6 coisas que estão matando seu cérebro lentamente

Comer muito açúcar e gordura, não ter horário para dormir ou acordar e, claro, fumar e beber são combinações ruins, que todo mundo sabe que não faz bem para o corpo. O problema, no entanto, que esses e muitos outros hábitos de nossa rotina não destroem apenas nossa aparência física, nos deixando mais gordos, flácidos e com dentes amarelados.

Esse combo de escolhas erradas do dia-a-dia também é a combinação perfeita para matar, lentamente, o órgão mais importante do corpo: o cérebro. O resultado disso tudo, claro, é falta de disposição, problemas psicológicos, memória ruim, dificuldade no aprendizado e assim por diante.

Embora esse seja um assunto um tanto assustador, é preciso conhecer quais são os “assassinos diários” de nosso cérebro. Alguns deles, aliás, você confere logo abaixo, na lista que preparamos. Veja:

1. Doces

1

Aquele docinho inocente, que você come todos os dias quando está de bobeira pode fazer muito mal. Pesquisas já comprovaram que o hábito de comer doces interfere diretamente no funcionamento do cérebro, resultando em um monte de consequências negativas, como uma memória ruim, dificuldades para aprender coisas novas, propensão à depressão e uma série de outras coisas nada agradáveis.

2. Poluição

2

Hoje em dia é meio difícil viver longe da poluição, mas esse é um dos principais “assassinos diários de seu cérebro”. Isso porque os gases poluentes comprometem a oxigenação do órgão. Tirar férias de vez em quando e ir para o interior ou para o campo é algo recomendado para melhorar o funcionamento do cérebro e do pulmão.

3. Insônia

3

A falta de sono não muda somente o humor das pessoas. Ela descontrola funções vitais e deixa o cérebro em prejuízo, já que ele não consegue se recompor do estresse do dia-a-dia. Além disso, a falta de uma rotina de sono afeta a criação de novas células em todos os órgãos. Por isso, o recomendado é que as pessoas durmam, pelo menos, oito horas por dia.

4. Comidas gordurosas

4

Da mesma forma que o açúcar, o excesso de gordura que você ingere mata seu cérebro lentamente. Isso porque, além de deixar seu corpo mais pesado, comidas gordurosas são pobres em nutrientes e, dificilmente, vão dar ao seu corpo tudo o que ele precisa para renovar as energias e manter seu funcionamento em dia. No caso do cérebro, então, a capacidade de “processamento” de informações fica lenta, quase parando.

5. Álcool+cigarro

5

Beber socialmente é bom e quase todo mundo gosta. Acontece, no entanto, que fazer da bebida alcoólica um hábito vai acabar destruindo seu cérebro. Da mesma forma, é com o cigarro, que não deixa somente seu pulmão em perigo. A combinação desses dois “venenos”, então, é a mistura perfeita para destruir o bom funcionamento do seu cérebro, além de aumentar as chances do desenvolvimento de câncer e de doenças cardíacas.

6. Almoço (ou melhor, a falta dele)

6

Ficar sem almoçar não é a melhor das escolhas que você pode ter na vida. Claro que fazer um lanchinho é bem mais rápido e pode até ser mais gostoso, mas os prejuízos que esse tipo de hábito traz ao cérebro é algo assustador. Isso porque, sem a combinação diária de vitaminas e são minerais dos vegetais, cereais e proteínas, a oferta de nutrientes para do corpo cai, derrubando também o bom funcionamento cerebral. Hábitos saudáveis de alimentação, por outro lado, aumento o estado de alerta do cérebro, aumentando a energia, a concentração e melhorando a memória.

E então, que tal repensar seus hábitos agora mesmo?