros por segundo nos modelos profissionais.

Continua após a publicidade

iPhone 12 Pro Max (2020)

História do iPhone: relembre a evolução tecnológica dos celulares da Apple
Fonte: Pinterest

Por fim, para abrilhantar a história do iPhone, o último modelo lançado, o 12 Pro Max apresenta todos os benefícios do 12 Pro, mas com algumas atualizações e uma considerável diferença de tamanho.

Aliás, o Pro Max de 6,7 polegadas afirma uma melhoria de 87 por cento na forma como funciona com pouca luz em relação aos modelos do iPhone 11.

Além disso, possui zoom de 5x, que é um grande negócio para quem usa seus iPhones para projetos de fotografia profissional ou quase profissional. Enfim, a característica mais marcante deste iPhone é o tamanho da tela.

Por fim, você gostou da história do Iphone? Então você também vai gostar dessa: Celular que dobra ao meio: confira os aparelhos disponíveis no mercado

Continua após a publicidade

Fontes: Tecmundo, Pocket-lint, Canaltech

Fotos: Pinterest

Próxima página »

Escolhidas para você