Ciência & Tecnologia

Bing – O que é, história, e como usar o segundo maior buscador do mundo

Acredita que existe vida além do Google? Sim, existe. Conheça então um pouco mais sobre Bing, o segundo maior buscador do mundo

Por Lucas Alves

-

Certamente, em algum momento, você se deparou com o Bing. Mas, no entanto, não deve ter reparado em suas funcionalidades. Ou, até mesmo, nem tenha ficado na página. Só saiu e buscou por seu rival de mercado, o Google. Porém, atualmente, o Bing é o segundo maior buscador do mundo.

Além disso, o Bing apresenta grandes vantagens nas estratégias de anúncios. Então, conheça um pouco mais sobre o Bing e veja seus benefícios.

História do Bing

Bing - O que é, história, e como usar o segundo maior buscador do mundo
Olhar Digital

O Bing é um motor de buscas da Microsoft e surgiu em 2009, para substituir o Live Search. O lançamento do novo produto foi de grande sucesso e atraiu um grande número de novos usuários.

Até então, o segundo lugar era ocupado pelo buscador Yahoo. Ambos decidiram fazer uma parceria e ampliar os resultados dos seus buscadores. Hoje, o Bing ocupa o segundo lugar e está atrás apenas do Google.

Quem usa o Bing?

Bing - O que é, história, e como usar o segundo maior buscador do mundo
IT Secure

O Bing está disponível em 43 idiomas e possui alcance mundial. O grande sucesso de uso desse buscador é o fato dele ser o oficial de alguns dispositivos móveis, como por exemplo, Amazon Kindle e Apple (Siri).

No entanto, também há muitas pesquisas no desktop, o que representa uma grande parcela de acessos. Segundo pesquisa da ComScore, o público do Bing representa 1/3 do buscador dos Estados Unidos e o uso dele é mais frequente entre pessoas de 55 a 64 anos.

O buscador tem um grande número de usuários nos Estados Unidos (5,59%), Reino Unido (4,48%) e Canadá (4,31% ). Em alguns países, como por exemplo o Brasil, o Bing tem apenas 1,32%  de usuários.

Vantagens do Bing

Bing - O que é, história, e como usar o segundo maior buscador do mundo
Mundo Negócio Online

Apesar de estar em segundo lugar, o Bing apresenta boas vantagens em relação ao Google. Diferenciais que, aos poucos, consegue conquistar um maior número de público.

Em primeiro lugar, é a possibilidade de validação da notícia. Ele indica se os conteúdos são fake news (falsos) ou reais. Em seguida você tem ainda a opção de salvar os seus resultados de buscas para acessar depois. Mas se naquele momento quer ir em algum local com serviços específicos, ele te dá a opção mais próxima de onde está.

Essas são as vantagens que já podem estar fazendo você mudar de ideia com essa leitura.

Diferenças entre Bing e Google

Bing - O que é, história, e como usar o segundo maior buscador do mundo
Tecmundo

A interface de busca do Bing e do Google tem diferentes layouts, mas em termos de funcionalidades elas completamente não mudam. Ambas têm boa qualidade de pesquisa e apresentam notícias recentes.

O objetivo do Goole é realmente apresentar o resultado da pesquisa em uma estrutura simples. Enquanto o Bing também apresenta de forma clara esses resultados, ele ainda aposta no uso de belas imagens para atrair.

Apesar disso, o grande diferencial dos dois buscadores são as plataformas de anúncios e vamos falar delas no próximo tópico.

Microsoft Adverstising

Bing - O que é, história, e como usar o segundo maior buscador do mundo
Meu Windows

Os anúncios nos buscadores são fundamentais para uma boa estratégia de marketing digital. Desta forma, a Microsoft também investiu na sua plataforma de anúncios, que é a Microsoft Adverstising.

É uma plataforma de anúncio bem completa e alguns arriscam a dizer que até melhor que a plataforma do Google. Nela é possível também fazer as segmentações de anúncios, como por exemplo, palavra-chave, local, idioma e horário.

Para que essa estratégia de marketing digital tenha ainda mais efetividade, a Microsoft Adverstising permite incluir extensão de links e utilizar imagens ao lado dos anúncios.

Diferenças entre o Microsoft Adverstising e o Google Ads

Bing - O que é, história, e como usar o segundo maior buscador do mundo
Instapage

Aqui no Brasil, muitos já conhecem a plataforma do Google, a Google Ads, e por isso acreditam muito na força dessa ferramenta de marketing digital. No entanto, este pode ser o momento de melhor explorar a Microsoft Adverstising e conhecer os seus diferenciais.

Primeiramente, estudos indicam que o Custo por Clique (CPC) da Microsoft Adverstising pode ser até 33,5% mais barato do que no Google Ads. Outra diferença é o orçamento, pois a primeira oferece a opção de trabalhar com orçamentos mensais, enquanto a segunda apenas com orçamentos diários. É a partir desses diferenciais que, com toda a certeza, você vai conseguir alcançar e impactar um diferente e maior número de público.

No entanto não há “concorrência acirrada” entre elas. Inclusive você pode até importar facilmente as campanhas de uma para a outra.

E aí, curtiu a matéria? Confira a matéria a seguir: Siri – O que é, história e como falar com o aplicativo inteligente.

Fontes: Canal Tech; Rock Content.

Imagem de Destaque: Microsoft Insider.

Próxima página »

Escolhidas para você