10 histórias bizarras com o Pokémon Go que já rolaram por ai

Então você acha que Pokémon Go é só um jogo e que as pessoas usam o aplicativo apenas nas horas vagas, para descontrair? Bom, pelas histórias que estão acontecendo em países em que o jogo está liberado há mais tempo, o game não está sendo visto apenas como um hobby.

Aliás, como era de se esperar de um jogo que proporciona realidade alternativa, o Pokémon Go já está sendo o grande causador de alguns problemas relativamente sérios. Como você vai ver na lista que preparamos abaixo, até mesmo cadáveres em decomposição foram encontrados durante uma caçada Pokémon. Dá para acreditar?

E as confusões não param por aí. Vários Pokémons também estão sendo capturados em lugares pouco indicados, como em uma sala de parte e um museu de História! E o que dizer de pessoas que quase foram presas enquanto jogavam, por serem confundidos com traficantes de drogas!?

E, se você está achando tudo isso uma loucura completa, acredite, tem muito mais relatos estranhos pela frente. Mas isso, claro, você confere assim que começar a ler a lista abaixo.

Confira 10 histórias bizarras com o Pokémon Go que já rolaram por ai:

1. Pokémons como iscas

1

Quem não quer capturar Pokémons, não deve jogar Pokémon Go, não é mesmo? E foi por essa ânsia que várias pessoas foram vítimas de assalto no estado de Missouri, nos Estados Unidos. Os jogadores acabaram sendo atraídos para lugares remotos e terminavam assaltados. Segundo a polícia americana, quatro envolvidos no caso já foram identificados.

2. Pokémons e cadáveres

2

Outro caso estranho envolvendo as caçadas de Pokémon Go aconteceu no estado de Wyoming, também nos Estados Unidos. Shayla Wiggins, de 19 anos, estava distraída como o game, próximo ao rio Big Wind, quando encontrou não um Pokémon, mas um cadáver em decomposição. Segundo a polícia, é possível que a pessoa tenha falecido de causas naturais e caído nas águas.

3. Pokémon no parto

3

E quando um pai desnaturado, ao invés de acompanhar o nascimento do filho, resolve caçar Pokémons ali mesmo, na sala de parto do hospital? Parece mentira, mas foi isso que Jonathan Theriot fez, enquanto acompanhava sua esposa durante o trabalho de parto. O mais interessante é que ele realmente teve sucesso em sua caçada e capturou um Pidgey, ao lado da cama da esposa.

4. Não era tráfico, era Pokémon Go

4

Três pessoas (dois jovens na faixa dos 20 anos e um homem, de mais ou menos 40) quase foram presas, durante uma madrugada, nos Estados Unidos. O policial encontrou o grupo, às 3h da manhã, em uma esquina; e pensou se tratar de tráfico de drogas. Mas, na verdade, eles estavam no meio de uma caçada de Pokémon Go, mais exatamente tentando prender um Onyx. No final das contas, tudo ficou bem e o policial ainda baixou o jogo.

5. Pokémon Go por drone

5

Se tem uma coisa louvável sobre esse jogo é que ele está fazendo as pessoas se levantarem do sofá. Mas, um espertinho postou no Tumblr que encontrou um jeito de conservar sua vidinha sedentária de antes e, de quebra, ainda capturar os Pokémons. Para isso, o danado está usando drones!

6. Treinador de Pokémon Go

6

Então, se você ainda não entendeu como funciona o tal game, que tal pegar algumas aulinhas particulares? Nos Estados Unidos, por exemplo, já tem uma mulher, talvez uma treinadora seja o melhor termo, que ensina sobre o game pelo preço de 20 dólares, algo em torno de 65 reais, a hora.

7. Pokémon da morte

7

Um rapaz quase morreu enquanto jogava Pokémon Go. Ele estava no meio de uma praça e se aproximou de um homem, para saber se ele fazia parte do seu time. Mas, a verdade é que o homem não sabia do que se tratava o game e estava ali só procurando encrenca.

O resultado final é que o estranho esfaqueou o gamer no ombro. O mais estranho de tudo é que o rapaz se recusou a ser levado ao hospital para continuar procurando Pokémons.

8. Igreja Pokémon

8

E o Pokémon Go virou até mesmo um objeto da obra do “Senhor”! Isso porque a Primeira Igreja Luterana de Columbia Heights, nos Estados Unidos, se tornou um Ginásio Pokémon.

O resultado? Muitos jovens começaram a frequentar o templo.

9. Pokémon no funeral

9

Não, os bichinhos não escolhem os lugares para aparecer, mas cabe aos gamers selecionarem onde é o lugar certo para capturá-los. Não é mesmo? Em Washington, nos Estados Unidos, o Museu do Holocausto se tornou o point dos gamers, não para saber sobre a Segunda Guerra, mas para capturar os Pokémons que estavam no prédio.

10. Pokémon Go x trânsito

10

E se o problema do trânsito, recentemente, eram as pessoas dirigindo e enviando mensagens no WhatsApp, o problema pode ser ainda maior com a febre dos Pokémons. A preocupação das autoridades é tamanha com relação a esse assunto que os letreiros luminosos de uma estrada norte-americana estão exibindo mensagens de alerta para os motoristas não usarem o aplicativo enquanto estiverem ao volante.

E, por falar no assunto, você vai gostar de ler também: Os Pokémons existem, veja como eles são na vida real.

Fonte: Mega Curioso, TechMundo, Phonearena, Thrillist