Curiosidades

15 Remédios Caseiros Contra Piolho

Experimente esses remédios caseiros simples, mas eficazes, para manter o cabelo e o couro cabeludo livres de infestações de piolhos.

Os piolhos são um problema comum que geralmente afeta crianças em idade escolar e suas famílias. Eles podem se prender ao cabelo da cabeça de qualquer pessoa. Não importa se o cabelo está limpo ou sujo.

Embora os piolhos possam ser um incômodo, eles não causam doenças graves ou carregam nenhuma doença. Além disso, os piolhos podem ser tratados em casa com diferentes receitas e remédios caseiros, conforme você verá nesta lista.

15 remédios caseiros para piolhos

1. Vinagre de maçã

Em primeiro lugar temos o vinagre que conta com diversos componentes do ácido acético, que age dissolvendo a proteção que as lêndeas usam para se prender aos fios de cabelo e ao couro cabeludo.

Ingredientes:

Continua após a publicidade
  • 1 copo de vinagre
  • 1 copo de água morna

Modo de preparo:

Para usá-lo, basta diluir um copo de vinagre em copo de água morna. Posteriormente, molhe o couro cabeludo com a receita, coloque uma touca plástica e deixe agir por 30 minutos.

2. Óleo de eucalipto

Em segundo lugar, você pode usar o óleo de eucalipto. Dessa maneira, por agir como antisséptico e adstringente de feridas, o óleo de eucalipto pode ser usado para acalmar a irritação no couro cabeludo causada pelo piolho.

3. Azeite de oliva

O azeite de oliva tem uma ação muito interessante na batalha contra o piolho: ele o mata por asfixia. Em resumo, as propriedades desse óleo impede que o oxigênio chegue até os piolhos e lêndeas, que morrem aos poucos.

Continua após a publicidade

Para utilizá-lo, basta besuntar todo couro cabeludo com o óleo, de forma a criar uma camada generosa; e deixá-lo agindo por um tempo. Aliás, o bônus dessa receita é que você acaba hidratando os fios também.

4. Óleo de árvore de chá

Esse óleo conta com propriedades antibacterianas, antifúngicas, bem como antivirais e, claro, antissépticas. Por isso, é ideal quando a intenção é acabar com a infestação de piolho e com a irritação que ela causa no couro cabeludo.

5. Chá de salsa

Além de ser um tempero muito requisitado na cozinha, a salsa conta com excelentes propriedades medicinais. Com efeito, no caso de uma infestação de piolho, o betacaroteno, abundante em sua composição; auxilia na cura do couro cabeludo e permite que as feridas se fecham mais rapidamente, bem como mantém o equilíbrio do pH da fina pele da cabeça.

Ingredientes:

Continua após a publicidade
  • 4 colheres de (sopa) de salsa
  • 500 ml de água

Modo de preparo:

Para fazer o chá você só precisa ferver a água e, depois de desligar o fogo, deixar uma boa quantidade de salsa em infusão. Assim que estiver frio, aplique o chá no couro cabeludo e deixe agindo por uns 40 minutos.

6. Óleo de lavanda

Dentre as demais propriedades medicinais da lavanda, o odor é o principal “ingrediente” na luta contra a infestação de piolhos. O óleo de lavanda, então, acaba agindo como repelente natural contra os insetos. Assim, ele também pode ser usado na prevenção, caso alguém de seu convívio já esteja com piolho.

7. Chá de arruda

Lavar os cabelos com o chá de arruda é eficiente contra os piolhos, mas é ainda mais eficiente contra seus ovos, as chamadas lêndeas.

Continua após a publicidade

Ingredientes:

  • 1 punhado de arruda fresca;
  • 1 litro de água

Modo de preparo:

Basta ferver a arruda na água e depois disso manter tampado, em infusão por 30 minutos. Depois de esfriar, você só precisa coar o chá e aplicá-lo no couro cabeludo usando uma gaze embebida ou chumaço de algodão. Portanto, deixe agir por 30 minutos e depois passe um pente fino no cabelo.

8. Spray de citronela

A citronela, como você já viu aqui, é um repelente natural de primeira. Por causa de seu aroma, ela também é excelente contra piolhos e pode ser usada em forma de spray caseiro.

Continua após a publicidade

Ingredientes:

  • 150 ml de glicerina líquida
  • 150 ml de tintura de citronela
  • 350 ml de álcool
  • 350 ml de água

Modo de preparo:

Coloque todos os ingredientes em um recipiente e misture. Use o spray diariamente e aplique na raiz e nas pontas, deixando atuar por alguns minutos e, em seguida, passe o pente fino eliminando os piolhos e as lêndeas. Posteriormente, lave o cabelo com os produtos habituais.

9. Álcool canforado

Borrifar álcool canforado no couro cabeludo também é um ótimo remédio natural contra o piolho. Mas, se a cabeça estiver ferida, melhor usar as receitas caseiras listas anteriormente, já que o álcool pode causar ardência.

