Curiosidades

Odin, o principal deus da Mitologia Nórdica

Odin é o deus nórdico mais poderoso. Ele é conhecido como o pai de todos e é responsável pelos nove mundos existentes e governante de Asgard.

Odin é um deus nórdico e é nomeado como o pai de todos. Ele aparece como um homem velho, com barbas brancas, e pode alternar sua aparência como um peregrino ou com armas de guerreiro.

De acordo com a mitologia nórdica, ele governa Asgard, e é o deus mais poderoso. Ele vive em uma casa chamada Valaskialf e se senta no seu trono, o Hlidskialf, onde consegue ver os nove mundos.

Odin é casado com Frigga, que representa a cura, a morte, a agricultura, a realeza, a sabedoria, a batalha, a feitiçaria, a poesia e o alfabeto rúnico. Assim como Thor, Odin possui um dia da semana dedicado à ele, nesse caso, quarta-feira.

Na mitologia nórdica, Odin é descrito como um velho andarilho barbudo. No entanto, ele também é várias outras coisas, como:

Continua após a publicidade
  • Um guerreiro feroz
  • Um amante apaixonado
  • Um antigo xamã
  • Um mestre da magia seidr feminina
  • Um patrono dos poetas
  • Um mestre dos mortos

Além disso, Odin adorava guerras, glorificava os heróis e campeões no campo de batalha e descuidadamente desconsiderava o resto. Vamos saber tudo sobre ele neste post!

História de Odin

Pinterest

Odin era filho de Bor, neto de Buri; e Bestla, uma gigante. Além disso, ele também tinha dois irmãos, Vé e Vili, que deram de presente para os humanos dons de fala, emoções, e outros. Assim, eles criaram o mundo na mitologia nórdica.

De forma geral, Odin teria adquirido sabedoria depois de oferecer um de seus olhos para Mimir, o guardião. Com isso, ele pôde, então, beber o líquido do poço mágico e adquirir o conhecimento. A partir de então, ele podia ver tudo que acontecia nos nove mundos mitológicos.

Além disso, após se ferir de propósito, ele se pendurou por nove dias nos galhos da árvore Yggdrasill, ou “árvore da vida e do conhecimento”.

Continua após a publicidade

Depois que esse tempo se passou, ele adquiriu habilidades como: cura, se livrar de qualquer dificuldade, acalmar ventos, ondas e tempestades; fazer guerreiros serem invencíveis e assumir a aparência que desejasse; fosse ela jovem, adulto ou velho.

Outro fato curioso sobre o deus é que ele não comia. Para se manter vivo, portanto, apenas bebia vinho e hidromel.

Família

Odin, o principal deus da Mitologia Nórdica

Odin não era filho único, pois tinha dois irmãos, Ve e Vili. Os escritos dizem que, com a ajuda deles, ele fez o universo logo após destruir o gigante de gelo, Ymir.

Continua após a publicidade

Conquistar territórios não foi a única coisa que fizeram juntos. Odin, com seus irmãos, fez o primeiro homem e mulher. Askr e Embla foram criados a partir de um freixo e um olmo.

Frigga era a esposa de Odin, e junto com ela, ele teve três filhos. Além de Frigga, ele teve um filho com a deusa da terra Jord. O nome dessa criança era Thor. Contudo, Odin estava apaixonado por muitas mulheres e, segundo a história, teve muito mais do que apenas quatro filhos.

Poderes

Odin é capaz de se transformar como Loki, e pode se transformar em um animal ou humano sempre que quiser. Além disso, ele fala principalmente em frases e enigmas, e a voz de Odin é tão suave que todos que o ouvem pensam que tudo o que ele diz é verdade.

Continua após a publicidade

Odin também pode dizer apenas uma única palavra e ele estará soprando as chamas de um incêndio ou atenuando as ondas do mar. Contudo, raramente é ativo em uma batalha, mas quando ele é, ele pode deixar seus inimigos cegos em combate, surdos ou horrorizados. Aliás, ele pode até fazer suas armas baterem como paus, ou tornar seus próprios homens tão fortes quanto um urso e enlouquecer.

O deus supremo do mundo nórdico também pode prever o desaparecimento de todos os humanos, e ver seu passado, ele até sabe que um dia o Ragnarok vai começar e não há nada que ele possa fazer para evitar isso. Odin também tem a capacidade de viajar para terras remotas, em suas memórias ou nas memórias dos outros.

