Ciência & Tecnologia

Como e para que foi construída Stonehenge, o círculo de pedras?

Misteriosas pedras de Stonehenge, duas toneladas, teriam sido transportadas por terra, percorrendo uma distância de mais de 200 km.

Atualizado em 22/02/2019

O monumento megalítico Stonehenge desde sempre é envolto em mistérios de sua construção e origem. O que se sabe é que ele foi construído há mais de cinco mil anos. As principais perguntas sobre ele são: para quê foi construído? Como foi construído?

Infelizmente poucas respostas foram encontradas. Porém, um novo estudo surpreendente sobre o monumento foi publicado pela revista Antiquity. As pedras de cerca de duas toneladas foram transportadas por terra, percorrendo uma distância média de mais de 200 quilômetros.

Nova descoberta sobre o mistério do monumento Stonehenge

Descoberta sobre Stonehenge

Descoberta essa que trouxe ainda mais dúvidas. Como seria possível pedras de duas toneladas serem arrastadas por terra a mais de cinco mil anos?

A equipe de cientistas responsáveis por esse estudo são da University College London. E eles garantem que o local de onde as pedras saíram foi de uma pedreira em Pembrokeshire, nas montanhas Preseli (País de Gales).

A distância do local de origem e do local do monumento atual, é de 230 quilômetros de distância. Os cientistas conseguiram comprovar ainda que o transporte foi feito por terra, e não pelo mar.

Nova descoberta sobre o mistério do monumento Stonehenge

O mistério continua

As pedras, cuja forma natural vertical ajudou na hora da remoção, terão sido cinzeladas e depois retiradas apenas com recurso a martelos de madeira.

Um dos cientistas comentou: “Estamos a tentar descobrir o que é que as montanhas de Preseli tinham de tão especial há cinco mil anos e se havia círculos de pedra importantes lá, que foram construídos antes de estas pedras serem transportadas para Stonehenge.”

Apesar das dúvidas só terem crescido após essa descoberta, um dos autores do estudo, Rob Ixer, afirma: “Nunca compreenderemos Stonehenge. Essa é a beleza do monumento.”

Fonte: Observador, EBC

Imagens: EBC, Viagem e turismo

Veja também: Polo Norte está se movendo do Canadá para a Rússia