Sustentabilidade

Que tal se tornar uma árvores depois de morrer?

Já pensou no que vai ser feito de você quando passar dessa para melhor? Que tal se tornar uma árvore depois de morrer? Essa é a proposta das bio-urnas. Veja.

Os mistérios que separam a vida da morte são inúmeros e até hoje, mesmo com a ciência e as tecnologias tão avançadas, permanecem ainda como um dos maiores mistérios de nossa existência. Mas, ceticismos e religiões à parte, já parou para pensar no que vai ser feito de você quando, finalmente, chegar o dia de deixar esse mundo?

Sim, estamos falando da morte mesmo. Já refletiu se vai ser enterrado, cremado ou se vai para um gavetão? Bom, pensar sobre isso, claro, não é nada agradável, mas é bom preparar as pessoas que ficam para que não tenham muitos problemas com seu destino final.

1

Aliás, se sua intenção é permanecer vivo por aí, uma empresa muito criativa está oferecendo essa oportunidade em algumas partes do mundo. Isso porque, por meio de bio-urnas, feitas totalmente de materiais recicláveis, você pode ser transformado em uma árvore, acredita? A ideia excêntrica, segundo especialistas, é a mais ecológica possível!

As bio-urnas, aliás, são compostas de duas partes: a superior, com uma cápsula adaptada para permitir a germinação da semente escolhida (sim, você pode escolher a espécie de árvore que quer se tornar); e a inferior, mais profunda, onde são depositadas as cinzas dos “clientes”.

2

Inicialmente, a semente germina separada das cinzas. Mas, assim que a urna inicia o processo de decomposição as raízes das árvores já são fortes o suficiente para manter contato com as cinzas e crescer, basicamente alimentada por essa ‘massa biológica’.

Para quem gostou da ideia, a bio-urna não é perecível e pode ser comprada e armazenas com anos de antecedência da morte. Além disso, cinzas que estão guardadas há tempos também podem ser usadas.

3

E aí, que tal se tornar uma árvore quando morrer?

Próxima página »

Escolhidas para você