Curiosidades

Sentir raiva – Causas, tipos de raiva e como controlar

Sentir raiva é comum, uma vez que o sentimento de raiva é algo universal. Mas controlar esse impulso pode ser tarefa árdua.

Sentir raiva pode ser normal, mas você sabe o que isso significa e como controlar? O Dicionário Michaellis define raiva como estado ou sentimento de rancor causado por fúria, irritação, aborrecimento ou rejeição.

Esse significado pode ser universal, porém, o(s) motivo(s) que leva uma pessoa a sentir raiva é diferente para cada indivíduo. Isto é, nem sempre aquilo que desperta raiva em algumas pessoas irá fazer o mesmo com outras. Entretanto, há alguns gatilhos comuns para a raiva, entre eles estão:

  • Frustração
  • Dor
  • Intimidação
  • Injustiça
  • Estresse
  • Críticas
  • Ameaças

Qual é a diferença entre raiva e agressão?

sentir raiva e fúria
Fonte: Freepik

Inicialmente, a raiva e a agressão não são a mesma coisa. Em outras palavras, a primeira está mais relacionada ao sentimento, à emoção, enquanto a violência é um comportamento. Nem sempre sentir raiva é sinônimo de agressão e vice-versa.

A agressão pode ser um desdobramento do sentimento de raiva. Além disso, a fúria descontrolada pode gerar outras consequências negativas como a confusão mental. Isso significa que o excesso de fúria pode prejudicar nossa capacidade de pensar com clareza e tomar boas decisões.

Continua após a publicidade

Aqui também vale lembrar que é preciso externar a fúria de uma maneira saudável, e que não seja partindo para a agressão, por exemplo. Neste sentido, especialistas afirmam que guardar o sentimento de raiva pode gerar um quadro de rancor e tristeza, que em último caso pode se tornar uma doença como a depressão.

Principais tipos de raiva

mulher com fúria
Fonte: Freepik

Aborrecimento

Esse tipo acontece quando as pessoas não querem admitir que estão com raiva para evitar o confronto. A pessoa fica em silêncio e emburrada enquanto finge que está tudo bem.

Agressiva

Esse tipo acontece quando a pessoa “parte para o ataque”, por meio da agressão física ou verbal e que pode causar danos a si mesmo ou a terceiros. Além disso, essa raiva vem da grande necessidade de estar no controle.

Assertiva ou justificável

É a maneira saudável de responder e lidar com a raiva de maneira controlada e confiante. Geralmente usada para responder a questões maiores e mais complexas como relacionamentos tóxicos e injustiças sociais.

Continua após a publicidade

Como controlar o sentimento de raiva?

Sentir raiva de forma excessiva apresenta alguns riscos à saúde. Um estudo descobriu que as pessoas que ficam com raiva frequentemente têm maior possibilidade de sofrer uma parada cardíaca, por exemplo. A pesquisa também destacou que existe uma ligação entre raiva e morte súbita. Por conseguinte, outros estudos descobriram que sentir raiva frequentemente pode estar ligado à ansiedade e à depressão. Desse modo, está evidente que é preciso ter um controle sobre a raiva, e alguma medidas que podem ser tomadas são:

1. Reconheça como e quando a raiva começa

raiva e fúria
Fonte: Freepik

Primeiramente, experimente perceber quando ficar com raiva, que sua frequência cardíaca aumenta e você respira mais rápido. É o princípio da ação e reação, lutar ou fugir que começa a tomar conta do seu corpo. Por isso, fique atento e já comece a controlar logo cedo e a partir desses sinais.

2. Use o tempo a seu favor

controle da irritação e estresse
Fonte: Freepik

Em segundo lugar, antes de reagir aos impulsos provocados pela fúria, conte até 10. Isso mesmo, certamente isso irá diminuir o sentimento de raiva. Pode parecer uma dica inútil, mas provavelmente esse tempo pode ajudá-lo a buscar a melhor forma de reagir aos impulsos.

3. Trabalhe a sua respiração

sentimento de raiva
Fonte: Freepik

Sobretudo, respire com calma! A respiração controlada pode ajudar a combater a fúria e permitir que você pense com clareza sobre a situação. Sentir raiva é normal, mas acima de tudo, é preciso se acalmar.

Continua após a publicidade

4. Pense sobre as causas

Fonte: Unsplash

Essa é uma estratégia que pode estimular a mente a desenvolver técnicas para você lidar com a fúria da melhor forma possível.

5. Relaxe praticando atividade física ou esportes

controle do estresse
Fonte: Freepik

A liberação de substâncias químicas como dopamina e serotonina podem melhorar seu estado de espírito e torná-lo menos propenso à fúria. Caminhada, yoga e pilates por exemplo, podem ajudar a combater o estresse e a frustração.

6. Coloque a fúria para fora

controle da raiva
Fonte: Freepik

7. Cante sua música favorita

Fonte: Freepik

Pode parecer estranho, mas cantar é na verdade uma maneira bastante eficaz de reduzir uma grande quantidade de estresse. Por isso, aumente o volume e mande embora o sentimento de raiva.

8. Faça uma tarefa doméstica

Fonte: Freepik

Já ouviu a expressão que ‘faxina é terapêutica’? Na verdade, fazer tarefas domésticas pode realmente acalmar os anos e propiciar um estado de paz de espírito.

Continua após a publicidade

9. Fique próximo a uma planta

Fonte: Freepik

Ficar perto de uma planta por cerca de 10 minutos ajudará a encher seu cérebro de oxigênio, o que fará você pensar com mais clareza, sendo mais fácil livrar-se do sentimento de raiva. Provavelmente você irá ficar mais calmo.

10. Dê ou receba um abraço

abraço pode ser um controle da raiva
Fonte: Freepik

Por fim, algo tão simples como um abraço, pode facilmente fazer alguém deixar de sentir raiva. Para explicar, o abraço aumenta os níveis de oxitocina, que é um neurotransmissor que facilita estresse e aborrecimento. Isso o deixará mais feliz e contente em qualquer situação.

Quando sentir raiva pode ser boa?

Sentir raiva às vezes é bom e justo. Podemos ficar chateados ao assistir a um filme ou peça em que um personagem sofre de forma inadequada. Então, quando o bem triunfa sobre o mal, a raiva é substituída por um sentimento de satisfação. Certamente os dramaturgos sabem disso há eras.

Na mesma linha, a raiva fornece um certo gosto pela vida e faz parte da nossa história biológica. Faz parte da reação de luta ou fuga. Além disso, ela pode ser uma resposta apropriada à injustiça, sendo por vezes, o motor de lutas dos movimentos sociais.

Continua após a publicidade

A raiva também pode levar a melhores resultados nas negociações comerciais, bem como a uma maior motivação para corrigir os erros que vemos na sociedade.

Então, lembre-se de manter a calma! Enfim, se você curtiu esse artigo sobre sentir raiva, já clique neste aqui: Criatividade – De onde vem, tipos e como ser uma pessoa mais criativa

Fontes: BBC, Terra, Uol

Fotos: Freepik

Continua após a publicidade
Próxima página »

Escolhidas para você