Curiosidades

Killer Ratings, Netflix conta história de brasileiro que matava por audiência

Killer Ratings, série da Netflix conta a história do amazonense Wallace Souza, apresentador que mandava matar para contar histórias na TV

Certamente você sabe que a Netlix adora fazer séries documentais sobre serial killers e casos de assassinato para lá de sinistros. Além dos já conhecidos psicopatas americanos, ela lança, no dia 31 de maio, mais uma história do gênero, dessa vez brasileira. Killer Ratings, ou Bandidos na TV, conta a história do apresentador de televisão Wallace Souza.

A produção do seriado ficou a cargo das produtoras britânicas Caravan e Quicksilver. Além disso, ela é mais um dos produtos do sistema de streaming que buscam ganhar o coração do público latino e brasileiro, em especial.

O show é coerente com a proposta da Netflix de diversificar e aumentar cada vez mais sua produção original.

Killer Rantings

Killer Ratings, nova série da Netflix conta história de "brasileiro do mal"

Inicialmente, Wallace Souza era só mais um apresentador desses programas “jornalísticos” brasileiros, focados em crimes. Ele ganhou muita fama apresentando o programa sensacionalista “Canal Livre”. O show era veiculado por uma emissora de Manaus, TV Rio Negro (atual Band Amazonas).

O seu programa foi um sucesso estrondoso. Apesar disso, ele entrou em várias controvérsias depois de várias denúncias dos guarda-costas de Souza. Eles alegaram que o apresentador só conseguia chegar primeiro à cena do crime porque ele próprio era responsável pelos assassinatos.

Continua após a publicidade

Em 2009, o apresentador que já estava inserido na política nacional, foi acusado de assassinato e tráfico de drogas. Ele acabou escapando da polícia e desapareceu. Posteriormente Wallace Souza se entregou para a polícia e morreu de ataque cardíaco em 2010.

Assassinos na TV já possui um trailer de divulgação e promete atrair bastante audiência curiosa sobre essa história excêntrica. A história está prevista para ser lançada no catálogo da Netflix próximo dia 31 de maio.

A história real

Wallace Souza fez muito sucesso na TV com seu programa sensacionalista, o Canal Livre. O  apresentador também foi deputado, mas acabou cassado no final de 2009 e expulso do PP após ser acusado pela Polícia Civil de mandar matar traficantes de drogas para aumentar a audiência de seu programa de TV. Ele foi acusado de encomendar mortes e criar cenas de crime, com o intuito de mostrá-los no programa.

Souza foi preso por suspeita de ligações com crimes, incluindo formação de quadrilha, tráfico de drogas e homicídio. Durante sua defesa, alegou inocência. Souza morreu em 2010, vítima de parada cardíaca e infecção generalizada.

Além dele, outros três réus foram presos por estarem ligado ao esquema. Um deles foi seu filho, Raphael Souza, 30, que segundo o Ministério Público, mataram um homem em 2007. Ele foi condenado em 2012 a nove anos de prisão.

Continua após a publicidade

O programa

Killer Ratings, nova série da Netflix conta história de "brasileiro do mal"

Finalmente, a série dirigida por Daniel Bogado, está prestes a estrear e conta contará com sete episódios. Além disso, o diretor afirma que há anos gostaria de contar essa história. “Eu fiquei sabendo da história de Wallace Souza ao mesmo tempo que todo o resto – em agosto de 2009”, disse Bogado em entrevista ao Broadcast Now.

“Por alguns dias, o mundo ficou indignado com a estranha história de um apresentador de televisão brasileiro que estava ordenando o assassinato de criminosos, então enviando equipes para filmá-los a fim de aumentar a audiência de seu programa. Eu escrevi isso em minha lista de ideias, mas achei que alguém acabaria fazendo um filme sobre isso antes de eu ter a chance de fazer”, afirmou o diretor.

“Inúmeras pessoas – muitas das quais trabalharam com a polícia – foram supostamente mortas pelo grupo criminoso de Souza. Por isso as pessoas tinham, e ainda tem, medo de falar. Mas o fato delas permanecerem assustadas, anos depois do fim do caso, foi encorajador: ainda tinha mais nessa história?”, finalizou o diretor.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Séries da Netflix que foram canceladas e os motivos por trás disso

Fonte: Folha de SP Bem Paraná Folha de SP 2 Observatório do Cinema

Continua após a publicidade

Imagens: Netflix

Próxima página »

Escolhidas para você