Continua após a publicidade

10. Pente fino

Seja daquele baratinho da farmácia, seja o de metal ou o eletrônico, o pente fino é essencial na batalha contra o piolho. Aliás, cada um desses procedimentos naturais dessa lista devem ser finalizados com o pente fino para retirar as lêndeas e os piolhos mortos, que se soltam do couro cabeludo.

No caso do pente fino eletrônico, você ainda tem a vantagem de poder usá-lo no cabelo seco. Ademais, ele emite um som contínuo enquanto está ligado e um som mais intenso e mais alto ao encontrar um piolho.

Como resultado, o pente fino eletrônico emite uma frequência de ultrassons, não percebido pelas pela pessoa que está usando, mas que é muito eficiente para eliminar o piolho.

11. Alho

Os piolhos odeiam alho, então essa receita com limão e alho abaixo é algo com que você pode matá-los!

Continua após a publicidade

Ingredientes:

  • 8 a 10 dentes de alho
  • Suco de 1 limão

Modo de preparo:

Basta adicionar 8-10 dentes de alho ao suco de limão moendo-os até formar uma pasta. Em seguida, misture-os e aplique a solução no couro cabeludo.

Por fim, deixe agir por 30 minutos, após o qual você pode enxaguar o couro cabeludo com água morna. Vale lembrar, que o alho é famoso por seus inúmeros benefícios, e não só relacionados ao tratamento de piolhos!

Continua após a publicidade

12. Vaselina

Esta é uma das curiosas utilidades da vaselina. Em suma, ela impede que os piolhos se espalhem pelo caminho e atua como um impedimento. Aplique uma camada espessa de vaselina no couro cabeludo e pressione-a no lugar com uma toalha ou touca de banho antes de ir para a cama à noite.

Então, quando acordar de manhã, use óleo de bebê e um pente fino para tirar as lêndeas e remover os piolhos mortos.

13. Maionese

A maionese também pode ser útil para o tratamento de piolhos pois ela os sufoca até a morte. Então, aplique bem a maionese no couro cabeludo e deixe-a durante toda a noite.

Aliás, você também pode usar uma touca de banho para manter a maionese no lugar. Lave na manhã seguinte e remova com um pente fino os piolhos mortos e as lêndeas.

Continua após a publicidade

14. Óleo de coco

Primeiramente, pegue um pouco de óleo de coco e aplique generosamente no couro cabeludo. Em segundo lugar, coloque uma touca de banho por duas horas e use um pente para lêndeas em seguida para remover os piolhos mortos.

15. Bicarbonato de Sódio

Por fim, você pode conter uma infestação de piolhos interrompendo seus sistemas respiratórios com uma mistura de 1 parte de bicarbonato de sódio e 3 partes de condicionador de cabelo. Aplique a mistura no cabelo e penteie-o depois de dividi-lo em mechas.

Posteriormente, use um pano macio para limpar o pente e remova as lêndeas e os piolhos adultos. Após isso, enxágue com um shampoo para tratamento de piolhos quando terminar e certifique-se de repetir algumas vezes até remover completamente os insetos.

E então, você já pegou piolho ou conhece quem tenha sofrido com esse tipo de infestação? Conhece outras receitas naturais que possam ser usadas contra essa praga? Não deixe de comentar!

Continua após a publicidade

Agora, falando em cuidados com a higiene pessoal, você precisa conferir ainda: 15 remédios caseiros que funcionam contra vermes intestinais

Fonte: Pílula Verde, Tua Saúde, Melhor com Saúde. Fiocruz, MSD Manuals

Bibliografia:

BORROR, Donald J. & Delong, Dwight M., Introdução ao Estudo dos Insetos, Editora Edgard Blücher Ltda –São Paulo, SP. 1969, 653 páginas.

Continua após a publicidade

VERONESI, Ricardo & Focaccia, Roberto, Tratado de Infectologia, 2º ed. Editora Atheneu – São Paulo, SP, 2004. Volume 2, 1765 páginas.

REY, Luis. Parasitologia – Parasitos e doenças Parasitárias do homem nas Américas e na África, 2º ed. Editora Guanabara Koogan , 1991 – Rio de Janeiro, RJ. 731 páginas.

SAMPAIO, Sebastião de Almeida Prado & Rivitti, Evandro A., Dermatologia 1ª ed., 1998. Editora Artes Médicas – São Paulo, SP. 1155 páginas.

BURGESS, Ian F.; BRUNTON, Elizabeth R.; BURGESS, Nazma A. Clinical trial showing superiority of a coconut and anise spray over permethrin 0.43% lotion for head louse infestation. Eur J Pediatr. 2010 Jan;169(1):55-62. . Vol.169, n.1. 55-62, 2010

Continua após a publicidade

EISENHOWER, Christine; FARRINGTON, Elizabeth A. Advancements in the treatment of head lice in pediatrics. J Pediatr Health Care. Vol.26, n.6. 451-461, 2012

Próxima página »

Escolhidas para você