Ciência & Tecnologia

Nintendo – História, transformação e principais consoles da empresa

Originalmente, a Nintendo surgiu como uma empresa de fabricação de baralhos, mas se modificou até se tornar a maior empresa de games do mundo

Atualizado em 29/08/2020

Originalmente criada como empresa de cartas, a Nintendo se tornou a maior empresa de videogames do mundo. Com sede no Japão, a empresa é a maior do ramo quando o assunto é lucros, após mais de 130 anos de existência.

Ao longo de décadas, a Nintendo atuou em  ramos diversos, incluindo serviços de táxi e motel, mas falhou em todos. Assim que entrou no ramo dos videogames, então, se entrou uma das maiores empresas da área e do mundo.

Atualmente, a empresa é a mais valiosa do Japão, com valor de mercado de mais de US$ 85 milhões. Além disso, acumula mais de 565 milhões de unidades de hardware e 3,4 bilhões de unidades de software vendidos.

História

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Kotaku

A Nintendo surgiu como Nintendo Koppai, em 23 de setembro de 1889. Na ocasião, o fundador Fusajiro Yamauchi queria produzir baralhos de Hanafuda, uma espécie de jogo de cartas japoneses. Aos poucos, o negócio se expandiu e passou a produzir outras cartas, gerando um contrato de expansão a partir de 1907.

As coisas começaram a mudar em 1929, com a aposentadoria de Fusajiro. O comando da empresa passou para seu genro, Sekiryo Kaneda (Sekiryo Yamauchi, após o casamento), que fez algumas mudanças a partir de 1933. A Nintendo se mudou para um prédio maior e se chamar Yamauchi Nintendo & Co.

As mudanças trouxeram um ritmo de crescimento constante até 1949, quando Sekiryo sofreu um derrame. Para seu lugar, seu neto de apenas 21 anos (Hiroshi Yamauchi) foi convidado.

Hiroshi trouxe um estilo agressivo para os negócios, investindo em novos serviços além das cartas. Por outro lado, não deixou os baralhos de lado e chegou a mudar o nome da empresa para Nintendo Karuta.

Foi só em 1969 que a ousadia do novo presidente levou a empresa para a área de jogos e brinquedos. Já sob o nome Nintendo Company desde 1963, lançou inovações como o braço mecânico Ultra Hand e a linha Kousenjuu, composta por “armas de luz”.

Jogos eletrônicos

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
nintendo life

A partir da década de 70, jogos como Space Invaders e Pong já faziam sucesso em arcades e no Atari. Sendo assim, a Nintendo também decidiu entrar no ramo e fez uma parceria com a Magnavox. A ideia era vender uma versão do console Odyssey, mas as vendas não foram um sucesso.

Mesmo com as baixas vendas, Hiroshi continuou a investir no ramo. A partir dos conselhos de Masayuki Uemura, realizou uma parceria com a Mitsubishi e lançou o Color-TV Game, em 1977. O dispositivo trazia várias adaptações do sucesso Pong.

Entretanto, foi só em 1980 que a empresa finalmente se fixou no mundo dos games. Neste ano, foi lançado o console portátil Game & Watch, criado por Gunpei Yokoi. Além disso, 1980 marca a chegada da Nintendo nos Estados Unidos. Imediatamente, o Game & Watch se tornou um sucesso.

Mais tarde, Gunpei seria responsável por desenvolver, dentre outros, a franquia Metroid.

Shigeru Miyamoto

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Nintendo Blast

Um dos principais nomes na evolução da Nintendo é o de Shigeru Miyamoto. A princípio, ele fora contratado apenas para contribuir com ideias de design no exterior das máquinas de fliperama, mas ajudou a revolucionar o mercado.

Miyamoto foi convidado para atuar na plataforma do jogo Radar Scope e desenvolver algo mais completo. Foi assim, então, que ele desenvolveu o primeiro Donkey Kong. O jogo tinha um conceito simples: resgatar uma moça sequestrada por um gorila. Acredita-se que o jogo tenha sido desenvolvido inspirado nos personagens de Popeye, mas os direitos não foram obtidos e o conceito foi levemente alterado.

