Notícias

Taxa de natalidade da China tem queda histórica pelo 5º ano consecutivo

A taxa de natalidade da China sofreu outra queda pelo quinto ano consecutivo. Sendo assim, atingiu um patamar histórico no último ano.

A taxa de natalidade da China sofreu outra queda pelo quinto ano consecutivo. Sendo assim, atingiu um patamar histórico no último ano. Vale lembrar que antes de 2015, o governo tinha uma lei que cada família poderia ter apenas um filho. No entanto, a política ficou menos severa após a liberação de ter até 3 filhos.

A decisão segue até os dias atuais. Portanto, foi uma tentativa do governo de fazer com que os casais tenham mais filhos devido à crise demográfica que está por vir. Em 2021, o País mais populoso do mundo contabilizou 10,62 milhões de nascimentos. Ou seja, a taxa de natalidade da China mais baixa desde a sua fundação comunista em 1949.

Contudo, a quantidade de nascimentos ainda é o bastante para superar as mortes que acontecem no País. Além disso, a taxa de crescimento natural caiu para 0,034%. Por isso, também é considerada a menor desde a grande fome na China de 1959 a 1961. Nessa época, dezenas de milhões de pessoas morreram e houve um declínio populacional.

C0mparação anual da taxa de natalidade da China

Taxa de natalidade da China tem queda histórica pelo 5º ano consecutivo

Em comparação a 2020, 2021 teve uma queda de 11,6% na taxa de natalidade da China. No entanto, em se compararmos com 2019, o percentual foi ainda maior. Os nascimentos no País diminuíram 18%. De acordo com os demógrafos chineses, se continuar neste ritmo a população da China pode reduzir de maneira significativa e rapidamente. 

Razões para a redução de nascimentos

Taxa de natalidade da China tem queda histórica pelo 5º ano consecutivo

Continua após a publicidade

Segundo o chefe do Escritório Nacional de Estatísticas, Ning Jizhe, existem vários fatores para a redução na taxa de natalidade da China. Alguns deles seriam, por exemplo, atrasos de casamento por jovens, declínio contínuo na fertilidade e diminuição no número de mulheres em idade fértil. 

A profissional explica também que a pandemia do novo coronavírus também auxiliou para desencontros de pessoas, o que causaria menos chances de gravidez. 

Leia também sobre Turistas estrangeiros tem que pagar taxa de R$50 para entrar na Tailândia!

Próxima página »

Escolhidas para você