Por fim, ele pode enviar pessoas para a morte ou dar-lhes uma doença. Alguns vikings se sacrificaram a Odin e lhe deram boas promessas, na esperança de saber se poderiam vencer uma batalha ou não.

Símbolos de Odin

Odin, o principal deus da Mitologia Nórdica

Continua após a publicidade

Cavalo Mágico – Sleipnir

Sleipnir é um cavalo cinza de oito patas, aliás, é um animal mágico e o mais bonito de todos os cavalos. Sleipnir é o símbolo do vento e tem as marcas do inferno sobre ele.

Com efeito, ele pode galopar pelo ar com a mesma facilidade que em terra. O cavalo nasceu quando Loki se transformou em uma égua e usou o garanhão do construtor gigante para engravidar. Então, mais tarde o animal foi dado a Odin como um presente de Loki.

Hugin e Munin

Odin tem dois corvos que são uma parte espiritual de si mesmo, eles são chamados, Huginn “pensamento” e Muninn “memória”. Odin os envia todas as manhãs para trazer as últimas notícias de todo o mundo. Eles sempre voltam todas as noites e sussurram para Odin o que ouviram e viram, quando não estão explorando o mundo, sentam-se ao lado de Odin em seu trono em Asgard.

Geri e Freki

Geri “o faminto” e Freki “o ganancioso” são os dois lobos de Odin, Odin sempre lhes dá toda a comida da mesa porque Odin não precisa de comida para viver, vinho é tudo o que ele quer. Quando Odin estiver andando pelas ruas de Asgard, Geri e Freki seguirão Odin.

Continua após a publicidade

Runas e a lança de Odin

Odin tem uma lança mágica chamada Gungnir, esta lança mágica sempre atingirá sua marca e sempre matará. Gungnir foi feita de cinza sagrada de Yggdrasil, e Odin esculpiu suas runas secretas em Gungnir.

Anel mágico de Odin Draupnir

Odin tem um anel mágico de ouro a cada nono dia oito, novos anéis cairão de Draupnir. Os oito novos anéis são da mesma qualidade que Draupnir. O nome Draupnir significa “o gotejador”. Aliás, o anel foi forjado pelos irmãos anões Brokkr e Eitri.

O anel foi um dos três presentes para os deuses, que também incluíam o martelo de Thor, Mjölnir e Gullinbursti. Os anões fizeram esses três presentes em uma aposta com Loki que dizia que Brokkr e Eitri não poderiam fazer presentes melhores do que os três feitos pelos filhos de Ivaldi. No final Mjölnir, o martelo de Thor ganhou a aposta para Brokkr e Eitri.

Mitos populares de Odin

Continua após a publicidade

Odin também é visto como um deus da sabedoria e que vai além da “sabedoria inerente” que os nórdicos encontraram na paixão e no êxtase. Como poeta, xamã e um andarilho velho e experiente, Ele também era muito sábio.

Odin era frequentemente procurado por sábios conselhos de outros deuses, heróis ou seres nas lendas nórdicas, e muitas vezes era ele quem tomava decisões difíceis em situações complicadas.

Contudo, o deus supremo nórdico não era tecnicamente “Um Deus da Sabedoria” – esse título pertencia a Mimir. No entanto, após a morte de Mimir no rescaldo da Guerra Aesir-Vanir, Odin tornou-se o “destinatário” da sabedoria de Mimir. Existem dois mitos diferentes sobre como isso aconteceu:

Cabeça de Mimir

De acordo com um mito, Odin preservou a cabeça de Mimir através de ervas e feitiços mágicos. Isso manteve a cabeça do deus em um estado semi-vivo e permitiu que Odin muitas vezes pedisse sabedoria e conselhos a Mimir.

Continua após a publicidade

Enforcado na Yggdrasil

Em outro mito, Odin se enforcou na árvore do mundo Yggdrasil e se esfaqueou no lado com sua lança Gungnir. Ele fez isso para adquirir conhecimento e sabedoria.

Além disso, ele também sacrificou um de seus olhos para Mimir em troca de uma bebida do Mímisbrunnr, um bem associado a Mimir e que se diz estar localizado abaixo de Yggdrassil.

