Mundo Animal

Pernilongos – Ciclo de vida, espécies e curiosidades sobre estes insetos

Onde vivem os pernilongos? O que eles fazem? Com se prevenir das picadas? Tudo isso e várias curiosidades sobre estes desagradáveis insetos.

Por Toni Nascimento

-

Certamente, os pernilongos podem ser considerados um dos animais mais irritantes da natureza. Além das picadas doídas, o seu zumbido no pé do ouvido é uma das coisas mais chatas que existem.

Acima de tudo, os pernilongos são considerados os maiores transmissores de doenças do mundo. Por isso, o Ministério da Saúde faz campanhas para prevenção contra o animal.

Primeiramente, é possível acabar com os locais de proliferação desse animal, como água parada ou acumulo de sujeiras e velharias. Além disso, o uso de repelente também pode ajudar muito.

Acima de tudo, ele é importante para a natureza. Isso porque, para todo recurso na natureza, existe alguém para consumi-lo.

No caso dos pernilongos, portanto, nosso sangue é o recurso natural. Inclusive, por sua vez, eles também servem de comida para outros animais, como aranhas e lagartixas.

Ciclo de vida dos pernilongos

Pernilongos: tudo o que você precisa saber sobre o animal
Folha da Manhã

Primeiramente, os mosquitos possuem 4 fases: ovo, larva, pupa e adulto. Para chegar até a última fase, inclusive, eles levam, aproximadamente, 12 dias. Contudo, para isso, eles precisam de condições especiais como, por exemplo, água parada e sombra.

Aliás, estes ovos possuem por volta de 0,4 mm e cor branca. Após a eclosão, portanto, é iniciada a fase aquática.

Basicamente, a larva se alimenta de matéria orgânica. Então, após 5 dias, ela entra na pupação. Esta fase, inclusive, marca a metamorfose que originará o mosquito adulto e pode durar em torno de 3 dias.

Finalmente, chegamos à fase adulta, que é quando o inseto fica como o conhecemos. Então, o mosquito está pronto para voar e iniciar o seu ciclo de vida novamente, proliferando a sua população.

3 espécies mais comuns de pernilongos no Brasil

1 – Pernilongo

Pernilongos: tudo o que você precisa saber sobre o animal
Insect Bye

Primeiramente, os pernilongos do gênero Culex possuem mais de 300 espécies. Possui hábitos noturnos e além disso se abriga durante o dia em locais úmidos, escuros e protegidos do vento. Além disso, o barulho que ele emite é bem característico e sua picada pode causar ulcerações na pele. Consegue alcançar grandes distâncias, podendo voar até 2,5km em busca de sua vítima.

Os machos se alimentam de frutas e néctar das flores. Em contraste, as fêmeas são hematófagas, se alimentando de sangue.

  • Tamanho: De 3 a 4 mm de comprimento;
  • Cor: marrom;
  • Reino: Animalia;
  • Filo: Arthropoda;
  • Classe:Insecta;
  • Ordem: Diptera;
  • Família: Culicidae;
  • Espécie: Culex Quinquefasciatus

2 – Mosquito da dengue

Pernilongos: tudo o que você precisa saber sobre o animal
Wikipédia

Primeiramente, o Aedes aegypti, famoso mosquito da dengue, é o principal transmissor da dengue. Apesar disso, só transmite a doença se estiver contaminado.

Além disso, eles possuem hábitos diurnos, mas podem ser observados também durante à noite. Ele também é vetor das seguintes doenças: zika, chikungunya e febre amarela. Sua população é aumentada na primavera e verão, por causa da chuva e calor intensos.

  • Tamanho: De 5 a 7 mm
  • Cor: preto com listras brancas
  • Reino: Animalia
  • Filo: Arthropoda
  • Classe: Insecta
  • Ordem: Diptera
  • Família: Culicinae
  • Espécie: Aedes Aegypti

3 – Mosquito-prego

Pernilongos: tudo o que você precisa saber sobre o animal
Wikipédia

Finalmente o mosquito-prego. Primeiramente, o gênero Anopheles possui cerca de 400 espécies de mosquitos. Além disso, ele são vetores do protozoário Plasmodium, causador da malária, doença que causa a morte de 1 milhão de pessoas no mundo todo.

  • Tamanho: Entre 6 a 15mm
  • Cor: parda
  • Reino: Animalia
  • Filo: Arthropoda
  • Classe: Insecta
  • Ordem: Diptera
  • Família: Culicidae
  • Gênero: Anopheles

15 curiosidades sobre os pernilongos

Evil World War Ii GIF by US National Archives

1 – A fêmea pica o ser humano para alimentar os até 200 ovos por ninhada que ela produz após a cópula.

2 – O macho pode viver, certamente, por até 3 meses.

3 – Acima de tudo, um pernilongo fêmea carregam ovos por aí até que eles estejam prontos. Consequentemente, ela suporta ate três vezes o peso do seu corpo.

4 – O pernilongo pode sugar o nosso sangue por mais de dez minutos sem parar.

5 – Seriam necessárias 1,12 milhão de picadas de pernilongo para tirar todo sangue de um humano adulto.

Mosquito GIF

6 – Eles costumam rodear as nossas cabeças porque são atraídos pelo CO2 produzido pela gente na respiração.

7 – Acima de tudo, eles são atraídos pelo nosso cheirinho a até 36 metros de distância.

8 –  Eles também se alimentam do sangue de outros mamíferos, aves e até anfíbios.

9 – Eles também parecem gostar de picar mais quem bebe cerveja.

10 – Eles também adoram grávidas e quem veste roupas escuras.

Mosquito GIF

11 – O zunido que escutamos é causado pelo bater das asas que pode chegar a frequência mil vezes por minuto.

12 – O que causa coceira na picada do pernilongo são as substâncias anticoagulantes e anestésicas que ele injeta durante a picada.

13 – Em contraste, a coceira e o inchaço ficam por conta do nosso sistema imunológico que identifica essas substâncias como um corpos estranhos.

14 – Dos 18º aos 16ºC, eles hibernam, e abaixo dos 15º, eles morrem.

15 – Elas morrem em temperaturas acima dos 42ºC.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Picadas de insetos que você precisa aprender a diferenciar com urgência

Fonte: Encontro Termitek G1 BuzzFeed

Imagem de destaque: Goyaz

Próxima página »

Escolhidas para você