A base americana da empresa chegou a desconfiar do potencial do jugo, mas ele foi um sucesso. Dessa maneira, Miyamoto se consagrou e teve espaço para criar outros clássicos da empresa. Ele também é responsável por desenvolver Super Mario Bros e The Legend of Zelda, além de ter participações em séries como como Star Fox, Earthbound, Metroid, Nintendogs e Wii Sports.

Consoles produzidos

Color TV-Game

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
techtudo

O console nasceu em 1977 e tinha variações do clássico Pong. Depois do sucesso inicial, o console ganhou novas versões, incluindo o Color TV-Game Block Kuzushi, com participação de Shigeru Miyamot no desenvolvimento.

Game & Watch

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Game Reactor

O primeiro grande sucesso da Nintendo teve cerca de 60 versões diferentes. Uma vez que cada aparelho trazia um único jogo, era preciso mudar a produção para novos produtos. Além disso, os modelos variavam em diferentes categorias como Silver, Gold, Wide Screen e Multi Screen, que incluía duas telas.

NES (Nintendo Entertainment System)

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

Chamado de Famicon, no Japão, e Nintendinho, no Brasil, o NES foi lançado em 1983. Diferente do Game & Watch, aceitava a inclusão de cartuchos e foi um marco histórico para a empresa. Foi no NES que surgiram, por exemplo, franquias como Metroid, Zelda e, é claro, Super Mario Bros.

Game Boy

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

O console portátil foi pensado por Gunpei Yokoi e também aceitava vários cartuchos, assim como o NES. Além disso, o portátil trazia uma importante inovação: a possibilidade de partidas multiplayer por meio de um cabo especial. Foi a partir da tecnologia que Pokémon popularizou seu sistema de troca de mosntrinhos.

Mais tarde, o Game Boy ganhou versões melhoradas como Game Boy Pocket (mais fino e com mais economia de bateria) e Game Boy Light (com uma tela com iluminação própria).

SNES (Super Nintendo Entertainment System)

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

Como sequência do NES, a Nintendo lançou o SNES, adicionando um Super ao nome. No Japão, o console seguiu a mesma regra e foi chamado de Super Famicom. O Super Nintendo tinha um processador de 16 bits e travou uma disputa de mercado feroz contra o Mega Drive, da Sega. Além disso, o console foi marcado por jogos históricos como Super Mario World e a série Donkey Kong Country.

Virtual Boy

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

Ainda hoje, o Virtual Boy pode ser considerado o maior fracasso da Nintendo. A ideia era apresentar imagens 3D em um óculos especial. No entanto, o console causava dores de cabeça nos jogadores, tinha imagens escuras, poucos jogos e quebrava com facilidade. Apesar de ter sido projetado pelo inovador Gunpei Yokoi, o console não vingou e pode ter sido responsável pela demissão dele, que morreu alguns meses depois em um acidente automobilístico.

Nintendo 64

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

O Nintendo 64 inovou pelo processamento de gráficos 3D, espaço nativo para quatro joysticks e botão analógico. O console também trouxe a sequência de franquias clássicas, mas não foi um sucesso tão grandioso. Ainda que não tenha sido um fracasso, enfrentou dificuldade na competição contra as rivais Sega e Sony, que já não apostavam mais no formato de cartuchos.

Game Boy Color

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Nintendo

O Game Boy Color foi lançado em 1998 e era uma versão melhorada do Game Boy Classic. Além de melhorar o hardware e o som, trazia o diferencial de jogos com cores.

GameCube

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

Diferente dos consoles anteriores, o GameCube passou a investir em mídias de disco, mas apostou num formato de mini-DVD diferenciado. O console também teve muita evolução em capacidade gráfica em relação ao N64. Entretanto, nem mesmo uma versão especial com conexão sem fio foi suficiente para desbancar o PlayStation 2 da liderança do mercado.

