Curiosidades

Calcanhar de Aquiles – Origem e significado dessa expressão tão usada

A expressão calcanhar de aquiles é muito usada para indicar um ponto fraco de uma pessoa, cuja origem está na história do herói da mitologia grega Aquiles.

Por Renata Gonçalves Pereira

-

Quem nunca ouviu falar da expressão calcanhar de Aquiles? Pois bem, essa expressão foi criada para indicar um ponto fraco de uma pessoa ou sua vulnerabilidade. De acordo com a lenda grega, Aquiles era um herói e semideus filho do rei Peleu e da deusa Tétis, que ficou invulnerável após sua mãe o banhar no rio Estige. Porém, seu calcanhar, por onde Tétis segurou Aquiles, não foi molhado no rio tornando-se a única parte vulnerável de Aquiles.

Sobre a lenda de Aquiles existem várias versões, sendo que em uma delas diz que Aquiles foi atingido no calcanhar por uma flecha disparada por Páris. Pois ele conhecia o ponto fraco de Aquiles.

Já em outra versão da história, diz que o calcanhar de Aquiles é considerado como uma virtude. Por isso, Tétis tentava erroneamente transformar seu filho em imortal jogando-o no fogo. No entanto, o rei Peleu salvou seu filho do fogo, mas não antes de Aquiles se queimar e ficar sem o osso do calcanhar. Então, o rei pediu ao centauro Quíron que tinha conhecimento sobre medicina para colocar o osso de Dâmiso no lugar. No entanto, como Dâmiso era um gigante veloz, Aquiles adquiriu sua velocidade.

Calcanhar de Aquiles: Quem foi Aquiles

Imagem: Maxta

Considerado como um dos maiores guerreiros da mitologia grega, Aquiles era filho de um mortal o rei Peleu e de uma ninfa imortal chamada Tétis. Conhecido por sua beleza, força, coragem e velocidade, Aquiles participou de diversas batalhas, mas, a mais importante foi a Guerra de Troia.

Perdeu o pai ainda jovem, assim sua mãe o entrega para o centauro Quíron que o cria e o ensina a lutar. De acordo com um oráculo, os gregos só ganhariam a batalha se Aquiles lutasse com eles. No entanto, quando Tétis descobre sobre a previsão resolve esconder Aquiles, o mandando para Ciros, onde fica disfarçado de mulher entre as filhas do rei Licômedes.

Não satisfeitos, os gregos simulam um ataque para que Aquiles se apresente, assim quando todos fogem, Aquiles pega uma espada para lutar. Por fim, Aquiles resolve lutar com os gregos em Troia, mas, quando é traído por Agamenon, líder dos gregos, ele abandona a guerra.

No entanto, seu amigo Pátroclo fica em seu lugar para comandar o exército e é morto por Heitor, filho de Príamo o rei de Troia. Quando soube da morte do amigo, Aquiles furioso retorna para se vingar, matando Heitor.

Mais tarde, outro amigo chamado Antílope também é morto pelo rei da Etiópia, Mêmnon. Da mesma forma, Aquiles vai vingar a morte do amigo. Porém, dessa vez uma flecha envenenada lançada por Páris, irmão de Heitor, acerta o calcanhar de Aquiles, seu ponto fraco. Como resultado, Aquiles morre.

Guerra de Troia

Imagem: UOL

A batalha entre Troia e Grécia aconteceu por volta de 1300 a.C. e durou por 10 anos, cujos registros estão nos poemas épicos Ilíada e Odisseia. De acordo com registros arqueológicos, Troia está situada onde hoje se encontra a Turquia Ocidental.

O motivo que resultou na guerra foi a fuga ou o sequestro da rainha Helena, de Esparta, com o príncipe de Troia Páris. O que provocou a fúria do rei de Esparta Menelau, que declarou guerra à Troia. Por fim, para se juntar a ele, Menelau convenceu o rei de Micenas que era seu irmão Agamenon. Este, por sua vez, convocou Aquiles, Ulisses, Nestor e Ajax para fazerem parte do exército, além de uma frota com mil navios. Após atravessarem o Mar Egeu, ficaram sitiados em Troia pelo tempo que a batalha durou.

Cavalo de Troia

Imagem: UOL

Você já deve conhecer a expressão presente de grego, mas sabe qual é a sua origem? A origem é o mito do cavalo de Troia, presente dos gregos como uma oferta de paz. Inclusive, foi o cavalo de Troia o responsável pelo fim da guerra entre Troia e Grécia, cuja ideia foi de Ulisses.

O presente era na verdade uma artimanha dos gregos, que esconderam dentro do cavalo a elite dos soldados e assim conseguiram passar pelos portões de Troia e se instalar dentro da cidade. Dessa forma, durante a noite enquanto os troianos festejavam sua vitória, os gregos saíram do cavalo e atacaram toda a cidade, que despreparada perdeu a guerra. Mas, Aquiles não teve a mesma sorte, Páris acerta o calcanhar de Aquiles com uma flecha que o mata.

Com o fim da guerra, a rainha Helena voltou para Grécia, porém como vingança foi exilada por Menelau.

Calcanhar de Aquiles

Imagem: Mitos e Lendas

A saga do guerreiro semideus Aquiles é contada nos poemas épicos de Homero, Ilíada e Odisseia. Inclusive, como o herói perdeu sua vida na Guerra de Troia, quando Páris acertou com uma flecha envenenada o calcanhar de Aquiles, seu único ponto fraco.

Por isso, até os dias de hoje a expressão calcanhar de Aquiles é usada para definir uma parte vulnerável ou um ponto fraco de uma pessoa. Ademais, a expressão calcanhar de Aquiles também é usada como referência a um ponto fraco de uma empresa, projeto, tarefa a ser realizada, etc.

De acordo com a biologia, o calcanhar de Aquiles é chamado de tendão de calcâneo e está localizado nos calcanhares, é considerado como o tendão mais extenso, resistente e mais vulnerável do corpo humano. Inclusive, muitas dores no calcanhar são causadas por lesões no tendão de Aquiles, por exemplo, a tendinite, que é uma inflamação desse tendão e que provoca muitas dores e dificuldade ao andar.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: Helena de Troia, quem foi? História, importância e versões.

Fontes: Significados, Super Abril, Toda Matéria, Pés sem dor

Imagens: Sobre Leyendas, Maxta, UOL, Mitos e Lendas

Próxima página »

Escolhidas para você