História

Johann Sebastian Bach, história, origem e obra do compositor alemão

Compositor, músico, maestro e professor Johann Sebastian Bach, apesar de seu legado, teve uma vida simples e não foi reconhecido em sua época

Por Thamyris Fernandes

-

Hoje em dia pouca gente conhece sobre música clássica. Mesmo assim, é difícil que você não tenha ouvido falar sobre Bach, ou Johann Sebastian Bach; pelo menos uma vez na vida.

O músico e compositor alemão foi um dos mais geniais da história da música, embora não tenha recebido o devido reconhecimento em vida. Bach, aliás, é chamado também de mestre do contraponto, devido às suas melodias e harmonias cativantes e revolucionárias para a época (século 18).

Sobre contraponto, para quem não entende de música, é uma técnica usada na composição e que reúne duas ou mais vozes. Conforme especialistas no assunto, essa arte atingiu o seu auge com Johann Sebastian Bach.

Infância e adolescência

Bach nasceu no dia 21 de março de 1685. O Google chegou a preparar o doodle comemorativo, totalmente interativo, em homenagem ao aniversário do compositor.

Doodle de Johann Sebastian Bach

Ele nasceu em Eisenach, Turíngia, na região central da Alemanha. Toda sua família que se dedicou à música por gerações, embora nenhum tenha feito tanto sucesso quanto Bach. Seu pai, por exemplo, Johann ambrosius Bach, era trompetista da corte de Eisenach e seu irmão mais velho, Johann Christoph era organista de Ohrdruf.

Ainda na infância, com 9 anos, ele perdeu a mãe. Seu pai se casou novamente, mas a criação de Bach e de seu irmão mais novo, Johann Jacob, ficou por conta do primogênito. Foi com o irmão mais velho, inclusive, que o compositor aprendeu música.

Composições de Johann Sebastian Bach

Mas outras disciplinas também despertavam o interesse de Bach. Existem boatos de que ele chegou a escrever escondido, à noite, usando apenas a luz da lua como iluminação; peças para cravo. Esses trabalhos eram famosos naquele tempo, mas o primogênito dos Bach destruiu o trabalho do irmão quando descobriu.

Ao que tudo indica, isso não impediu o compositor de continuar com sua paixão. A segunda mulher do ilustre músico culpava, aliás, esse hábito de força a visão no escuro como o causador de sua cegueira por catarata, na velhice.

Primeiros passos profissionais

E, ao contrário do que muitos imaginam, a família de Bach não era abastada. Com 15 anos, quando terminou seus primeiros estudos, ele se mudou para Luneburg e começou a trabalhar no coro da Ritterakadmie.

Nesse época ele passou a receber um salário razoável. O trabalho, no entanto, não durou muito, pois sua voz estava em transição e logo ele precisou encontrar outra maneira de se sustentar.

Bach em apresentação

Em Hamburgo, para onde se mudou, Bach se tornou músico acompanhante e professor de violino. Nessa época, ele também aprimorou seus estudos com Adam Reincken, um organista bastante famoso ali, que colocou o então adolescente em contato com compositores da França.

O alemão também trabalhou no coro da igreja de São Miguel e foi violinista na corte do príncipe Weimar. Ele também se formou organista nesse período, tendo como mestre Dietrich Buxtehude, de quem se tornou amigo.

Vida afetiva do músico

Sobre a vida pessoal de Bach, ele se casou duas vezes e teve nada menos que 20 filhos. Do primeiro casamento com Maria Barbara Bach, foram sete filhos; do segundo, com Anna Madalena Wilken, foram 13 rebentos.

E sim, mutos dos filhos do ícone se tornaram grandes compositores e músicos, mas nenhum deles se destacou tanto quanto o pai no história da música.

Johann Sebastian Bach, perfil

Legado de Bach

Bach se destacou como um grande compositor, professor, maestro, mas um exímio intérprete de cravo, de teclado e do órgão. Dentre as obras mais famosas do alemão, as de mais sucesso são Concertos do Brandemburgo, Paixão Segundo São Mateus, Tocata e Fuga em Ré Menor e as Cantatas Sacras 80, 140 e 147.

Ele morreu em 28 de julho de 1750, com 65 anos de idade, em Leipzig. Seu funeral foi modesto como modesta foi sua vida, sem grandes pompas ou alardes.

Johann Sebastian Bach, busto

Aliás, sobre a vida de Bach, vale ressaltar que mesmo suas composições tenham chegado a todos os cantos do mundo e ultrapassado os séculos, ele não recebeu a devida atenção em sua época.

Hoje em dia, no entanto, quase três séculos depois de sua morte, ele é considerado um dos maiores gênios da música e um dos maiores compositores da história.

E então, conhecia os detalhes a história desse ilustre personagem histórico? Agora, falando em Bach, esse outro post pode também interessar a você: 10 músicas que estimulavam a criatividade de Steve Jobs.

Fontes: G1, El País, Wikipedia

Imagens: Comunidade de Cultura e Arte, How Stuff Works, Paloma Valeva, Filatelista, WQXR

Próxima página »

Escolhidas para você