Curiosidades

Quais países que não comemoram Ano-Novo?

Fogos de artifício, brindes e rituais fazem parte das tradições do "Ano-Novo" em todo o mundo, exceto nos países que não o celebram nessa data.

O Ano-Novo é a celebração mais antiga de todos os feriados e se tornou um costume muito importante em diversas culturas. O objetivo desta celebração é comemorar o ano seguinte, sendo preparada com a noite de 31 de dezembro com nossos familiares e amigos para receber o dia 1º de janeiro.

No entanto, apesar de a celebração do Ano Novo ser a mais representativa para o mundo, existem países que regem seus próprios costumes e não seguem o calendário que costumamos seguir. Veja os países que não comemoram ano novo a seguir.

7 Países que não comemoram Ano-Novo em 1º de janeiro

A meia-noite do dia 31 de dezembro não significa o mesmo para todos, e portanto não é cheio de saudações, cabalas e festas, tomando assim o dia 1º de janeiro como um dia normal. Esses tipos de comemorações mudam de data nos países abaixo:

1. China

O populoso país celebra o Ano-Novo na Festa da Primavera e a data é escolhida de acordo com o calendário lunissolar. Isso significa que os habitantes da China dão as boas-vindas ao ano novo no primeiro dia do mês lunar e termina no dia 15 deste. Além disso, neste mesmo dia é comemorado o Festival das Lanternas.

Continua após a publicidade

Isso significa que as comemorações do Ano Novo Chinês ou Ano Novo Lunar duram 15 dias e começarão em 1º de fevereiro do ano seguinte, um mês depois do que na maior parte do mundo. Ademais, a celebração do Ano Novo Chinês está sempre ligada ao zodíaco e cada ano tem um animal e um elemento como símbolo.

2. Arábia Saudita

Ao contrário da China, neste país o Ano Novo não ocorre no dia 1º de janeiro por motivos políticos. Lá, o governo proibiu qualquer tipo de comemoração que tenha como motivo as festas de final de ano. Aliás, isso vale tanto para residentes quanto para turistas. Desse modo, qualquer tipo de objeto relacionado com as festas de fim de ano, bem como a fixação de multas.

3. Índia

Outro dos países que não comemoram o Ano Novo é a Índia. No caso da Índia deve-se também a razões culturais, pois este país acolhe uma diversidade de etnias que têm festividades distintas. Dentre todos eles, o Diwali ou Festival das Luzes é o que mais se destaca, pois comemora o triunfo de Rama contra o demônio Ravana.

Assim, sua data habitual de celebração é entre outubro e novembro e tem a duração de cinco dias e rege-se pelo calendário lunar hindu.

Continua após a publicidade

4. Irã

No Irã, as festividades do Ano Novo se chamam Nowruz ou New Day e se comemoram no primeiro dia da primavera, também conhecido como equinócio.

Em suma, Nowruz tem sua origem na cultura persa, razão pela qual outros países que foram governados por eles também seguem seu calendário e comemoram esta data.

5. Israel

Em Israel, as comemorações do Ano Novo acontecem entre setembro e outubro. Segundo a cultura judaica, essas datas coincidem com o mês em que Deus criou o mundo e são regidas a partir do mês hebraico de Tishrei.

Aliás, os judeus conhecem este tempo como Rosh Hashaná, dura 10 dias que são conhecidos como Dias de Reflexão que terminam com Yom Kippur ou Dia da Expiação.

Continua após a publicidade

6. Sri Lanka

Na antiga ilha do Ceilão (atual República do Sri Lanka, no Oceano Índico), a astrologia cingalesa indica que o Ano Novo será em 13 ou 14 de abril, quando o Sol passar de Menna Rashiya (Peixes) para Mesha Rashiya (Áries).

7. Coreias do Norte e do Sul

Por fim, também a tradição coreana tem por base o calendário lunar. Neste país do Nordeste Asiático dividido em dois, as comemorações podem durar até três dias ininterruptos, como forma de agradecer o ciclo de 365 dias que acaba de chegar ao fim.

Fontes: Mega Curioso, Acesse política

Leia também:

Continua após a publicidade

Próxima página »

Escolhidas para você