6 criminosos presos com a ajuda do Facebook

A internet é muito poderosa, como você já teve inúmeras oportunidades de perceber na vida, mas ainda tem gente que subestima a capacidade de seu alcance, especialmente das redes sociais. No caso do Facebook, por exemplo, milhares de pessoas no mundo comentam, postam e se expõem todos os dias, sem nem ao menos imaginar que, como uma das páginas mais famosas e populares atualmente na web, o Facebook pode (e deve) estar sendo vigiado por pessoas de bem e de mal.

A polícia, por exemplo, adora monitorar perfis e páginas do Facebook, em busca de delitos e criminosos que não acreditam na ajuda do Facebook de delatá-las e trazer seus crimes à tona. Existem, aliás, alguns casos em que criminosos já foram presos assim, com a ajuda do Facebook, especialmente nos Estados Unidos.

Abaixo, inclusive, você conhece alguns desses casos, em que criminosos foram presos com a ajuda do Facebook. Confira:

1. Christopher Castilho

1

Sem medo das consequências, Castilho foi até a página do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o ameaçou de morte. Para quem não sabe, esse tipo de ação é considerada um crime no País.

Não demorou muito até o serviço secreto de inteligência do governo entrar no caso e monitorar o homem. O pior de tudo é que Castilho não parava com as ameaças. Foi então que ele foi encontrado e preso, graças à ajuda do Facebook. Ele ainda não foi julgado, mas pode pegar 10 anos de prisão, mesmo afirmando à polícia que as ameaças eram apenas de brincadeira.

2. Victor Burgos

2

Outro caso que aconteceu nos Estados Unidos. Victor Burgos, segundo a polícia, estava foragido e resolver que era legal desafiar a polícia. Foi então que ele publicou em seu Facebook a frase (burra): “Prendam-me se forem capazes. Estou no Brooklyn”. A polícia, então, precisou de um curto tempo para identificar a casa em que o criminoso estava e, em seguida, ele foi novamente preso, também com a ajuda do Facebook.

3. Jacob Cox-Brown

3

O rapaz, logo depois de se envolver em um acidente de trânsito, postou em sua página do Facebook a seguinte frase: “Dirigindo bêbado… clássico. Mas desculpa aí pelo carro em que bati :P”. Embora Jacob estivesse levando na brincadeira, um policial, que já estava investigando o acidente, fez do post um prato cheio. O rapaz, claro, foi rastreado e, com a ajuda do Facebook, acabou preso.

4. Michael Baker

4

Não satisfeito em roubar a gasolina de uma viatura policial, o idiota… ou melhor, o rapaz, pediu que tirassem uma foto de seu “feito histórico”, acompanhado por gestos obscenos. Ainda não satisfeito, ele ainda teve a ideia genial de postar o registro no Facebook. O que Michael não esperava, no entanto, é que a polícia tivesse acesso ao seu perfil e, claro, uma “pequena” ajuda do Facebook para ter acesso às suas informações pessoais. Depois de 12 horas da gracinha, o rapaz foi preso.

5. Cheryl Nelson

5

Morta de ciúmes do ex, a americana teve a grande ideia de criar um monte de perfis fakes no Facebook a fim de incriminar a nova namorada do amado. Em seguida, Cheryl procurou a polícia e fez uma denúncia, dizendo que a atual do ex a ameaçava nas redes sociais. A ciumenta, no entanto, jamais poderia imaginar que seu computador fosse analisado pela polícia e que sua culpa toda seria revelada facilmente, com a ajuda do Facebook. Depois disso, então, a criminosa foi presa por falsidade ideológica e comunicação falsa de crime!

6. Roger Ray Ireland

6

Aproveitando as possibilidades das redes sociais, a polícia de Maryland, nos Estados Unidos, possui uma página no Facebook onde publica fotos de foragidos todas as quartas-feiras, acompanhadas do hashtag #ProcuradosdeQuarta. Achando que não daria em nada, um dos procurados, Roger Ray Ireland, resolveu comentar em sua própria foto. Ele teve a infelicidade de dizer que a polícia nunca o pegaria e que seu “negócio” continuava à todo vapor. O problema, no entanto, é que a polícia descobriu seu paradeiro com a ajuda do Facebook e, no dia seguinte, o homem já estava preso.

E agora, vai continuar postando qualquer porcaria em sua conta do Facebook?