Game Boy Advance

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

A linha Game Boy ganhou inovações surpreendentes com o novo portátil com processamento de 32 bits. Isso significa que o o console era duas vezes mais potente que o Super Nintendo, em formato portátil. Uma versão especial, chamada GBA SP, foi lançada com visual dobrável. Além de proteger melhor a tela, ele também tinha melhor iluminação e bateria recarregável. Por outro lado, o SP não contava mais com entrada para fone de ouvidos nativa.

Nintendo DS

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

A evolução do portátil encontrou uma nova revolução no Nintendo DS. Com duas telas (incluindo uma sensível a toque), o console também era dobrável e recarregável, mas ainda mais potente. Contava com conexão Wi-Fi, acesso à internet, processamento semelhante à do N64 e microfone embutido. A versão Lite foi lançada dois anos depois da original, com tela mais nítida e tamanho reduzido. Mais tarde, o DSi incluiu uma caneta mais longa para a utilização tela de toque, duas câmeras e uma tela maior. O DSi, entretanto, não tinha entrada para cartuchos de GBA, como o os outros modelos.

Nintendo Wii

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

O Nintendo Wii também marcou uma importante revolução para a empresa e para os games. Isso porque inseriu o WiiMote, um joystick sem fim sensível a movimento. Por causa disso, foi muito bem recebido no mercado, inclusive por um público que não estava acostumado a consumir games. Além de rodar os jogos de Wii, o console era compatível com jogos anteriores por meio de um serviço online.

Nintendo 3DS

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

O 3DS foi a sequência do DS, com um formato semelhante mas uma importante inovação: o poder de exibição de imagens em 3D. Além disso, a presença e três câmeras e um acelerômetro permitia a interação dos jogos com o ambiente. Assim como os outros portáteis, também ganhou uma versão melhorada: o 3DS XL. A tela do console ficou maior e a bateria teve o rendimento melhorado.

Nintendo Wii U

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
Stuff

O Wii U tentou implementar recursos do DS, como uma segunda tela sensível à toque, na experiência do Wii. Com um hardware mais potente que o antecessor, tinha um GamePad que funcionava como um portátil e funcionava independente de um televisor. Entretanto, dependia do console estar ligado e próximo do jogador.

Nintendo Switch

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
USA Today

A evolução do Wii U foi um console híbrido entre os formatos fixos e portáteis. O Switch pode ser jogado como portátil, com uma tela sensível ao toque acoplada a dois joysticks laterais, mas também como fixo. Nessa variação, tem melhor aproveitamento do hardware e mais autonomia, já que passa a utilizar uma fonte de energia independente de baterias. Outra inovação está na diversidade de controles. O Switch pode ser jogado com controladores encaixados na tela, como Joy-Cons independentes ou conectados a um suporte, como um controle tradicional.

Curiosidades

Nintendo - história, transformação e principais consoles da empresa
engadget
  • Em japonês, Nintendo significa “confie no que vem do céu”;
  • Em 2003, a empresa lançou um console na forma de joystick na China. O iQue Player foi inspirado no N64 e roda jogos do console;
  • Na Coreia do Sul, o NES foi chamado de Hyundai Cowboy, já que o país não permitia a venda de produtos do Japão;
  • A princípio, o Playstation seria um acessório para o SNES, mas Nintendo e Sony entraram em conflito e o produto foi lançado como um console próprio;
  • Um dispositivo de leitura de CDs chegou a ser desenvolvido para o N64, mas ele foi descontinuado e teve poucas unidades vendidas no Japão.

Fontes: Canal Tech, Info Escola, TecMundo, Nintendo Portugal, InfoWester

Imagens: Kotaku, nintendo life, Nintendo Blast, engadget, techtudo, Game Reactor, Nintendo, USA Today, Stuff