Ao beber deste poço, Odin foi capaz de obter conhecimento e sabedoria. Os comprimentos que Odin percorre para alcançar a sabedoria demonstra a importância que foi atribuída ao conhecimento e à sabedoria.

Identidades secretas

Então, enquanto Odin não era um deus da sabedoria, ele era reverenciado como um dos deuses mais sábios do panteão nórdico. A sabedoria não era inerente a ele do jeito que era para Mimir, mas Odin estava constantemente buscando sabedoria e conhecimento. Ele costumava assumir identidades secretas e vagar pelo mundo em busca de novas fontes de conhecimento.

Continua após a publicidade

Dom da Poesia

Certa vez, Odin se disfarçou de lavrador e se apresentou ao gigante Suttung como “Bölverkr”, ou seja, Trabalhador do Infortúnio. Ele pegou o Hidromel de Poesia de Suttung e ganhou o dom da poesia dele. Por ser dono do hidromel da poesia, Odin é capaz de conceder o dom da poesia facilmente. Ele também disse para falar apenas em poesia.

Batalha de juízo

Em outra história, Odin entrou em uma “batalha de juízo” com o sábio gigante (ou jötunn) Vaftrudener na tentativa de provar qual dos dois era mais sábio. Eventualmente, Odin enganou Vaftrudener fazendo-lhe uma pergunta que apenas Odin poderia responder, e Vaftrudener admitiu a derrota.

A Morte de Odin

Pinterest

Como a maioria dos outros deuses nórdicos, Odin encontra um fim trágico durante o Ragnarok – o fim dos dias nórdicos. Na grande batalha entre os deuses asgardianos e os heróis caídos de Odin contra os vários gigantes, jötnar e monstros das lendas nórdicas, os deuses estão fadados a perder, mas lutam heroicamente, no entanto.

O destino de Odin durante a grande batalha é ser morto por um dos filhos de Loki – o lobo gigante Fenrir. Odin conhece seu destino de antemão e é por isso que ele acorrentou o lobo e também porque ele reuniu as almas dos maiores heróis nórdicos e germânicos em Valhalla – para tentar evitar esse destino.

Continua após a publicidade

A predestinação não pode ser evitada na mitologia nórdica, e Fenrir consegue se libertar de suas amarras durante o Ragnarok e mata o deus Allfather. O próprio lobo foi morto mais tarde por um dos filhos de Odin – Vidar , um deus da vingança e uma das poucas divindades nórdicas a sobreviver ao Ragnarok.

7 curiosidades sobre Odin

Odin, o principal deus da Mitologia Nórdica

  1. Odin sempre montou um cavalo de aço de oito patas conhecido como Sleipnir;
  2. Primordialmente, Odin era um deus da guerra. Essa é a principal razão pela qual ele muitas vezes desceu à Terra e iniciou a violência.
  3. Odin era um patrono dos vikings porque era ele quem decidia quem venceria as batalhas. Essa é a principal razão pela qual muitos campeões vikings mataram em nome e em honra de Odin.
  4. Muitos nobres, guerreiros e príncipes amavam Odin. Ele era o rei dos deuses.
  5. Muitos dos personagens de JRR Tolkien são baseados em Odin, como por exemplo, Gandalf se parece exatamente com Odin.
  6. Odin também é um personagem fictício da Marvel Comics e do Universo Cinematográfico Marvel.
  7. Muitos lugares ao redor do mundo têm o nome deste deus, como Odensperg na Suécia, Wonston na Inglaterra e o Monte Odin no Canadá são os mais famosos.

Então, gostou da matéria? Confira também: Os 11 maiores deuses da mitologia nórdica e suas origens

Veja histórias de outros deuses que podem interessar:

Continua após a publicidade

Conheça Freya, a deusa mais bela da mitologia nórdica
Hel – Quem é a deusa do reino dos mortos da mitologia nórdica
Forseti, o deus da justiça da mitologia nórdica
Frigga, a deusa-mãe da Mitologia Nórdica
Vidar, um dos deuses mais fortes da mitologia nórdica
Njord, um dos deuses mais reverenciados da mitologia nórdica
Loki, o deus da trapaça na Mitologia Nórdica
Tyr, o deus da guerra e o mais corajoso da mitologia nórdica

Fontes: Toda matéria, Mitologia nórdica

Próxima página »

Escolhidas para você