Existe até 10 vespas mortas em cada figo que você come!

O figo é um dos frutos mais bonitos que existem na natureza e, além de render receitas maravilhosas, ainda há quem diga que ele, e não maçã, era o fruto proibido citado na Bíblia. Mas, religiosidades à parte, o figo é muito mais complexo que você jamais imaginaria e, na matéria de hoje, você vai entender porque por meio de duas notícias não muito legais, ou no mínimo surpreendentes, sobre esta obra de arte da natureza.

A primeira delas é que o figo não é uma fruta! Ele se trata de uma flor que, de forma resumida, se trata de uma flor invertida, que floresce internamente, e depois de madura dá origem a nosso pseudofruto.

Essa notícia, embora não seja nada chocante ou desagradável, leva ao segundo fato sobre os figos e é o que mais vai surpreender nesta matéria. E, se o negócio todo é chocante, vamos por partes, para ninguém levar um susto.

2

Polinização do figo

Todo mundo sabe que para que as flores e frutos continuem existindo é preciso que alguns insetos e outros bichos façam a polinização, correto? No caso do figo, no entanto, acesso ao pólen é complicado, já que está na parte interna da fruta, ou melhor, da flor. Logo, somente uma espécie é capaz de cumprir essa missão e dar continuidade aos frutos e sementes das figueiras: a vespa do figo.

5

A parte nada agradável de se descobrir sobre o assunto é que as vespas precisam entrar no fruto, tanto para polinizar, quando para se reproduzir, porque é dentro dos figos que elas têm suas larvas e as alimentam. Então, sim, o figo é um berçário de vespas.

6

Mas a pior parte ainda está por vir: a vespa mãe, que entra para ter acesso ao pólen e para procriar, nunca mais consegue sair de dentro do figo. A passagem que ela usa para a polpa é tão estreita que suas asas e antenas são arrancadas. Logo, a vespa fica dentro do figo para sempre.

Vespas machos

No entanto, isto não é tudo. Neste ponto da história é precisa acrescentar ainda que, em cada figo que você come, existe pelo menos 10 corpinhos de vespas mortas. Interessante, não?

E isso é possível porque não é só a vespa mãe que permanece ali dentro para sempre. Somente as fêmeas de cada ninhada saem do figo para continuar o ciclo e carregar o pólen.

4

Os machos, por outro lado, nascem sem asas e têm o trabalho de ir abrindo túneis para as vespas fêmeas. Quando terminam esta missão e fecundam suas “irmãzinhas”, eles também morrem dentro do figo.

Mutualismo

Claro que o processo todo pode parecer bem cruel, mas é um perfeito plano da natureza. Nem as figueiras conseguiriam completar o ciclo da vida sem as vespas do figo, nem estes pequenos insetos seriam capazes de se reproduzir sem a ajuda dos figos. Essa correlação natural, aliás, é conhecida pela Ciência como mutualismo.

Plate of sliced figs

A coisa toda só não tem um desfecho “feliz”, segundo o ciclo natural das coisas, se uma vespa desavisada entra em uma flor feminina do figo (sim, os figos têm flores masculinas, onde todo o processo descrito acontece, e femininas). Nesse caso, a vespa apenas poliniza o figo, mas não consegue colocar seus ovos.

Vai um figo aí?

A parte ruim de descobrir todas essas nojeirinhas é que você toma consciência do problema que é comer um figo. Porém, se servir de consolo, você não consome os corpinhos das vespas aprisionadas ali dentro, já que o próprio pseudofruto conta com a ficina, uma enzima que “digere” os insetos mortos e os transforma em uma porção extra de proteína para a flor.

3

E, frente a tudo isso que você acabou de ficar sabendo, a notícia boa é: os pedacinhos crocantes de um figo maduro e suculento são realmente sementes, não vespas. Isso é um consolo, não acha?

Agora, se você não consegue lidar com esse passado dos figos, calma que você não precisa abdicar completamente dessas iguarias da natureza. Hoje em dia já existem figos autogâmicos, normalmente plantados em pequenas propriedades rurais, e que não precisam das vespas e de todo esse processo nojento, mas natural, para seu desenvolvimento.

1

E se você se convenceu de que os figos são os alimentos mais nojentos que você já comeu na vida, acredite, você vai mudar de ideia depois de ler esta outra matéria: Você NÃO vai querer ver como as gomas de gelatina são feitas!

Fontes: Huffpost Brasil, Mega Curioso