Batata frita pode ser mais saudável que a cozida, diz estudo

Ela ainda continua sendo uma guloseima calórica e precisa ser consumida com moderação, mas ninguém pode negar que a tão polêmica e deliciosa batata frita ganhou um novo status recentemente. Segundo estudos da Universidade de Granada, na Espanha, vegetais fritos, como nossa batatinha de cada dia, podem ser mais saudáveis e trazer mais benefícios ao organismo que suas versões cozidas.

Mas, calma! Não adianta ler o primeiro parágrafo e sair saltitando de alegria para o próximo McDonald’s e pedir uma porção grande da batata frita deles. Para que esse petisco seja benéfico, as batatas precisam estar frescas (nada de batatas congeladas) e serem fritas em imersão no azeite de oliva extra virgem, daqueles de primeiríssima qualidade.

Os pesquisadores chegaram a essa conclusão durante um estudo sobre a famosa Dieta Mediterrânea, que já é bastante associada a prevenção de doenças degenerativas por ser rica em antioxidantes.

A base desse tipo de alimentação, aliás, são os vegetais frescos e o azeite extra virgem, uma combinação muito rica em vitaminas C e E, em betacarotenos e nos antioxidantes, também chamados fenóis.

Batata frita x antioxidantes

De acordo com os estudiosos, como alguns vegetais como a batata, a abóbora, a berinjela e o tomate já são cheios de fenóis, a intensão da investigação era descobrir uma forma de potencializar ainda mais esse antioxidante.

Por isso, eles tentaram descobrir de que maneira esse enriquecimento aconteceria a partir do modo de cozimento dos vegetais: se fritos em imersão no azeite, se cozidos em água, em água com azeite ou salteados.

Entre todas essas formas de cozimento, a que mais se destacou na potencialização dos fenóis foi a fritura por imersão. Claro que as calorias desses alimentos fritos também aumentam, mas a fritura pode não ser tão ruim quanto a ciência sempre acreditou e, nesse caso, é ser capaz de prevenir câncer, doenças degenerativas e até mesmo o diabetes.

Interessante, não? Pelo menos agora a gente pode sair da dieta sem culpa, desde que seja batata frita em azeite de boa qualidade! Mas, claro, não se esqueça que a batata não deve queimar, já que isso pode trazer alguns problemas à sua saúde, como você confere nessa outra matéria: Comer pão torrado demais pode causar câncer, diz estudo.

Fonte: Superinteressante, Correio Brasiliense, UGR