Ciência & Tecnologia

O ovo ou a galinha? O que veio primeiro?

Por muito tempo, a dúvida de quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha, assolou a humanidade. A ciência parece ter resolvido o mistério.

Por P.H Mota

O ovo veio antes que a galinha. E assim terminamos um dos mais populares mistérios da natureza. Se a gente considerar que nem só as galinhas botam ovo, fica óbvio que o ovo realmente veio antes do que o animal.

Mas e se a gente estiver considerando apenas o ovo da própria galinha? Mesmo assim a resposta se repete, o ovo veio primeiro que a galinha, porque para que chegássemos à espécie atual desse animal, houve uma seleção artificial, fazendo com que os cruzamentos dessem origem ao primeiro indivíduo da espécie e, obviamente, ele saiu de dentro de um ovo.

Para saber mais sobre isso, não deixe de ler as demais explicações na nossa matéria.

Afinal, quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?

Conforme já apresentado na introdução, o ovo veio antes que a galinha. Tanto se considerarmos o ovo como um conceito geral, já que antes de as galinhas existirem já havia muitos outros animais que botavam ovo, como se levarmos em conta apenas o ovo da espécie.

Para a primeira explicação, é importante considerar que as aves como um todo são descendentes de répteis, animais que também botam ovos, nesse sentido, fica óbvio que os ovos surgiram antes das galinhas. Inclusive bem antes!

Mas e se estivermos falando do caso específico dos ovos de galinha? Como fica? A resposta é a mesma, mas a explicação requer um pouco mais de detalhes.

Continua após a publicidade

É importante ressaltar que as galinhas como conhecemos hoje em dia são animais domésticos, no entanto, seus ancestrais selvagens tinham muito menos carne e eram bem mais agressivos. Há mais ou menos uns 10 mil anos, a história desses animais se iniciou com os humanos da pré-história.

O mais curioso dessa criação é a forma como nossos ancestrais selecionavam os pintinhos mais gordinhos e mais calmos para que cruzassem entre si. Esse processo de seleção artificial deu origem a uma nova espécie.

Em suma, se a gente acompanhar esse raciocínio, a gente pode constatar que, em um dia, uma galinha já selecionada botou um ovo em que o pintinho era mais dócil que a mãe, logo, o ovo veio antes do primeiro indivíduo que consideramos hoje como galinha.

Teorias modernas

As mutações evolutivas são responsáveis por gerar as novas espécies. Ou seja, se uma criatura anterior às galinhas se cruza com outra da mesma espécie e as mutações geram a galinha como conhecemos, o ovo é da espécie antiga, ou da nova?

Segundo o especialista em filosofia da ciência do King’s College de Londres, na Inglaterra, David Papineau, é da nova. “Mesmo que o pássaro que deu origem ao ovo de galinha não fosse uma galinha, o correto é dizer que o ovo veio primeiro. Se um canguru botasse um ovo e dele saísse um avestruz, o ovo seria de avestruz, não de canguru.”

O problema, porém, é que as mutações acontecem ao longo de vários anos, e não de uma vez só. Acreditar na transformação repentina seria como afirmar que um dia uma loba deu luz à um cachorro doméstico, como conhecemos hoje. Ainda que os cães sejam descendentes dos lobos, a evolução se deu por um lento processo.

Continua após a publicidade

Leia também:

Fontes: Uol, Super Interessante, Terra, Vix

Próxima página »

Escolhidas para você