20 animais exóticos que você, provavelmente, nunca viu

Parece impossível, mas ainda existem por aí centenas de espécies de animais que você e quase ninguém viu em toda a vida. Isso porque o mundo animal é muito variado e nos dá um espetáculo com animais exóticos sempre que menos esperamos.

Dos maiores aos menos, a quantidade de animais exóticos que existem por aí e você nunca imaginou é chocante. Na lista que preparamos hoje você vai ter a oportunidade de conferir isso.

Com cores, formas e inúmeras outras características diferentes de tudo o que estamos acostumados a ver por aí, esses animais exóticos vão de engraçados a ameaçadores. Alguns, como você vai ver, chegam a ser engraçados e parecem sorrir o tempo todo. Outros, no entanto, são menos simpáticos.

Mas, o mais instigante de tudo é que a maioria desses animais exóticos de nossa lista se tratam de espécies descobertas há pouco tempo. Sobre algumas, aliás, a Ciência têm poucas informações e ainda se mostram um mistério, o que os tornam ainda mais interessantes, não acha?

Agora chega de conversa e se prepare para a lista com os animais exóticos mais estranho que você já viu até hoje. E tente se controlar para não levar um susto com a aparência de alguns.

Confira 20 animais exóticos que você, provavelmente, nunca viu:

20. Dragão azul (Glaucus atlanticus)

21

Essa é uma espécie de lesma-do-mar pelágica. O tamanho médio dessa espécie é de 35 mm, em média. O maior “exemplar” de dragão azul encontrado até hoje tinha 4 cm.

19. Esfinge de Morgan

20

Espécie de mariposa encontrada em Madagascar. Ela se alimenta do néctar de algumas flores, como as orquídeas, bem parecida com a forma de alimentação do beija-flor.

17. Umbonia Spinosa

19

Parente das cigarras, esses insetos pertencem à família Membracidae. Uma curiosidade sobre eles? Se disfarçam de espinhos de plantas para fugir de seus predadores.

16. Vaca peluda da Escócia

18

Parece estranha para nós, mas essa é uma das espécies mais antigas de vacas em todo o mundo. O pelo ajuda a manter o corpo aquecido durante o inverno rigoroso da Escócia. As vacas peludas da Escócia são as únicas no mundo a ter uma camada dupla de pelo: a externa, passa dos 30 centímetros; a interna é macia e bem parecida com lã, para manter o calor do corpo do animal.

15. Porco-do-mar

17

São, na verdade, uma espécie de pepino-do-mar, pouco conhecidos por habitarem profundidades absurdas dos oceanos, há mais de 6 mil metros abaixo da superfície.

14. Diabo-espinhoso

16

Encontrado na Austrália, o diabo-espinhoso não passa dos 20 cm de comprimento, sendo que as fêmeas são maiores que os machos. Eles controlam a coloração de seus corpos assim como os camaleões.

13. Sapo-Roxo

15

Muito encontrada no sul da Índia, o sapo-roxo tem uma aparência bizarra. Ele é considerado um fóssil vivo e sua origem, segundo pesquisadores, remonta há mais de 100 milhões de anos. Ele pode passar até duas semanas no subsolo, e emerge, na maioria das vezes, apenas para casalar. Ele foi descoberto somente em 2003.

12. Narval

14

Não muito grande, o Narval é uma espécie de baleia dentada, típica do Ártico. Seus caninos são um dos maiores já registrados no mundo animal.

11. Ocapi (Girafa da Floresta)

13

Originários do Congo, os ocapis têm entre 2 e 2,5 metros de comprimento e até 2 metros de altura. o peso desses bichos varia entre 200 e 25o quilos, embora se alimentem, basicamente, de plantas e fungos.

10. Cegonha-bico-de-sapo

12

Essas aves de aparência estranha vivem em regiões pantanosas da África e se alimentam, basicamente, de peixe es rãs.

9. Budião Azul

11 10

Esses peixes, além de simpáticos, são tão azuis que nem parecem reais. Muito encontrados nos ocenos da América, inclusive no Brasil, eles costumam se alimentar de algas e pequenos invertebrados. A espécie tem, em média, 120 cm.

8. Saiga

9

Essa é uma espécie de antílope que tem um nariz bem parecido com a trompa dos elefantes. Mas, além da protuberância, ele serve para aquecer o ar respirado no inverno e impedir que o animal inale poeira. Eles não são muito altos, podem pesar de 36 kg a 63 kg e vivem, em média, 10 anos.

7. Isópode Gigante

8

Embora pareça uma barata gigante, essa é uma espécie que vive no fundo do mar. Ele se alimenta de restos e podem chegar a 60 cm de comprimento. E, embora tenha um exoesqueleto resistente, eles não têm predadores e vivem em localidades pouco habitadas dos oceanos.

6. Mariposa-poodle

7

Ainda se sabe pouco sobre elas, já que foram descobertas recentemente. Elas têm uma aparência fofinha, bem parecida com os cães da raça poodle. O primeiro registro dessa espécie foi feito em 2009, na Venezuela.

5. Lacraias-do-mar

6

Não se engane com a aparência bobinha e bonitinha. Esses estomatópodes são ótimos predadores, dotados de boa visão e capazes de ver sob efeitos ultravioleta e infravermelho. Sobre o tamanho, eles podem ser bem pequenos, mas alguns chegam a ter 40 cm de comprimento.

4. Hemicentetes semispinosus

5

Originais de Madagascar, essa é uma espécie bem estranha. Eles não parecem com porcos-espinho?

3. Formiga-panda

4

Apesar do nome, esses bichinhos, na verdade, são uma espécie de vespa sem asas. Elas são muito encontradas no Chile e, segundo dizem, têm uma picada muito dolorosa, capaz de derrubar até mesmo um bicho grande, como um boi.

2. Tubarão-duende

3

Apesar da aparência demoníaca, isso é só uma espécie de tubarão que habita águas profundas dos oceanos Pacífico, Índico e Atlântico. Eles se alimentam de lulas, camarões, polvos e outros moluscos.

1. Peixe-morcego

2

Não será nenhum espanto se você nunca tiver visto essa espécie na vida, mas ela habita a costa brasileira. E, apesar da aparência carrancuda e da boca “de batom”, eles não são nada amedrontadores quando vistos de perto: têm entre 10 cm e 15 cm e se alimentam que crustáceos pequenos e peixes de águas rasas.

E, por falar em animais exóticos, conheça também o pássaro zumbi: ele se alimenta de cérebros.

Fonte: Genial, Tudo Interessante