Para que servem aqueles dois furinhos do All Star, na lateral?

Tem coisas na vida que mesmo se tratando de mero detalhes, e que muitas vezes não interferem em nada em nosso cotidiano, acabam nos tirando o sono. Um bom exemplo disso é a utilidade misteriosa daqueles furinhos do All Star e de outras marcas de tênis na lateral do calçado. Não acha?

Para você, que sempre tentou descobrir sozinho para que serviam aquelas aberturas “perdidas” em seu sapato, que são da mesmo tamanho e espessura dos buraquinhos para a passagem do cadarço, a gente resolve esse mistério hoje. Aliás, quem nos ajuda nisso é Sarah Barlow, em seu canal no YouTube.

Como você vai ver, em um pouco mais de um minuto ela destrói o mistério dos furinhos do All Star que sempre perturbou seu sono e que sempre deixou você pensativo quando usava seu par (ou seus vários pares) de tênis da marca. E, para ajudar você a ir desvendando essa charada, a gente já adianta que esses furinhos têm, mais ou menos, a mesma funcionalidade daquele outro furinho extra, na parte superior, dos tênis de caminhada. Lembra?

2

Aliás, é só falar sobre furinhos polêmicos que os leitores do Segredos do Mundo ficam em alvoroço, não é mesmo? Bons exemplos disso são matérias anteriores, nas quais mostramos para que servem os furinhos no cabo do pirulito e na pia do banheiro.

1

 

A “real” dos furinhos

Mas, voltando ao assunto, os tais furinhos no All Star não são apenas decoração, como muita gente pensa; e servem para uma única coisa: ajudar no ajuste do calçado aos pés. Você podia imaginar isso?

3

Existe uma forma simples, mas engenhosa, de passa o cadarço por esses buraquinhos laterais que mantém o All Star ou outros tipos de tênis mais ajustados ao formado do pé de seus usuários, embora pouca gente os coloquem em uso de verdade. Quer aprender como isso é feito? Então assista ao vídeo abaixo.

Descubra para que servem os furinhos do All Star:

 

E, por falar em coisas que mexem com nossa imaginação, não deixe de conferir ainda: Descubra a utilidade de 12 furinhos polêmicos.

Fonte: Catraca Livre, YouTube, Metrópoles