Curiosidades

O que é Código Morse? Origem e curiosidades sobre o sistema

Para entender o que é o Código Morse precisa-se conhecer sobre a evolução das telecomunicações e dos mecanismos de comunicação no mundo.

Em primeiro lugar, para entender o que é Código Morse precisa-se conhecer esse sistema de representação. Nesse sentido, representa letras, algarismos e sinais de pontuação através de um sinal codificado com envio intermitente. Ademais, surgiu por meio do trabalho de Samuel Morse, em 1835, também criador do telégrafo elétrico.

Sendo assim, esses sistema permite a transmissão de mensagens diversas a distância, por fio ou via rádio. Sobretudo, utiliza de sons de curta e de longa duração. Dessa maneira, pode acontecer por meio de pulsos elétricos, ondas mecânicas ou ondas eletromagnéticas. Entretanto, cada uma demanda um meio diferente, seja uma rede telegráfica, som ou rádio, respectivamente.

Apesar disso, pode-se enviar mensagens com ferramentas como lâmpadas, ou até mesmo por contato com uma superfície que emita som. Curiosamente, é o único método de comunicação modulada que não necessita do intermédio de um computador para ser captado com compreensão por seres humanos.

No geral, o Código Morse utiliza uma sequência de traço e pontos para representar cada caractere. Ou seja, o tempo de duração de cada traço corresponde ao triplo do tempo de um ponto. Mais ainda, os pontos ou traços surgem com um rápido silêncio, o que representa a duração de um ponto. Por fim conheça mais sobre o que é Código Morse a seguir:

O que é Código Morse? Origem e curiosidades sobre o sistema

Origem do Código Morse

A princípio, o Código Morse surgiu em 1835 por meio do trabalho do físico norte-americano Samuel Morse. Sobretudo, esse sistema tornou-se elementos de testes diversos, o que significa que foram necessários 10 anos para ser implementado. Além disso, uma década foram necessárias para transmissão da primeira mensagem.

Continua após a publicidade

Nesse sentido, a primeira transmissão aconteceu entre Washington e Baltimore, em 1844. No geral, a intenção principal do Código Morse era transmitir números. Logo em seguida, deveria se utilizar um dicionário para encontrar as palavras de acordo com esse número. Contudo, esse processo mostrou-se muito difícil e lento.

Como consequência, ao envolver a representação de letras e caracteres especiais, a ampliação fez com que houvessem mensagens mais completas. Mais ainda, o telégrafo foi o principal instrumento para explorar a comunicação a longa distância, incluindo o que é o Código Morse como ferramenta de comunicação.

Porém, através dessa ferramenta, percebeu-se que poderiam utilizar sons para utilizar o Código Morse. Dessa maneira, passou a estabelecer os pontos em vocalizações como dit e os traços como dah. Apesar disso, criou-se uma diferenciação, em que o som fica encurtado para di quando o ponto não for o elemento final do caractere.

Acima de tudo, o Código Morse entrou para a história por revolucionar as comunicações como um todo. Sendo assim, era um padrão internacional para telecomunicações no mundo inteiro, e permaneceu assim por décadas. Por fim, os avanços tecnológicos fizeram que esse sistema se tornasse arcaico, e utilizado com cada vez menos frequências.

O que é Código Morse? Origem e curiosidades sobre o sistema

Curiosidades sobre o sistema

Primeiramente, o Código Morse era oficialmente o sistema padrão para comunicação marítima até 1999. Contudo, teve substituição pelo Sistema Mundial de Socorro e Segurança Marítima. Apesar disso, a Marinha Francesa utilizou desse sistema até 1997, e sua última mensagem com o código dizia “Chamando todos. Esse é o nosso último grito antes do nosso silêncio eterno”.

Continua após a publicidade

Sobretudo, um dos grandes momentos do Código Morse no mundo aconteceu durante a Segunda Guerra Mundial. Em especial na transmissão de mensagens entre navios de guerra e bases navais. Porém, diferentes países utilizavam desse sistema em seus aviões de guerra, principalmente os patrulheiros.

Basicamente, eles enviavam os comandos e posições de navios, tropas e aeronaves dos inimigos. Ademais, a partir desse momento criou-se o popular sinal de socorro, o SOS. Em resumo, consiste em três pontos, três linhas e três pontos no Código Morse, o que aumentou sua popularidade no mundo até os dias atuais.

Por fim, tem-se um código internacional moderno que formalizou os parâmetros do Código Morse para que seja uma linguagem universal. Curiosamente, utiliza-se até os dias atuais em operações de resgate ou ações secretas dos agentes de segurança em todo mundo.

E aí, aprendeu o que é o Código Morse? Então leia sobre Sangue doce, o que é? Qual a explicação da Ciência

Próxima página »

Escolhidas para você