Mundo Animal

Quanto tempo vive um mosquito? Ciclo de vida completo

A definição de quanto tempo vive um mosquito pode variar dependendo de algumas condições, mas em geral passa pelo mesmo padrão.

Por P.H Mota

Precisar quanto tempo vive um mosquito passa por alguns fatores variáveis, como umidade e temperatura do ambiente, além do sexo do indivíduo e da época do ano. Machos, por exemplo, vivem apenas cerca de uma semana, enquanto fêmeas podem durar um mês ou mais, dependendo da espécie.

No caso das fêmeas das populares muriçocas ou pernilongos, de nome científico Culex quinquefasciatus, o ciclo de vida completo de uma fêmea pode durar até 40 dias. Quanto maior for o calor e a umidade do ambiente, mais longo será a vida do inseto, que se favorece dessas condições ambientais. O mesmo vale para outros mosquitos populares, como o Aedes Aegypti, por exemplo.

Independente da espécie, o tempo de vida de um mosquito passa pelos mesmos quatro estágios padrões: ovo, larva, pupa e fase adulta.

Ciclo de vida dos mosquitos

Ovo

Quanto tempo vive um mosquito: ciclo de vida completo
ScienceNews

É verdade que as condições ambientais são importantes para definir quanto tempo vive um mosquito, mas o início da vida de todos eles é o mesmo. As fêmeas botam os ovos em locais apropriados e aguardam a eclosão. O local pode variar de acordo com a preferência de cada espécie, mas a fase é comum para todos. De forma geral, a maioria das espécies tem preferência por locais úmidos, sombrios e sem vendo. No caso dos Aedes Aegypti, por exemplo, a preferência é por locais próximos à linha d’água, favorecendo o crescimento dos filhotes ainda dentro dos ovos.

Continua após a publicidade

Em média, uma fêmea coloca de um a dois ovos num único local, espalhando os outros dentro de um raio superior a 1 km. Além disso, a água é essencial para o desenvolvimento do ciclo de vida, independente da espécie.

Larva

Quanto tempo vive um mosquito: ciclo de vida completo
The Conversation

Após a eclosão dos ovos – em cerca de 2 a 3 dias – os mosquitos passam pelo estado de larva. Nesse momento, os insetos passam por outros quatro estágios particulares, em que vão aumentando de tamanho antes de ingressar na fase de pupa. As espécies variadas podem apresentar desenvolvimento mesmo em água suja ou esgoto, com alimentação focada em protozoários, bactérias e fungos. No entanto, na maioria das vezes a preferência é por ambientes de água limpa.

Pupa

Quanto tempo vive um mosquito: ciclo de vida completo
Terminix

Logo após a primeira semana de vida, ou em até dez dias, a larva passa por um estágio de pupa que dura apenas dois dias. É só depois desse momento que tem início a contagem “oficial” de quanto tempo vive um mosquito. Isso porque é nesse momento que eles assumem a forma de pupa para passar pela metamorfose que garante sua forma final, quando mosquito realmente se transforma no mosquito que conhecemos. Nessa fase, o mosquito não se alimento e se move muito pouco.

Mosquito adulto

Quanto tempo vive um mosquito: ciclo de vida completo
Prensa Latina

Com a finalização da metamorfose, o mosquito sai do casulo e precisa se alimentar. Eles podem buscar nutrientes em frutos e sucos de alguns vegetais, mas também procuram sangue. Especialmente após a cópula, as fêmeas precisam do sangue para a maturação completa dos ovos de seus filhotes. O ciclo de picadas pode se manter por até três dias, quando ela finalmente coloca os ovos. Uma vez que o tempo que vive um mosquito fica na média de 30 dias, uma fêmea adulta pode botar cerca de 3 mil ovos durante toda sua vida.

Continua após a publicidade

Picadas de mosquito

Quanto tempo vive um mosquito: ciclo de vida completo
health essentials

O tempo de vida de um mosquito é marcado principalmente pela ameaça de picadas aos seres humanos. No entanto, esse hábito é exclusivo das fêmeas, nunca ocorrendo em machos.

Enquanto machos se alimento de nutrientes de vegetais, as fêmeas precisam do sangue humano ou animal para gerar os ovos. Sendo assim, caso uma fêmea não consiga picar nenhuma vítima, ela irá morrer sem botar nenhum ovo.

A busca por sangue geralmente ocorre durante a noite, tendo início próxima ao pôr-do-sol. Assim que a fêmea começa a caça por sangue, pode permanecer nessa missão por cerca de duas horas, utilizando o dióxido de carbono da respiração e o ácido lático do suor para encontrar seus alvos.

Além de sugar o sangue com uma tromba dentada, as fêmeas também injetam um anticoagulante e um analgésico no local.

Continua após a publicidade

Fontes: Dedetização Insetan, Vix, Diário do Nordeste, Tua Saúde

Imagens: Terminix, The Conversation, Galileu, health essentials, ScienceNews, Prensa Latina

Próxima página »

Escolhidas para você