12 eventos astronômicos que você ainda vai ver em 2015

Tudo que é estranho e misterioso para nós tente a se tornar ainda mais interessante, não é mesmo? É assim, por exemplo, com os eventos astronômicos e a série de “presentinhos” que os céus nos dão ao longo do ano e que, apesar de bonitos, pouca gente realmente entende como acontecem.

Em março, por exemplo, três eventos astronômicos raros aconteceram em um só dia, coincidindo o eclipse total do sol, uma superlua e como se não bastasse, o equinócio de outono (clique aqui para relembrar a matéria). Claro que um “combo” como esse vai demorar a acontecer novamente, mas nem por isso os demais eventos astronômicos que ainda poderão ser observados em 2015 serão menos interessantes.

O mais esperado dos eventos astronômicos, pelo menos no caso do Brasil, é a superlua do dia 28 de setembro. Nessa data, além da lua aparecer maior e mais brilhante no céu, será possível vê-la ficando avermelhada, devido ao fenômeno da Lua de Sangue e, em seguida, ainda acontecerá o eclipse total da lua.

E tudo isso poderá ser visto de qualquer parte do País, sem qualquer tipo de ferramenta especial. Ficou ansioso, né? Mas calma, que muito mais ainda vem por aí.

Confira os eventos astronômicos que você ainda vai ver em 2015:

Junho

Dia 6 – Vênus atinge máxima elongação oriental

1

Nessa data,  o planeta estará em seu ponto mais alto no céu, na direção oeste, logo depois do pôr do sol.

Julho

Dia 1 – Conjunção entre Vênus e Júpiter

2

Tais planetas, normalmente, já estão entre os pontos de luz mais chamativos do céu, mas nesse dia, poderão ser vistos absurdamente próximos um do outro. Conforme quem entende do assunto,  distância aparente dos planetas no céu será de meros 0,3º. Eles ficarão visíveis na direção oeste, logo após o pôr do sol. Esse, com certeza, vai ser um dos fenômenos astronômicos mais bonitos de se ver.

Agosto

Dias 12 e 13 – Chuva de meteoros Perseidas

3

Para quem gosta de observar fenômenos astronômicos, essa será uma das melhores chuvas de meteoros para se ver, especialmente a lua, no dia, será crescente e não atrapalhará a visibilidade do acontecimento. Embora o mais comum é que as partículas do cometa Swift-Tuttle fiquem visíveis entre os dias 17 de julho e 24 de agosto, esse ano será um pouco diferente. Elas ficarão mais perceptíveis nos dias 12 e 13 de agosto, depois da meia-noite.

Dia 29 – Superlua

4

Essa será a primeira das três superluas possíveis de se observar esse ano. Esse, com certeza, é um dos fenômenos astronômicos que mais impactam as pessoas, por ficar bastante visível a olho nu. Neste dia, aliás, a lua, nosso satélite natural, vai se encontrar em sua fase cheia e será inteiramente iluminada pelo Sol. Além disso, a lua  fica um pouco maior e mais brilhante no céu, já que atinge o ponto de sua órbita em que está mais próxima de nosso planeta.

Setembro

Dia 27 – Superlua e eclipse lunar total

12

Essa será a segunda superlua dos eventos astronômicos de 2015, mas com uma particularidade decisiva: em algum momento da noite, ela ficará completamente encoberta, devido ao eclipse total que também acontecerá na data. A boa notícia para os brasileiros, é que esse é um dos poucos eventos astronômicos que poderemos assistir de camarote.

Em todo o País, por volta de 22h, será visto no céu a Lua começando escurecer e, em seguida, a tomar uma coloração avermelhada, conhecida como “Lua de Sangue”. Mais ou menos uma hora depois, a Lua estará completamente eclipsada, e só voltará ao normal por volta das 1h30 da madrugada. Dica: aproveite para ver, porque outro evento como esse não acontecerá antes de 2019!

Outubro

Dia 1 – Cometa C/2013 US10 Catalina

5

Descoberto em 2013, a passagem desse cometa está entre os eventos astronômicos previstos para 2015. Ele ficará visível a olho nu, nessa data, no Hemisfério Sul. Mas ele pode ganhar ainda mais brilho até o fim do ano, conforme migra para o Hemisfério Norte.

Dias 21 e 22 – Chuva de meteoros Orionídeas

6

Produzida por fragmentos do cometa Halley, a chuva de meteoros Orionídeas não será muito impactante esse ano. Mais ou menos 20 meteoros são produzidos por hora durante o pico de atividade, que será entre a noite de 21 e a manhã de 22 de outubro. Para o acontecimento, você precisa ir a um lugar pouco iluminado, de preferência fora das cidades, e ficar de olho na constelação de Órion depois da meia-noite.

Dia 27 – Superlua

7

A última superlua de 2015.

Dia 28 – Conjunção entre três Vênus, Marte e Júpiter

8

Esse é um encontro relativamente raro e que costuma deixar quem entende do assunto um tanto alvoraçado. Esse acontecimento, que está na listas dos eventos astronômicos que você ainda vai ver em 2015, deve acontecer pela pouco antes do nascer do sol, na direção leste. Os três planetas, Vênus, Marte e Júpiter; formarão um pequeno triângulo de 1º no céu.

Dezembro

Dia 7 – Conjunção entre Vênus e Lua

9

Vênus estará na direção leste da Lua, na fase crescente nesse dia, pouco antes do amanhecer. Cientistas afirmam que os astros ficarão a uma distância aparente de não mais que 2º um do outro.

Dias 13 e 14 – Chuva de meteoros Geminídeas

10

Um dos eventos astronômicos mais esperados do ano, essa chuva de meteoros costuma ser bastante “generosa” com seus observadores. Isso porque as Geminídeas podem produzir até 120 meteoros multicoloridos por hora. Todos os pontinhos brilhantes, aliás, se tratam de resíduos do asteroide 3200 Faetonte, que cruzam o planeta todos os anos entre 7 e 17 de dezembro. Esse ano, no entanto, o pico da chuva será durante a madrugada do dia 13 para o dia 14.

Dia 25 – Lua Cheia

11

Exatamente na noite de Natal, acontecerá o último dos eventos astronômicos de 2015. Embora seja algo mais comum e conhecido por nós, uma bela lua cheia vai presentear o céu de Natal.

Já começou a se preparar para observar todo esses eventos astronômicos?

Leia também 9 coisas mais estranhas que já foram enviadas ao espaço.